De acordo com Fábio Ieger, CEO da startup, a taxa de juros para antecipar pagamentos é significativamente menor do que as praticadas por bancos e outras instituições financeiras

As máquinas de cartão de crédito e débito se tornaram uma ferramenta essencial para empresas, sejam pequenas ou grandes, que querem oferecer comodidade e praticidade aos clientes na hora do pagamento.

Com a popularização dessa tecnologia, surgiu também a possibilidade de antecipar recebíveis. Ou seja, receber o dinheiro das vendas parceladas de forma antecipada. Essa é uma opção interessante para as empresas que precisam de capital de giro imediato para investimentos, pagamentos de funcionários e fornecedores, além de outras despesas.

Entretanto, alguns microempreendedores ainda são prejudicados pelas altas taxas de juros praticadas pelos bancos brasileiros. Com isso, faz-se a necessidade de encontrar soluções que auxiliem esses empreendedores a prosperar sem perder parte de seus ganhos.

A iCertus, startup que oferece soluções financeiras para empresas, como antecipação de recebíveis e empréstimo de capital de giro em uma plataforma simples e intuitiva, está lançando a sua própria máquina de cartões para MEI’s, os microempreendedores individuais. Nela, será possível antecipar valores com taxas muito menores do que as praticadas, atualmente, pelas instituições financeiras, facilitando o crescimento desses microempresários.

De acordo com Fábio Ieger, CEO da startup, a solução é completamente integrada à plataforma da iCertus, facilitando as operações financeiras. “Esse é um dos pontos que simplificam ainda mais a antecipação de recebíveis, tendo em vista que todas as operações acontecem dentro do mesmo software e sem a atuação de bancos ou outras organizações”, relata.

Para Fábio, a cobrança abusiva de juros em antecipações de recebíveis é um problema que afeta muitas empresas e empreendedores, prejudicando a saúde financeira dos negócios. “Muitas vezes, essas empresas recorrem a esse recurso, mas se tornam vítimas de práticas abusivas, aumentando ainda mais suas dívidas. Os empresários precisam estar atentos para evitar prejuízos desnecessários e garantir a sustentabilidade de seus empreendimentos”, declara.

A solução da iCertus será disponibilizada em formato de assinatura e o CEO acredita que o valor é acessível para qualquer microempreendedor. “No plano anual, a mensalidade é de R$ 29,90, enquanto o plano mensal tem o valor de R$ 39,90. É um movimento ousado e vai contra o que as grandes instituições financeiras estão praticando. No entanto, acreditamos que esse tipo de ação é exatamente o que o mercado brasileiro precisa para voltar a crescer e se destacar em todo o mundo”, finaliza.

Para mais informações sobre a máquina de cartão, o ERP e outras soluções da iCertus, acesse: https://icertus.com.br/

Fábio Ieger é empreendedor e apaixonado por tecnologia. Administrador de empresas, sabe o quanto é desafiador o dia a dia para manter um negócio em atividade em um país com instituições financeiras que em nada ajudam o pequeno e médio empresário. Para levar soluções sustentáveis e realistas a esse público, fundou a fintech iCertus, que utiliza dados do seu software de gestão para conceder empréstimo e capital de giro para os que mais necessitam de ajuda, e esbarram em análises injustas. 

iCertus

 O iCertus proporciona ao usuário uma experiência agradável e intuitiva, utilizando ícones de fácil compreensão, com telas simplificadas e com todas as informações em um só lugar. Com relatórios de fácil compreensão, auxilia na tomada de decisões. Agregado a isso, diversos serviços financeiros, como antecipação de recebíveis e empréstimos de capital de giro. A cada dia, a empresa inova e inclui a inteligência artificial para ajudar cada vez mais a pequena indústria. Recebeu investimentos da Bossa Nova, de João Kepler e Pierre Schurmann; e da IVP, de Fabricio Bloisi e Bruno Rondani e João Bezerra, ex-CTO do Banco Itaú; Poli Angels, de Rozallah Santoro, Marco Poli, entre outros, além de passar pela aceleração da Baita Aceleradora, na Unicamp.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com