Mostrando postagens com marcador Setor Terciário. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Setor Terciário. Mostrar todas as postagens

2.12.21

11 ideias para trabalhar em casa e ganhar qualidade de vida em 2022


O trabalho home office pode ser executado por profissionais de diversas áreas e há crescentes opções no mercado, inclusive atividades menos tradicionais

Muito se falou do home office em 2020 e 2021, adotado como medida de prevenção à pandemia. No entanto, apenas 11% da população brasileira aderiu a este modelo de trabalho, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Ou seja, ainda há muito potencial de crescimento para os trabalhadores que desejam ter mais qualidade de vida, evitando os exaustivos deslocamentos diários, principalmente nas grandes cidades. 

Trabalhar de casa - ou de qualquer lugar - é possível para profissionais de todas as áreas do conhecimento, conforme a lista a seguir sugere:

Renda-se ao TikTok
A rede social de vídeos registrou a marca de um bilhão de usuários e quem ainda não aderiu a esse boom está perdendo a chance de ganhar dinheiro. 

A plataforma conta com o TikBônus, um sistema de pontuação para os usuários que convidam novas pessoas e cumprem os desafios na plataforma. É por isso que há tantos TikTokers replicando as famosas dancinhas. 

O programa de benefícios tem duração limitada. É preciso checar os termos e condições para descobrir o prazo de validade e os valores. O progresso e a recompensa aparecem no ícone de moeda, localizado no perfil do usuário. 

Torne-se um roteirista
Roteirista não é só coisa de TV e cinema. Com a ascensão das redes sociais, cada vez mais criadores de conteúdo buscam o suporte de um roteirista para criar quadros, anúncios e outros formatos para o Instagram, YouTube e TikTok.

O profissional é responsável por contar uma história. Da produção à edição, o roteirista garante que o roteiro que escreveu está sendo devidamente cumprido e trabalha em parceria com outros talentos para garantir que o conteúdo seja um sucesso.

Atualmente, roteiros humorísticos são os mais buscados. Entretanto, além de um bom punchline, os roteiristas devem estar por dentro das atualidades de áreas como política, economia, sustentabilidade, moda, entre outras.

Interaja com os idosos
Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2030 o número de idosos brasileiros ultrapassará o total de crianças com idades entre zero e 14 anos. 

O walker/talker é considerado uma profissão do futuro, pois se trata de um profissional que tem a missão de passar um tempo com idosos por meio de uma plataforma online. A ideia é conversar e escutar este público, que tende a se sentir solitário nessa fase da vida. Eventualmente, pode ser necessário fazer visitas presenciais aos clientes.

Faça a gestão de uma comunidade
O community manager é o responsável por construir e gerenciar uma comunidade online em torno de uma empresa. 

Para isso, ele precisa criar e manter conexões com os usuários interessados na marca, como os seguidores das redes sociais. Este profissional também deve acompanhar os concorrentes e identificar oportunidades no segmento de atuação. 

Além de criatividade, o community manager precisa ter formação em Marketing ou Comunicação e conhecimentos em design, estratégia, gerenciamento de processos e ferramentas 2.0.

Dê assistência virtual
O assistente virtual atua como um secretário ou assistente de um ou mais clientes, sem a necessidade de sair de casa para prestar o serviço. Basta uma boa conexão com a Internet e um bom senso de organização.

Ele executa tarefas administrativas, como agendamento de reuniões e consultas, reservas de voos e hotéis, controle de contas a pagar, gerenciamento de arquivos e emails, entre outros. 

Seja um data broker
O data broker ou corretor de dados pessoais é uma atividade que existe desde os anos 90, mas ainda é pouco conhecida. Com o uso em larga escala da Internet e a regulação do uso de dados a partir da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a profissão será ainda mais necessária.

O corretor de dados monitora e comercializa dados pessoais e busca maximizar os lucros nas bolsas de dados. O principal cliente é o mercado publicitário - quem nunca fez uma busca por um produto e passou dias sendo impactado por opções?

O processo de coleta de dados deve ser feito da forma mais ética possível, realizada de modo a não violar a privacidade do usuário. Portanto, é preciso estar a par do ambiente regulatório global.  

Contrate novos talentos
O especialista em aquisição de talentos é um trabalhador da área de recursos humanos que pode atuar em uma empresa ou como consultor, oferecendo sua expertise a diversos clientes. 

O especialista auxilia as equipes de contratação a encontrar candidatos qualificados para as vagas que estão abertas. Para isso, eles se valem de estratégias como relacionamentos, base de dados minuciosa e pesquisas, além do anúncio das vagas a serem preenchidas. Eles também precisam realizar entrevistas e obter referências do candidato.

Garanta a saúde do paciente à distância
Em 2017, o Conselho Federal de Medicina (CFM) regulamentou novas formas de atendimento à distância no país. Desde então, a telemedicina tem crescido e foi uma verdadeira aliada durante a pandemia de Covid-19.

Com o auxílio da Internet, médicos, enfermeiros e técnicos pode realizar teleconsultas, telediagnósticos, telecirurgias e telemonitoramento, contribuindo para a saúde dos pacientes atendidos, em todos os cantos do país. 

Seja um franqueado home office
Embora tenha perdido força no ano passado, o mercado de franquias vem apresentando uma recuperação robusta com a retomada econômica. A Associação Brasileira de Franchising (ABF) espera uma expansão de cerca de 8% no setor em 2021. 

Uma das estratégias dos franqueados para evitar prejuízos no período é a busca pelas franquias home office, que estão crescendo. Elas disponíveis ao investidor em diversos segmentos. 

O modelo é adequado para quem tem o intuito de deixar a atual atividade e mudar a rotina ou para complementar a renda de trabalhadores que têm algum tempo sobrando. 

Faça e venda trabalhos manuais
Quem tem algum tipo de habilidade manual, como costurar, fazer tricô ou produzir origamis, pode aproveitar o talento para colocar as peças à venda em sites especializados. 

É possível fabricar em casa os itens que serão comercializados. Também será preciso fotografá-los, e subir as informações na plataforma, além de gerenciar as vendas, os pagamentos e os envios. 

Eventualmente o artesão precisará sair de casa para comprar os materiais com seus fornecedores e para despachar as encomendas aos compradores. No entanto, também é possível efetuar ambas as etapas contratando serviços online. 

Participe de programa de afiliados
Em um programa de afiliados, é possível expor os produtos de uma empresa parceira em se de uma pessoa. A divulgação é feita por meio de um link único que pode estar presente em um site ou em um post nas redes sociais, por exemplo.

Em troca desta apresentação, este parceiro remunera a pessoa com uma porcentagem sobre a venda feita a partir do link gerado. Trata-se de uma espécie de comissão. 

Existem muitas opções de produtos para divulgar como afiliado. Para ter sucesso, é preciso que os itens selecionados estejam relacionados com o seu público. A recomendação da pessoa é valiosa e a credibilidade dela estará em jogo, portanto, é melhor aceitar apenas parcerias confiáveis. 

Todas as profissões home office apresentam vantagens e desvantagens no dia a dia do trabalho e demandam atenção à saúde física e mental. No entanto, o trabalho remoto deixou de ser tendência e se tornou realidade para os profissionais que desejam aderir à modalidade. 

17.11.21

6 benefícios em contratar um plano odontológico para sua empresa


Um dos maiores atrativos das organizações são os benefícios que elas oferecem aos seus colaboradores. Uma das opções mais desejadas é o plano odontológico, um benefício diferenciado que, embora não seja obrigatório, entrega muito mais que um sorriso bonito.

Embora um plano particular possa ter um valor alto, um bom plano odontologico para empresas não causa grande impacto na folha de pagamento. 

Ele facilita que seus funcionários tenham acesso aos cuidados com a saúde bucal, o que ajuda a melhorar a qualidade de vida e bem-estar deles. 

É importante saber que essas vantagens não se limitam apenas aos colaboradores. São vários os motivos para uma empresa investir em um convênio odontológico para os seus funcionários.

Conheça benefícios:

  1. Menor custo

Esse é um dos benefícios mais baratos para uma empresa. Investir num plano empresarial odontologico tem custos muito mais baixos em relação a um convênio médico, por exemplo. 

  1. Autoestima do funcionário

Com um plano odontológico, o funcionário consegue deixar o sorriso mais bonito e ainda consegue cuidar da saúde bucal. E isso tem impacto significativo na autoestima.

  1. Motivação do funcionário

Eles se sentem felizes e satisfeitos, o que os fazem se sentir motivados, estimulando-os a trabalhar com mais habilidade, vestindo a camisa da empresa, por se sentirem valorizados.

  1. Redução em faltas e atrasos

Muitas pessoas sofrem muito com problemas na saúde bucal. O plano odonto empresa possibilita o funcionário ir ao consultório dentista com mais frequência, o que reduz doenças na boca e, consequentemente, os motivos para faltas, atrasos e afastamentos.

  1. Dedução no imposto de renda

Os valores que a organização paga com os planos odontológicos podem ser deduzidos na declaração de Imposto de Renda da empresa. 

  1. Melhores talentos para a empresa

Muitos candidatos buscam primeiro saber quais benefícios estão inclusos nas vantagens oferecidas pela empresa. 

Isso garante uma vantagem competitiva quando o assunto é manter os talentos que a empresa já possui e também atrair novos. Outra vantagem é que ele pode ser estendido aos familiares dos colaboradores.

Os beneficios plano odontologico empresa podem contribuir para uma população muito mais saudável. É um assunto que merece muito mais atenção, pois ainda, muitas pessoas, não se deram conta da importância da saúde bucal para o organismo.

Para os profissionais da área, uma das vantagens é a fidelização de clientes, o que aumenta consideravelmente os rendimentos.

O que é um plano odontológico e como funciona

Um plano odontológico é uma forma rápida de dar atendimento para diversas necessidades que, de acordo com o plano escolhido, vai desde cuidados básicos, até procedimentos mais detalhados, específicos e sofisticados. 

Eles suavizam os custos de um tratamento dentário, cobrindo mais de 50% dos procedimentos. 

O plano odontológico empresarial funciona basicamente como o plano de saúde. O contratante arca, mensalmente, com os custos que variam de acordo com a empresa fornecedora e os tipos de serviços e atendimentos cobertos.

É possível agendar consultas com as redes credenciadas ou ir a um consultório particular e solicitar reembolso. Essa rede credenciada conta com profissionais e clínicas com parceria com o plano odontológico oferecido.

Empresas de pequeno e médio porte também podem contratar o plano odontologico pme e desfrutar das mesmas vantagens de acordo com os serviços contratados.

Conheça alguns pontos importantes na contratação de um plano odontológico empresarial:

  • Rede credenciada;
  • Preços;
  • Benefícios adicionais;
  • Facilidades;
  • Serviços oferecidos.

Por que cuidar da saúde bucal

A boca pode ser entrada para doenças sérias. Muitas pessoas não sabem, mas manter a saúde bucal em dia faz bem não só para autoestima, mas para todo o funcionamento do organismo.

Manter uma rotina de visitas ao profissional dentista é fundamental para conter a proliferação de fungos e bactérias que interferem diretamente na saúde do paciente.  

Outro ponto positivo é estar com a autoestima elevada já que os dentes são o cartão de visita para qualquer pessoa.

Os cuidados diários são essenciais, porém é fundamental ter um acompanhamento no consultório odontológico para que, qualquer alteração na saúde da boca, seja detectada com antecedência, já que as doenças bucais vão muito além da cárie.

Ter um plano odontológico é de tamanha importância para a sociedade, principalmente porque ele pode atingir um número máximo de pessoas, já que os planos costumam se entender também para os dependentes.  

Um bom plano odontológico cobrirá situações de urgência e emergência, como cuidados básicos de limpeza, cuidados com extração e cirurgias, além do atendimento de consultas em consultórios.

Essas vantagens contribuem muito com a satisfação de funcionários que se sentem cada vez mais valorizados e contam com suporte da organização.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

9.11.21

SAC: Saiba como funciona o serviço de atendimento ao cliente


O SAC, conhecido tradicionalmente por Serviço de Atendimento ao Cliente, é um meio que faz a comunicação entre a empresa e o cliente, como o próprio nome já sugere. Inclusive, esse serviço já está disponível em várias empresas.


Pois bem, para contextualizar, ele é feito para resolver problemas dos clientes, seja por conta de uma reclamação, de um problema técnico, ouvir sugestões ou entender melhor o cliente.


Por exemplo, vamos imaginar uma situação: você oferece curso de youtuber EAD. Por algum motivo, o cliente gostaria de registrar uma sugestão para que o serviço fique ainda melhor, por exemplo, a existência de mais aulas técnicas.


Desse modo, este aluno, vai até o SAC que é o sistema preparado para registrar as necessidades das pessoas de forma imparcial e rápida. Percebe como o serviço de SAC é fundamental para que se evite problemas com os clientes? 


Inclusive, é bem complicado quando alguém tenta entrar em contato com uma empresa e não consegue falar com um responsável pelo serviço, não importa se foi por demora na resposta da empresa ou porque simplesmente o departamento responsável não responde.


Pois bem, se seu negócio ou a empresa que você trabalha não possui um SAC, é hora de reconsiderar e pensar em ter um. Esse serviço passa uma certa credibilidade para a marca e o serviço prestado. 


Ademais, seja para qualquer setor, por exemplo, empresas de limpeza em condomínios, têxtil ou alimentícia, os clientes estão cada vez mais exigentes em relação ao atendimento prestado em todos os setores da economia.

O surgimento do SAC e suas características 

O SAC surgiu no século 20 com a propagação do uso de telefones nos negócios empresariais, sendo que até os dias atuais esse método é atualizado, alguns mais manualmente e outros com seu devido software de call center.


A principal função de um SAC é criar um meio para ajudar e otimizar a comunicação entre a empresa ou negócio com o seu cliente. Assim, sanar as dúvidas que o consumidor possa ter, e por sua vez resolver os problemas relacionados aos produtos e serviços. 


Inclusive, existe a lei nº 8.078, que obriga algumas áreas a possuírem um SAC, que vem se modernizando a cada dia. Ademais, todas as funções ganharam bem mais funcionalidade, hoje um serviço de SAC pode funcionar por e-mail ou chat automático.


São serviços parecidos até com o sistema de pedidos para restaurante, isso porque como algumas dúvidas são bem frequentes, é provável que o SAC já saiba o que responder automaticamente.


A mesma coisa acontece nos restaurantes, que com uma observação sobre o pedido, o sistema já atualiza e trabalha de forma correta, para que o cliente seja sempre bem atendido, bem como receba tudo da melhor forma. 


Entretanto ,é necessário destacar que um SAC possui diferenças de uma ouvidoria. Quer entender mais sobre isso? Pois bem, vamos falar a seguir sobre algumas dessas diferenças.

Principais diferenças entre a Ouvidoria e o SAC

No geral, o grande público faz confusão entre SAC e Ouvidoria, mas eles possuem algumas diferenças entre si. Porém, é verdade que ambos os departamentos são interligados, mas têm objetivos diferentes.


O motivo principal que esses dois serviços se diferenciam é que o Serviço de Atendimento ao Cliente busca resolver problemas que são mais rotineiros. Por exemplo, você pode pesquisar sobre máquina de café para empresas preço e buscar no SAC uma dúvida sobre a cor.


Já na ouvidoria, seria possível falar sobre o mesmo assunto após a compra, por exemplo, caso tenha comprado em um tom e tenha recebido diferente.


Com isso, podemos dizer que o SAC em uma empresa não é apenas o disque “0800”, ele vai além da resolução de problemas e dores de clientes, ele tem a função de cuidar de todos os canais de atendimento, como:


  • Os aplicativos de mensagens;
  • Os chatbots;
  • Os e-mails de atendimento;
  • O chat com atendentes;
  • As redes sociais;
  • Entre outras frentes.

Já a ouvidoria trabalha com um atributo diferenciado do SAC, muito utilizado no setor público: a confidencialidade. Algumas funções são até semelhantes, como escutar e registrar questões, mas sempre deixar a postura neutra em relação às reclamações. 


Além de formular opções e respostas de modo que o atendimento seja o mais agradável e humanizado possível. Por fim, um ouvidor tem o poder de propor a solução de um problema de maneira direta, seja em uma empresa de maquina rotuladora ou qualquer outra.


Desse modo, imagine que o cliente ligou em uma empresa, pois o material chegou em má qualidade e a entrega da reposição não foi cumprida pelo atendimento ao cliente. Então, antes de buscar os direitos do consumidor, o cliente vai à ouvidoria, na tentativa de uma solução rápida e conciliadora.


Neste caso, o papel do ouvidor será ouvir a reclamação, referir os indivíduos no registro da reclamação e tentar encaminhar para resolução apropriada.


Agora, imagine se o problema for na área da saúde, por exemplo? Você fez uma busca na internet: ‘laudo de insalubridade quem faz para mim?’. Assim, a primeira empresa que apareceu você ligou e contratou.  


Depois descobriu que o que ela oferecia, na verdade, eram laudos para isenção de imposto de renda e não médicos, como sua empresa necessitava. O que fazer? O primeiro passo, será o SAC, que esclarecerá a propaganda que está nos buscadores da internet.


Após isso, você poderá, então, ser ressarcido, já que o serviço que precisa não era esse. Percebe a importância de contar com uma equipe preparada para agir mediante os problemas do dia a dia?

Por que as empresas precisam ter um serviço de SAC?

Ter um SAC é de suma importância para as empresas, afinal, ajuda a conquistar melhor o cliente com um bom relacionamento. Inclusive, o serviço pode ser considerado, até mesmo, um diferencial para as empresas, além de passar a impressão de humanização e empatia.


Com um sistema de SAC eficiente, as vantagens para sua empresa são inúmeras como:


  • Fazer vários canais que possam servir de contato;
  • Ter conhecimento a respeito do seu consumidor;
  • Personalizar o atendimento;
  • Fazer a análise de dados e cruzar informações;
  • Ter em mãos os atendimentos realizados;
  • Acompanhar de perto o seu cliente.

Tudo isso demonstra como o seu atendimento pode ser bem mais efetivo quando você conta com um SAC preparado e completo. Inclusive, você sabia que existem três tipos de serviço?

Conheça os três tipos de SACs

O SAC possui três opções, inclusive, é importante saber para ver qual direcionamento sua empresa vai tomar. 


Ademais, todas as opções têm o objetivo de resolver problemas e dores, receber algum feedback que seja necessário e reclamações sobre algo, o que pode ser fundamental para a empresa consertar algum problema que possa surgir.

SAC 2.0

É a opção de atendimento ao cliente que se usa muito mais o diálogo, é um atendimento mais engessado, sem tanta automação, ou seja, é a mais antiquada de todas, apesar de em alguns casos ainda poder ser usada. 


Então, é provável que se você for fazer uma consulta a um escritório de contabilidade a respeito de antecipação de duplicatas, o método utilizado ainda seja esse.

SAC 3.0

Depois do SAC 2.0, começou a existir o SAC 3.0, que é o de vários canais, ou seja, ele precisa garantir os diálogos em todos os meios de comunicação disponíveis, por telefone, por rede social, por e-mail, entre outros. 


É o SAC que tenta garantir a empresa que tenha um relacionamento muito mais aprofundado com o seu cliente, para que seja um atendimento mais personalizado, garantindo uma melhor experiência a ele e o provável retorno após a realização da compra.


Por exemplo, se você comprou uma camisa defeituosa, é possível utilizar esse SAC 3.0 através de uma rede social. Neste modelo, o cliente vai ser tratado de uma forma muito mais personalizada do que o SAC 2.0

SAC 4.0

Esse SAC utiliza técnicas mais automatizadas para o recolhimento e a análise de dados. A função dele é utilizar essas informações que foram coletadas e bolar estratégias para que seja feito um relatório que organize e mostre um entendimento sobre o que é necessário.


Então, o SAC serve para fazer o recolhimento de dados. Por exemplo, se uma pessoa vai comprar camisas de futebol é provável que o SAC 4.0 saiba qual é o time de coração daquele consumidor e, com isso, faça um atendimento baseado naquela escolha.

Considerações finais

Dito quais são os tipos, para que serve, como surgiu, entre outras informações, você entendeu perfeitamente como é que o SAC faz para ajudar a sua empresa, principalmente quando se fala em pós-venda.


É claro que o SAC, mesmo assim, pode ser utilizado para vender, pois ele também pode resolver dúvidas do cliente. Então, quando você receber alguma reclamação, não fique chateado, melhore o ponto que foi passado a sua empresa ou negócio.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

26.10.21

Quais tipos de liderança existem no mercado? Entenda isso e muito mais!

Quando falamos sobre tipos de liderança no mercado, não estamos tratando de pessoas com mentalidade de chefe, mas da visão holística sobre as empresas. 

De maneira geral, os líderes precisam trabalhar em conjunto, sempre buscando entender o lado do empregado e empregador. O propósito é intermediar essa relação e levar o que é melhor no equilíbrio entre os dois.

Por isso, neste artigo vamos falar sobre os tipos de liderança que existem no mercado, além de outros tópicos importantes sobre o assunto.

Se você ficou interessado, continue aqui e acompanhe!

Por que os líderes são importantes nas empresas?


Não basta aprender sobre os tipos de liderança, sobre o papel desse profissional, entre outros conceitos. É importante reconhecer o valor de um bom líder e como isso pode refletir no trabalho de uma empresa. 

A atuação dos líderes é de tanta extrema valia, porque eles são responsáveis pelo acompanhamento das atividades dentro de uma empresa e orientação dos funcionários. 

Essa orientação, todavia, não é uma aula ou auditoria qualquer. O líder estuda o perfil do colaborador e tenta entender o comportamento dessa pessoa. Com essas informações, ele consegue desenhar uma estratégia de melhorias para a empresa.

Com a presença apenas de chefes tradicionais, a figura de autoridade é a única base que os colaboradores têm. Isso pode ser ruim, pois além de afastá-los da empresa, faz com que muitos se sintam insatisfeitos. 

Qual o papel de um bom líder?

O papel de um bom líder é procurar sobre os tipos de liderança e entender como é o perfil da empresa onde ele trabalha. 

Com a metodologia escolhida, ele consegue ver os problemas que estão acontecendo internamente na empresa e procurar soluções viáveis, que ajudam a resolver essas questões. 

O papel do líder é também amparar as equipes e os funcionários, de forma que eles se sintam protegidos e acolhidos pelo negócio. O ambiente de trabalho é um local em que as pessoas precisam se sentir bem, não com medo de qualquer represália.

Fora isso, o responsável por essa liderança pode desenvolver treinamentos, cursos e até mesmo buscar novos funcionários para a empresa.

Quais os tipos de liderança que existem?


No mercado existem muitos tipos de liderança para seguir. O profissional que cuida dessa área deve pensar em qual modelo se encaixa, como também as melhores metodologias para usar com a empresa que trabalha atualmente.

Separamos quatro opções muito conhecidas, que podem ser a sua escolha:

  1. Líder democrático

O tipo de liderança democrática é aquele em que os colaboradores podem participar a todo momento da tomada de decisões, como também dar sugestões sobre trabalhos e outros contextos. 

O propósito é fazer com que todos participem e deixem um pequeno registro da sua opinião em alguma tarefa realizada. Contudo, é preciso salientar que líderes que investem nessa modalidade podem demorar para tomar qualquer posicionamento.

Como é preciso “digerir” tudo que os colaboradores falaram e assim criar soluções, o profissional precisa de tempo e paciência. É uma metodologia mais lenta, mas que pode valer a pena. 

  1. Líder liberal

O líder liberal é aquele que confia nas equipes e acredita que a autogestão é a solução.

Este líder separa a tarefa necessária para os funcionários e deixa que eles atuem sozinhos, já que são profissionais e sabem o que estão fazendo. Se houver alguma dúvida no meio do caminho, ele está ali para ajudar, mas sem interferir na estratégia combinada pela equipe.

O problema é o mesmo do democrático: a tomada de uma decisão certeira e até mesmo a produtividade podem ser baixas. Esses dois tipos de liderança dão liberdade, porém requer mais paciência para deixar os colaboradores se ajeitarem e acertarem. 

  1. Líder autocrático

O líder autocrático, entretanto, é o mais diferente da lista. Ele é a verdadeira figura de “chefe”, que passa o que deve ser feito para todos e espera os resultados exatos. 

É, sem dúvidas, o processo que anda mais rápido. Como os funcionários já recebem as ordens mastigadas, com tudo que é preciso ser feito, eles não têm muita dificuldade com planejamento e outros pontos.

Contudo, a liderança autocrática pode ser complexa vista de outro lado. Além de afastar os colaboradores de um relacionamento saudável, é arriscado também deixar as equipes desamparadas quando a figura do chefe não estiver por perto para dar ordens.

  1. Líder motivador


O último entre os tipos de liderança é o gestor motivador. Este trabalha com o psicológico dos funcionários, mostrando o propósito de cada atividade e qual a finalidade daquilo tudo. A intenção é comovê-los e deixá-los mais engajados com o serviço. 

Algumas pessoas confundem com o perfil coach, mas é diferente. Os líderes motivadores estão ali apenas para estimular e escutar as dores dos colaboradores. Eles não fazem nenhum tipo de avaliação sobre como está o trabalho de cada um. 

Por um lado, pode ser bom para melhorar o clima da empresa e ajudar a auto estima de cada funcionário. Mas, quando fica repetitivo, os times podem se cansar e achar até mesmo chato. 

Conclusão

Os tipos de liderança precisam seguir o padrão ideal para cada empresa. O profissional não precisa necessariamente ter o mesmo perfil o tempo todo, ele pode mesclar as ações democráticas com motivadoras.

O importante é experimentar e analisar o que está ajudando os funcionários. Quanto melhor for o resultado entre eles, mais o líder deve investir nessa metodologia.

Mais do que nunca, o líder precisa ter uma visão holística da empresa, entendendo todos os lados que podem afetar os colaboradores e assim refletir nos resultados.

19.10.21

Como atrair mais clientes para o seu negócio com as melhores estratégias de vendas

Vender é uma arte. Afinal, esse ramo profissional exige conhecimento e jogo de cintura em estratégias de vendas.

Felizmente, hoje em dia existe uma grande amplitude de recursos, ferramentas e plataformas para cuidar disso de forma mais assertiva.

Por outro lado, o ambiente mais democrático da internet faz com que a concorrência entre empresas aumente muito e os clientes se tornem mais exigentes.

Com isso, os gestores precisam ficar atentos ao surgimento de novos empreendimentos e às tendências que nascem e crescem na internet e, para isso, conhecer técnicas de vendas de maneira aprofundada é imprescindível.

Não deixe de conferir este texto para entrar em contato com estratégias sofisticadas e começar a vender mais e melhor.

Dicas para chamar a atenção do público

É impossível falar em vendas feitas pela internet sem falar em estratégias de Marketing Digital.

Esse conjunto de técnicas proporciona ferramentas e plataformas extremamente valiosas para que empresas dos mais variados ramos cresçam junto ao público da web.

As dicas a seguir incluem conceitos relacionados a esse tipo de marketing:

  • Persona;
  • Funil de vendas;
  • Fidelização;
  • Gatilhos mentais.

Continue acompanhando o texto e tenha acesso às principais informações dessas importantes técnicas de vendas.

  1. Estabeleça sua persona

Antes de gastar recursos com campanhas ambiciosas de Instagram Ads, é necessário definir com clareza a parcela do público que você procura alcançar. Para isso, use o conceito de persona para fazer isso da maneira mais aprofundada possível.

Em linhas gerais, a persona é uma evolução da ideia de público-alvo. Em vez de se ater apenas a informações gerais, o conceito também comporta dados mais abstratos.

Tradicionalmente, a identificação da persona de um negócio envolve o estudo dos sonhos, hobbies e interesses das pessoas.

O foco é ter acesso a informações mais aprofundadas do público para poder atendê-los com maior especificidade.

  1. Aposte em gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são estratégias certeiras para fazer com que negociações se transformem em vendas efetivas.

Não basta investir em uma ação como anunciar no Google Ads sem trabalhar em maneiras complementares para engajar visitantes.

Saber gerar valor para o cliente é um gatilho mental clássico. O vendedor tem que demonstrar que o produto ou serviço realmente pode sanar o problema que a pessoa busca solucionar.

Criar senso de urgência é um outro exemplo. Afinal, é necessário passar a mensagem de que determinada oferta vai durar por tempo limitado ou que o estoque está no fim.

Demonstrar autoridade e apostar no valor social da marca também são gatilhos pertinentes.

  1. Faça o acompanhamento do funil de vendas

Uma vez que um novo visitante entra no seu site, é necessário acompanhar o progresso dele pelo funil de vendas.

O funil de vendas é formado por etapas que caracterizam o nível de propensão à compra em que cada consumidor se encontra.

Há os estágios de percepção do problema, a consideração das opções para solucioná-lo e, finalmente, a decisão de compra.

Utilize ferramentas personalizadas como Google Analytics para monitorar métricas fundamentais do funil de vendas, como:

  • Origem de tráfego;
  • Tempo de permanência na página;
  • Quantidade de cliques;
  • Tipos de interações no site.

A realização do monitoramento constante do funil garante mais conversões e um atendimento mais personalizado, entre muitos outros benefícios.

  1. Pense na fidelização

A equipe de vendas da empresa definiu a persona, usou gatilhos mentais para aprimorar como funciona o Facebook Ads e acompanhou o funil de vendas de perto.

Finalmente, veio o resultado tão aguardado: uma conversão efetiva. Mas não pense que o trabalho terminou.

A partir de agora, a marca tem que continuar marcando presença, mas de forma equilibrada, sem parecer invasiva.

As estratégias pós-venda são essenciais para garantir o que no marketing digital se chama fidelização.

Um cliente de primeira viagem tem que continuar sendo lembrado da empresa, para que ele volte a fazer compras com ela.

As técnicas mais eficazes de fidelização são fazer a segmentação de ofertas especiais por e-mail, estabelecer programas de fidelidade, oferecer tratamento personalizado e saber ouvir críticas e sugestões.

Considerações finais

O texto que você acabou de ler traz um breve guia das principais estratégias de vendas que são utilizadas no meio digital.

Os e-commerces e demais sites de marcas têm muito a ganhar ao estudar essas novas possibilidades de vender produtos e serviços.

Desse modo, recorrer ao uso de palavras-chave e demais ações de marketing é a forma de marcar presença nos canais de comunicação frequentados por possíveis clientes sem apostar em ações invasivas.


GeraLinks - Agregador de links