Mostrando postagens com marcador Ufologia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ufologia. Mostrar todas as postagens

23.8.21

Comentários de OVNIs mais uma vez atraíram a atenção dos Estados Unidos

“Nas observações relatadas por observadores confiáveis, há uma certa porcentagem de eventos misteriosos. E este é o problema que estamos tentando resolver”.


É assim que o Major General da Força Aérea dos EUA John Samford lidou com este problema depois de ver o "objeto voador não identificado" (OVNI) em Washington, DC, Estados Unidos, em julho de 1952.

"Fenômeno Aéreo Não Identificado"
O autor Tom Logan apontou em um relatório publicado no jornal britânico The Independent que depois de 69 anos, a capital dos EUA foi novamente inundada com comentários sobre OVNIs, ou o que o governo dos EUA chamou de "fenômenos aéreos não identificados".

Não se trata de um entusiasmo coletivo, pelo contrário, essas intermináveis ​​observações refletem parte dos fatos que foram determinados no momento, ou seja, alguns dos OVNIs pertencem à nossa desconhecida existência real.

O governo dos EUA estima que alguns OVNIs não são fenômenos meteorológicos, aviões ou balões que as pessoas acreditam erroneamente. A existência desses OVNIs é tão real que o inspetor geral do Departamento de Defesa dos EUA está atualmente liderando a Marinha para investigar esses OVNIs.

O objetivo desta pesquisa é garantir que todo o possível seja feito para reunir mais informações, mas essa ainda não é toda a história. Em resposta ao pedido público do Comitê de Inteligência do Senado, a agência de inteligência dos EUA apresentará um relatório de avaliação pública sobre OVNIs neste verão.

Fonte de preocupação
Como Samford deixou implícito na declaração, o governo dos Estados Unidos tem sido muito claro, pelo menos desde a Segunda Guerra Mundial, que os OVNIs serão uma verdadeira fonte de preocupação.

Mas, nos últimos anos, duas coisas mudaram. Em primeiro lugar, Luis Elizondo, que estava encarregado do projeto de pesquisa de OVNIs durante o tempo do ex-presidente dos EUA Barack Obama e nos primeiros dias da ascensão de Trump ao poder, fez um discurso público, dizendo que o governo não forneceu informações suficientes para a investigação OVNI.

O New York Times citou os comentários de Elizondo e três vídeos em um relatório publicado em dezembro de 2017, mostrando como os caças da Marinha dos EUA interceptaram OVNIs em 2004 e 2015.

O autor acrescenta que outra mudança é que, de acordo com dados muito confiáveis ​​e relatos de testemunhas, OVNIs foram descobertos muitas vezes perto de bases militares dos Estados Unidos. Portanto, é necessário considerar o que o General Samford disse em 1952. Duas outras coisas.

Uma delas é o que Samford chama de "a principal dificuldade que os militares encontram ao lidar com OVNIs reais. Devido à falta de medições eficazes, não podemos colocá-la em nenhum modo de análise profissional útil para decidir o próximo passo. Que passos tomar. De fato, isso significa que radares militares modernos, satélites, sonar, vídeo e outras funções de detecção não podem resolver este problema.


Desafie nossa compreensão da física
Samford disse: "Até agora, só chegamos a uma conclusão consistente sobre a porcentagem restante, de que esses OVNIs não contêm qualquer forma de propósito que possa ser considerada uma ameaça aos Estados Unidos." Esta declaração pode estar correta no momento , mas hoje não é preciso.

Por exemplo, não se esqueça de que há uma sólida simultaneidade entre os reatores nucleares e armas dos militares dos EUA e a observação de incidentes com OVNIs. Por outro lado, avaliações secretas da Marinha indicam que esta é pelo menos uma das razões pelas quais porta-aviões e submarinos continuam a procurar OVNIs.

Além disso, os dados coletados durante a descoberta de OVNIs também melhoraram em qualidade e quantidade. Observadores militares treinados, incluindo pilotos e operadores de radar, sonar e sensores de satélite, observam repetidamente OVNIs e voam de maneiras incomuns que desafiam nossa compreensão da física.

Algo preocupante está acontecendo
O autor explicou que todos os funcionários da ativa e ex-oficiais do governo que falaram com ele apontaram que o OVNI mais convincente não é da Área 51 ou de outro "Projeto Negro" americano secreto. Além disso, muitos oficiais do governo acreditam que países como China, Rússia ou gênios técnicos como Elon Musk provavelmente não manipularão esses OVNIs.

No ano passado, o autor Vadim Macmillan e o site "the Debrief", respectivamente, confirmaram que um piloto da Marinha voando em um caça a jato F-18 capturou um misterioso objeto de forma triangular que surgiu do oceano e subiu em alta velocidade.

Na verdade, nenhum país conhecido possui tal plataforma. Vejamos as plataformas supersônicas mais avançadas dos Estados Unidos, China e Rússia. Elas não podem mergulhar debaixo d'água e sua velocidade máxima é muito mais baixa. Além disso, elas precisam depender do combustível de aviação para propulsão.

O autor concluiu ao final que algo preocupante está acontecendo. Talvez haja alguns países ou indivíduos vivendo em nosso planeta e suas realizações científicas e tecnológicas tenham ultrapassado em muito nossa imaginação, ou tenhamos visto fenômenos de outros lugares. Independentemente da situação, o governo dos Estados Unidos levará essas investigações a sério.

OVNIs, UAPs - o que quer que os chamemos, por que presumimos que objetos voadores misteriosos são extraterrestres?


No início deste verão, o Escritório do Diretor de Inteligência Nacional (ODNI) divulgou um relatório de nove páginas muito divulgado intitulado, com suavidade deliberada, “Avaliação Preliminar: Fenômenos Aéreos Não Identificados”. Embora o relatório tenha sido solicitado pelo Congresso, em muitos aspectos foi o culminar de três anos e meio de atenção pública aos relatórios militares sobre objetos voadores não identificados. O ODNI não usava a sigla “UFO”, que remonta aos anos 1950 (oficiais do governo agora preferem “UAP”, para fenômenos aéreos não identificados), e nunca sequer mencionou a possibilidade de uma origem extraterrestre para os objetos avistados. Mas isso não impediu que os meios de comunicação concluíssem que o relatório "chega a eliminar os alienígenas".

Oficiais militares e de inteligência têm consistentemente enquadrado esses incidentes misteriosos em termos de segurança nacional. A Avaliação Preliminar declarou que o encargo da ODNI do Congresso era fornecer aos formuladores de políticas uma visão geral dos “desafios associados à caracterização da ameaça potencial representada pela UAP”. O escritório foi direcionado para se concentrar na "identificação de potenciais aeroespaciais ou outras ameaças representadas por fenômenos aéreos não identificados para a segurança nacional, e uma avaliação se esta atividade de fenômenos aéreos não identificados pode ser atribuída a um ou mais adversários estrangeiros." Mesmo aqueles que promovem o estudo de OVNIs concordaram que possíveis ameaças militares - não extraterrestres - eram o foco do novo relatório.

Então, por que a imprensa e as redes sociais continuam trazendo os alienígenas? Porque, para o bem ou para o mal, avistamentos de coisas não identificáveis ​​no céu tornaram-se inextricavelmente ligados a visitantes do espaço sideral. Os extraterrestres são agora nossa explicação padrão para tais eventos, e o motivo não é acidente: por quase 75 anos, as pessoas trabalharam duro para torná-lo o padrão.

Quando os relatos de discos voadores começaram a surgir durante o verão de 1947, os extraterrestres quase não foram mencionados. Sim, houve alguns que levaram a sério a perspectiva de que marcianos ou outros seres do espaço sideral estivessem por trás de toda a comoção. Kenneth Arnold - o homem creditado por primeiro relatar um avistamento de OVNI - disse ter encontrado uma mulher perturbada em um café do Oregon, que saiu correndo soluçando e gritando: "Lá está o homem que viu os homens de Marte", acrescentando que ela "iria tem que fazer algo pelas crianças. ”

A maioria das pessoas, porém, não levava essa possibilidade a sério. Os redatores de opinião tendiam a pensar que era mais provável que os Estados Unidos ou a União Soviética estivessem testando foguetes ou aeronaves experimentais. O público em geral também parecia duvidoso de que discos voadores pudessem ser obra de extraterrestres. Em agosto de 1947, George Gallup publicou os resultados de uma pesquisa na qual perguntou aos pesquisados ​​- todos americanos - o que eles achavam que os objetos voadores relatados nos jornais poderiam ser. Vinte e nove por cento pensaram que as testemunhas se enganaram, 15 por cento pensaram que eram armas secretas americanas e um terço disse que não sabiam. Se havia pessoas que acreditavam que eram naves do espaço sideral, suas respostas foram incluídas entre os nove por cento que responderam "outras".

Uma pesquisa holandesa em outubro de 1952 revelou sentimentos semelhantes na Holanda, sem nenhum apoio aparente para a ideia de visitantes alienígenas. E 43 por cento confessaram que não tinham ideia do que eram os discos voadores.

O fato de quase metade do público em geral no final dos anos 1940 e início dos anos 1950 estar indeciso sobre a natureza dos OVNIs significava que, pelo menos em princípio, eles estavam abertos a diferentes explicações. Isso proporcionou uma oportunidade em 1950 para os escritores de celulose e entretenimento Donald Keyhoe ( Os discos voadores são reais ), Frank Scully (por trás dos discos voadores ) e Gerald Heard ( O enigma dos discos voadores) para encontrar leitores receptivos às suas afirmações de que objetos voadores não identificados eram visitantes do espaço sideral. Ao longo da década de 1950, primeiro os clubes e grupos de discos voadores locais, depois em todo o país, surgiram nos Estados Unidos. Estes ofereciam aos assinantes uma maneira de acompanhar as notícias sobre OVNIs por meio de boletins e boletins, e um fórum para especular sobre as intenções dos extraterrestres sem medo do ridículo público.

Em 1956, os termos “objeto voador não identificado” e “OVNI” estavam sendo usados ​​no lugar de “disco voador” por alguns oficiais militares e pesquisadores civis amadores. Em uma década e meia, a sigla OVNI substituiu efetivamente seu antecessor. Se a nova terminologia pretendia trazer precisão aos relatos de avistamentos, entretanto, não conseguiu nada disso. Assim como qualquer relato de algo estranho no céu foi rapidamente rotulado pelos meios de comunicação como um disco voador em potencial, também "OVNI" serviu como uma rubrica conveniente sob a qual a mídia categorizou qualquer observação desconcertante. Todo o tempo, “OVNI” continuou a carregar consigo a mesma associação com alienígenas que “disco voador” uma vez teve. O termo atual, “fenômenos aéreos não identificados” é um prisioneiro desse mesmo passado.

O que então devemos fazer com este relatório mais recente? Acrescenta algo novo à longa história da UFOlogia? Como ele se compara com as declarações oficiais anteriores?

Infelizmente, o documento tem poucos detalhes, então há muito que não sabemos. O que nos foi dito, entretanto, é que o Departamento de Defesa formou uma Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPTF) para estudar o assunto. Para efeitos do relatório, esta força-tarefa examinou 144 incidentes envolvendo funcionários e ativos do governo dos Estados Unidos, todos ocorridos entre novembro de 2004 e março de 2021. A maioria dos casos são considerados explicáveis, embora não tenham sido totalmente explicados devido a o fato de que "os relatórios careciam de especificidade suficiente."

Os episódios UAP mais preocupantes para leitores preocupados com a segurança nacional envolveram 18 casos atípicos em que foi relatado que o objeto exibia "características de voo incomuns". Nesses casos, os investigadores não puderam descartar a possibilidade de que fosse o resultado de erros do sensor, ataque cibernético ou percepção equivocada. No final, as autoridades de inteligência recomendam um aumento do financiamento à força-tarefa para desenvolver um sistema de coleta e análise de dados mais robusto.

Este não é, de forma alguma, o primeiro esforço governamental de apuração de fatos nessa área. Depois de 1947, a Força Aérea dos Estados Unidos estabeleceu uma série de forças-tarefa de investigação de OVNIs, sendo a mais proeminente o Projeto Livro Azul durante os anos 1952-1969. Em 1953, a Agência Central de Inteligência convocou um pequeno painel de consultores para examinar o assunto. Finalmente, a Força Aérea patrocinou um estudo científico do fenômeno OVNI pela Universidade do Colorado entre 1966 e 1968.

Os pesquisadores e entusiastas civis de OVNIs têm criticado profundamente esses empreendimentos pelo que consideram evidência de preconceito e sigilo. No entanto, em todos esses casos, as autoridades concluíram publicamente que a maioria dos relatos de OVNIs eram explicáveis ​​e não apresentavam motivo para preocupação, e que o resíduo de casos inexplicáveis ​​não representava uma ameaça à segurança nacional.

Em suma, a Avaliação Preliminar ODNI é muito familiar. A investigação moderna de UAPs tem sido prejudicada por padrões inconsistentes de relatórios e recursos limitados e, como no passado, os funcionários em geral parecem não se incomodar com tais relatórios. E, mais uma vez, as agências governamentais deixam espaço para ambigüidades ao admitir que há uma série de incidentes anômalos.

O relatório preliminar da ODNI abre novos caminhos, no entanto. Afirma claramente que a maioria dos fenômenos aéreos não identificados relatados são objetos físicos. Também admite que uma cultura de desprezo e ridículo dentro das comunidades militares e de inteligência inibiu as testemunhas de se apresentarem, o que pode explicar em parte as deficiências nos relatórios. Na verdade, a Avaliação Preliminar parece abrir caminho para que mais cientistas e especialistas técnicos participem da discussão, embora ainda não esteja claro como eles deveriam fazê-lo.

Podemos esperar que os analistas de inteligência continuem monitorando a situação. Os ativistas recorrerão às redes sociais para exigir a divulgação total pelas agências governamentais. E tanto os céticos quanto os que acreditam na visitação alienígena sairão sentindo que seu lado venceu. Longe do fim da controvérsia UFO, este é apenas o começo de um novo capítulo.

15.8.21

OVNIS ou UFOs são um sinal da presença extraterrestre?

29.7.21

A História do Amanhã o Próximo Reino

Saudações Amados do Seja Hoje Diferente!

Tudo bem com você? 

Espero que sim e que Seja Cada Dia Melhor afinal que Seja Hoje Diferente em tudo de Bom para nossas Vidas!

Amados olha só que maravilha: Uma jornada lendária que prevê a ascensão e a queda dos maiores impérios do mundo.

Junte-se a historiadores especialistas e formadores de opinião, incluindo David Asscherick, os professores Andrew R George e Paul Cartledge, e o doutor Steve Kershaw, em uma jornada turbulenta pelos reinos mais poderosos da antiguidade; da cidade banhada a ouro da Babilônia até a poderosa metrópole de Roma; examine os feitos corajosos de Alexandre, o Grande, e os triunfos manchados de sangue dos generais romanos.


Por fim, a história culmina em nossos dias, quando vemos uma profecia antiga antecipando os próximos passos na linha do tempo mundial.

21.7.21

Um lugar muito estranho na Terra

26.5.21

OVNI esférico mergulha no oceano e é filmado pela marinha americana

Um cineasta especializado em documentários sobre OVNIs liberou recentemente imagens de um objeto voador não identificado (OVNI) esférico. 

No vídeo, capturado em 15 de julho de 2019 e postado na internet em 14 de maio deste ano, o OVNI aparece pairando no ar, se move de um lado para o outro e então mergulha no oceano. Uma porta-voz do Pentágono confirmou que a Marinha dos Estados Unidos realmente capturou a filmagem, mas não informou mais detalhes.

O filmmaker Jeremy Corbell descreveu o objeto misterioso em seu site: "a Marinha dos Estados Unidos fotografou e filmou OVNIs em forma 'esférica' e veículos transmédios avançados em 2019", disse. Veículos transmédios seriam naves capazes de viajar pelo ar e pela água. Corbell também compartilhou as filmagens no Instagram e no YouTube.


O clipe parece ter sido filmado de um monitor e parece ter sofrido edição. Uma bolha escura e redonda aparece acima do horizonte. Vozes masculinas são audíveis na filmagem, enquanto o objeto se move horizontalmente na mira da tela. A cena vai crescendo até que a bolha entra na água, surpreendendo o que seriam os tripulantes que acompanharam o evento em tempo real.

Detalhes do avistamento do OVNI
De acordo com Corbell, a filmagem feita em 2019 foi captada aproximadamente às 23h do horário local, no Centro de Informações de Combate do USS Omaha, próximo à costa de San Diego. Imagens de radar mostram uma bola sólida, medindo cerca de dois metros de diâmetro, voando em velocidades de 74 a 254 km/h. O voo durou mais de uma hora, terminando com o desaparecimento da esfera sob as ondas. Nenhum destroço foi encontrado no local onde o objeto caiu.

"Um submarino foi usado na busca e não recuperou nada", escreveu Corbell. "Não sabemos o que a Marinha ou o Pentágono podem estar dispostos a dizer sobre o incidente do USS Omaha, se é que há algo, mas estamos confiantes que o incidente é um mistério legítimo e aguardamos ansiosamente as informações que possam vir", escreveu no Instagram.

A porta-voz do Pentágono, Susan Gough, confirmou que a Marinha dos Estados Unidos capturou as imagens postadas por Corbell. Gough disse ao site The Debrief, por e-mail, que as imagens foram incluídas em exames que estão em andamento na Força Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados - UAPTF, um programa do escritório de inteligência naval do país que investiga relatos de veículos aéreos inexplicáveis, de acordo com o The Debrief.

No e-mail, a porta-voz não comentou sobre nenhum dos outros detalhes de OVNIs que Corbell incluiu em seu artigo. A filmagem não é confidencial: fotos do OVNI esférico foram previamente incluídas em um relatório de inteligência da UAPTF liberado em 1.º de maio, segundo Corbell, em tweet publicado no dia 14 de maio.

Investigando OVNIs
Mais revelações relacionadas a OVNIs podem vir do Pentágono nas próximas semanas, já que um novo relatório sobre avistamentos está agendado para lançamento em junho, segundo o site Live Science. Mas não é preciso esperar tanto tempo, se você for um aficionado pelo tema: o governo dos Estados Unidos liberou mais de três décadas de registros de OVNIs que já foram secretos.

5.1.21

Professor de Harvard reafirma que uma nave extraterrestre já passou perto da Terra

O ex-chefe do Departamento de Astronomia da Universidade de Harvard, EUA, Abraham Loeb, afirma que uma nave espacial alienígena aproximou-se do nosso planeta em 6 de setembro de 2017.

Na ocasião, segundo Loeb, o objeto extraterrestre chegou ao nosso Sistema Solar vindo da estrela de Vega, que fica a cerca de 25 anos-luz de nós.


Em 6 de setembro de 2017, a nave espacial teria sido intercetada pelo cientista segundo foi revelado em seu livro "Extraterrestrial: The First Sign of Intelligent Life Beyond Earth" ("Extraterrestre: o primeiro sinal de vida inteligente fora da Terra", traduzindo do inglês) com lançamento previsto para 26 de janeiro nos EUA.

No livro, Abraham Loeb, também chamado de Avi Loeb, escreveu que o objeto passou próximo da Terra antes de "se dirigir rapidamente em direção à constelação de Pegasus ", publicou o Daily Star num trecho do livro.

A nave espacial foi detetada a partir de um observatório localizado no Havaí, EUA, e chamado de Oumuamua, que significa escuteiro na língua havaiana.

Contradizendo a opinião de outros cientistas que acreditam que o objeto seria um cometa, Loeb, que chefiou até 2020 o Departamento de Astronomia da renomada Universidade de Harvard, é fiel à opinião de que Oumuamua pertence a uma forma de vida alienígena inteligente.

Acreditando que a civilização humana não está só no Universo, Loeb disse:

"Algumas pessoas não querem discutir a possibilidade de que existem outras civilizações extraterrestres. Elas acreditam que somos especiais e únicos. Eu acho que isso é um preconceito que deve ser abandonado."

O professor também acredita que novas descobertas semelhantes acontecerão no futuro próximo.

3.8.20

Especial Nostalgia Ciência: ONDE ESTÃO TODOS ALIENÍGENAS?

Onde estão todos os Alienígenas? 

Descubra nesse especial de uma hora do Nostalgia Ciências com narração de Guilherme Briggs e as participações de Leandro Karnal, Dr Pirula e Gustavo Rojas. confira abaixo:


Gostou? Deixe seu like e ou comentário no Youtube clicando aqui!

Obrigado por sua visita no Seja Hoje Diferente e volte sempre!

23.6.20

Batalha de OVNI's no céu da Austrália

Uma batalha de OVNI's ocorreu no céu da Austrália nos anos 80 e foi testemunhada por dois irmãos.

Uma terceira testemunha que viu um dos objetos de perto aparentemente caído em cima das árvores.

Vamos conhecer um pouco mais sobre este fato no vídeo abaixo:


E aí, gostou do vídeo acima? 

Este vídeo foi inserido no blog através do canal "Area51Canal" onde você poderá conferir muito mais vídeos sobre este universo, deixamos a sugestão de seguir o Área 51 - Clique Aqui.

E para dar aquela força para o SHD, que tal dar mais uma olhada nos novos conteúdo do blog? Todos os dias temos artigos diversificados para nossos amigos visitantes.

Veja as últimas publicações do SHD clicando aqui, mas lembre-se a qualquer momento novos artigos poderão surgir por isso é bem legal que você participe das nossas redes sociais, principalmente na Página SHD Brasil no Facebook clique aqui!

Contamos como você, muito obrigado por sua visita, esperamos que volte sempre!

Um forte abraço!

19.6.20

Ovni no Japão | Os Ets Chegaram?

Foto Reprodução Divulgação Crédito Fonte

Um misterioso objeto voador semelhante a um globo foi visto no norte do Japão, causando alvoroço na população e nas autoridades.

Este objeto não identificado foi visto pela primeira vez na manhã de quarta-feira, quando moradores da cidade de Sendai, no norte do país, divulgaram imagens nas mídias sociais.

"Essa coisa branca não se move. O que é isso? Alguém pode me explicar?", escreveu um internauta, com a hashtag "objeto voador não identificado" em japonês.

As autoridades disseram que ficaram surpresas com esse objeto. Algumas imagens de perto, tiradas por vizinhos e pela mídia local, pareciam mostrar um globo com uma hélice.

"O objeto parece um balão para observar o clima, mas não é nosso", disse à AFP nesta quinta-feira um responsável do escritório de Sendai da Agência Meteorológica do Japão.

A polícia local informou que enviou um helicóptero para confirmar a presença do objeto, mas também não conseguiu definir o que era, mesmo depois de consultar outras autoridades.

Já o Departamento Aeronáutico da Universidade Kyushu negou que o dispositivo fosse deles, depois que rumores circularam sobre o assunto.

Shinichiro Higashino, um professor associado ao departamento, explicou à Fuji TV que imagens mais próximas do objeto pareciam indicar que ele tinha painéis solares.

"É possível estar fazendo observações científicas, ou supervisionando alguma coisa", disse.

O objeto misterioso estava em todas as redes de notícias e até foi objeto de uma pergunta ao porta-voz do governo em sua entrevista coletiva diária.

Yoshihide Suga disse que o governo estava ciente do objeto, mas descartou a possibilidade de causar danos, ou ser obra de governos estrangeiros.

O enigma certamente durará, já que o objeto se dirigiu para o Pacífico, onde as autoridades perderam o rastro.

Fonte: Yahoo Notícias

22.5.20

OVNI caiu em Magé - RJ | GOVERNO ESCONDEU AS PROVAS!


O Portal do Bem Seja Hoje Diferente tem o objetivo de unir em todo o Brasil pessoas, grupos e organizações que fazem o bem não importa a quem! 

Com informações de nossas atividades de solidariedade com o Fusca do SHD e Grupos Parceiros no Bairro de Ermelino Matarazzo e Região, através da comunidade de amigos que nos ajuda a ajudar! Confira clicando aqui.

9.11.19

CASAL AFIRMA TER ENCONTRADO IMPORTANTE ARTEFATO ALIENÍGENA


Almanaque Assombrado nº 203! 



Todos os links exibidos no vídeo e muitos outros você pode ver nessa postagem do blog AssombradO.com.br

5.11.19

Ultraterrestres: Eles vivem conosco em diferentes Dimensões

Os ultraterrestres vivem conosco em diferentes dimensões

As agências espaciais procuram sinais de vida inteligente em nosso universo há décadas, e parece que tudo foi em vão.

Mas muitos acreditam que a razão pela qual não obtivemos sucesso é porque nosso universo é vasto demais para encontrarmos alienígenas. E outros dizem que simplesmente não estamos olhando no lugar certo.

Reprodução Divulgação

O que significa que não devemos nos concentrar na busca pela vida em outros planetas, mas devemos procurar a vida em outras dimensões.

Quem são os ultraterrestres?

Confira clicando abaixo:

1.11.19

Um Experiente piloto registrou dois supostos OVNIS no céu de Minas Gerais, Brasil.


A identidade do homem, que é piloto há 17 anos e fazia o trajeto de Governador Valadares a Belo Horizonte, não foi revelada.

As informações são do Fatos Ufologicos

O piloto enviou os arquivos para o Instituto Tecnológico de Aeronáutica em São José dos Campos, interior de São Paulo.

Minas Gerais, às 15h30 do dia 24 de abril deste ano. O avistamento ocorreu em Ipatinga, região Leste do Estado. 

Era um dia de sol forte quando o autor das imagens conseguiu registrar os clarões.

22.9.19

A verdade sobre os Óvnis, os deuses do céus


Muitas pessoas ignoram a mitologia da Suméria e da Babilônia, incidindo apenas sobre a egípcia, embora as lendas dessas culturas poderiam ser as faixas da criação da humanidade como uma civilização, quem somos e de onde viemos de . De fato, muito poucas pessoas sabem quem é Marduk e o que significou para a primeira civilização que foi criada na Terra. 

As informações são de Anjos Divinas Revelações Confira:

O principal deus dos deuses menores que vieram de Nibiru para que travou uma espécie de milhares guerra espacial de anos atrás, ajudou os seres humanos evoluir e desenvolver-se como uma civilização, ensinando conhecimento, até então, foram totalmente ignoradas pela humanidade . Marduk , o deus dos Anunnaki.

Marduk é conhecido pelos historiadores como uma divindade substancial na mitologia babilônica. Ele era representado por essa cultura com uma forma humana, sempre acompanhada de uma cobra-dragão, um híbrido conhecido como Mušḫuššu. Este seria o simbolismo mais conhecido dos reptilianos até hoje. Marduk foi considerado como uma espécie de reformador e computador do sistema divino, após os estragos de uma guerra celestial catastrófica que ele comandou contra as forças do caos de Tiamat, uma deusa-dragão.

Marduk era o líder da cidade da Babilônia e o rei dos deuses anunnakis. Ele é o deus da tempestade e presidiu a justiça, cura, magia e regeneração. Filho de Ea, o deus da água e sabedoria, que era o mesmo deus sumério Enki. Marduk também foi associado a Zeus pelos gregos graças ao seu domínio sobre a tempestade, assim como os romanos associavam a Júpiter.

Esta é a história mitológica de Marduk e celestial / Spacewar, o qual foi recolhido de um babilônico épico chamado Enuma Elish, que lida com o mito da criação babilônico e também descreve a chegada de Nibiru a sua ascensão ao poder de Marduk .

O deus de Nibiru que liderou a guerra espacial

O conflito divino contra Tiamat começou quando Apsu planejou matar seus filhos de deuses. Tiamat advertiu Enki sobre isso e, portanto, matou Apsu. Apsu era um deus principal masculino e Tiamat era uma deusa principal feminina.
.
Tiamat se ressente da morte de Apsu e, portanto, declara guerra contra seus filhos Anunnaki. Tiamat forma um exército de demônios, dragões e temíveis criaturas híbridas, como homens escorpiões. Ela também entrega as Tabuletas do Destino ao demônio Kingu, que possuía um poder superlativo e universal.

É por isso que Marduk é nomeado como o rei dos filhos de deuses e ele sai para lutar contra Tiamat. Marduk, com seu atributo de Deus da Tempestade, usa armas relâmpago e vento que produziam tempestades com grandes ventos. Tiamat foi derrotada quando ela foi dividida em dois com a misteriosa arma do vento conhecida como Imhullu.

A mitologia babilônica menciona que Marduk criou os céus e a terra quando o corpo de Tiamat foi dividido ao meio. Ele também menciona que ele misturou o sangue de Kingu com a Terra para criar os primeiros humanos.

21.9.19

OVNIs nas Praias do Brasil - Ufologia Guaruja SP

Imagem Divulgação Reprodução Interne

Quatro casos envolvendo OVNIs e seus tripulantes que apareceram em diversas épocas na praia do Guaiuba, na cidade do Guarujá – SP. 

Em dois episódios foram tiradas fotografias pelas testemunhas. Três casos foram pesquisados pelo GUG – Grupo Ufológico de Guarujá e um foi extraído do livro O PORTAL, do escritor e pesquisador Dr. José Guilherme Raimundo. 

Conheça no vídeo abaixo detalhes inéditos sobre estas inquietantes histórias no Litoral Paulista.




7.9.19

Eram os Deuses Astronautas?

Imagem Divulgação Reprodução Internet

Eram os Deuses Astronautas? (Erinnerungen an die Zukunft, no original alemão) é um livro escrito em 1968 por Erich von Däniken. 

O autor, que dedicou a vida a pesquisas pelo mundo todo, defende neste livro a existência de outros seres inteligentes no universo e propõe que extraterrestres tenham trazido grandes conhecimentos á Terra. 



A evidência disso estaria nos achados arqueológicos, monumentos antigos, mapas e marcas intrigantes em solos rochosos, que Erich Von Däniken analisou em várias partes do planeta. 

Ele comparou, por exemplo, fenômenos semelhantes ocorridos na cultura Maia (México) e em Nazca (Peru) com o enigmas do Egito Antigo.

13.8.19

A Mensagem Transmitida Pelos Extraterrestres | Ebook Grátis

Imagem Ilustrativa

Saudações Amados do Seja Hoje Diferente.

A Mensagem Transmitida Pelos Extraterrestres

Toda a vida na Terra, incluindo o homem, foi criada cientificamente em laboratório graças a um domínio perfeito da engenharia genética e do ADN por seres vindos de outro planeta: os Elohim. 

A Bíblia, que relata a obra desses seres, é o livro ateu mais antigo do mundo. Nela encontra-se a palavra Elohim, figurando na versão original, que em hebraico significa “aqueles que vieram do céu”. 

Os Elohim confiaram a Raël a missão de difundir essa revelação revolucionária e de construir uma embaixada, onde eles virão oficialmente num futuro próximo, na companhia dos grandes mensageiros que eles enviaram, tais como Jesus, Moisés, Buda e Maomé, e que se encontram vivos no seu planeta, graças à clonagem, o segredo da vida eterna.


Autor: Rael
Tamanho do Arquivo: 1,25 Mb

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

6.8.19

UFO Summit Brazil 2019 | Ufologia Brasileira


Saudações Amados do Seja Hoje Diferente.

Hoje no Seja Hoje Diferente indica, vamos indicar aos amantes da Ufologia o UFO Summit Brazil.

No ano passado a Revista UFO surpreendeu a Ufologia Brasileira ao realizar a primeira edição de um grande e revolucionário evento, o UFO Summit Brazil. 

Agora anunciamos a segunda e ampliada edição deste grande espetáculo da Ufologia Brasileira, que trará ao Brasil, pela primeira vez juntos, o ex-diretor do UFO Desk do Ministério da Defesa britânico, Nick Pope, e o maior ativista ufológico dos Estados Unidos na atualidade, Stephen Bassett. 

Eles serão apresentados pelo editor da Revista UFO, A. J. Gevaerd.

12 de novembro | Recife | 600 lugares
14 de novembro | Brasília | 800 lugares
16 de novembro | Campo Grande | 400 lugares
19 de novembro | Porto Alegre | 500 lugares
21 de novembro | São Paulo | 600 lugares
23 de novembro | Curitiba | 600 lugares


As inscrições já começaram e têm preços excepcionais:
A partir de apenas R$ 120,00 em Recife e Brasília.
A partir de somente R$ 100,00 nas demais cidades.

E você pode pagar em até 10 vezes de pouco mais
de R$ 10 reais em qualquer cartão de crédito.


Informe-se em no site oficial:

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

25.3.19

Ufo em em Florianópolis? Clarão misterioso visto no litoral mobiliza bombeiros


Uma bola de fogo misteriosa foi vista no litoral de Santa Catarina e Rio Grande do Sul na noite deste domingo, 24.mar.2019.

Algumas pessoas que estavam nas praias do leste de Florianópolis, acreditaram que o clarão supostamente seria uma aeronave em queda ou um balão. Os bombeiros foram acionados, realizaram buscas, mas não localizaram nada.

A torre de controle do Aeroporto Internacional Hercílio Luz não relatou qualquer tipo de anormalidade com as aeronaves que estiveram decolando ou pousando, o que praticamente descarta qualquer acidente aéreo.

Já a Capitania dos Portos de Santa Catarina também informou que não recebeu pedido de socorro. Também foi descartada a possibilidade de se tratar de uma descarga elétrica pois não foi registrada nenhuma instabilidade pelos radares meteorológicos.

O mais provável é de que o suposto clarão seja um fenômeno atmosférico, como um meteoro ou lixo espacial (restos de outros satélites e objetos que não são mais úteis).

Fonte: 
ClickCatarina

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

Receba em Primeira Mão as Notícias do SHD


GeraLinks - Agregador de links