Atenções em Brasília com a "invasão ao Capitólio" e reabertura das fronteiras com a China

Os investidores estrão de olho a reunião de Lula com o presidente do Supremo Tribunal Federal e com seus governadores, além disso na semana dados de inflação e atividade estarão no radar dos investidores. No exterior, os investidores ficarão a espera do CPI americano que sai essa semana e ao evento No BC sueco.
 
No Brasil, mesmo com um exterior positivos, os investidores não ficam otimistas as questões internas, principalmente pela questão dos ataques à democracia ocorrido ontem em Brasília. Essas ações antidemocráticas feitas por grupos radicais faz com que investidores ficam inseguros com o país. Então os investidores estarão atentos as consequências dessas manifestações e as novas ações a serem tomadas pelo atual governo com a reunião com a ministra Rosa Weber.
 
Com a abertura das fronteiras com a China gerou a uma reação positiva dos investidores, e com a última reunião do Fed com a divulgação de dados de emprego dos EUA, os investidores esperam um aumento moderado do juros no EUA. Além disso, as atenções do mercado estarão as as falas do Fed. Na Europa as atenções dos investidores estão a reabertura das fronteiras com a China e a divulgação de dados na região. 

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com