26.10.21

Balanço de bitcoin nas corretoras de criptomoedas chega ao menor nível desde 2018


O balanço de bitcoin nas principais exchanges de criptomoedas do mundo acaba de atingir o menor nível em três anos: são 2.400.500 BTC disponíveis para compra neste momento.

Os dados da Glassnode foram compartilhados no Twitter pelo analista Dylan LeClair, que ressaltou que uma quantidade tão baixa de bitcoin nas corretoras não era vista desde agosto de 2018.

“Aumento de procura. Fornecimento fixo. O que você acha que acontece depois?”, questionou o analista. “Observa a mudança de tendência distinta em março de 2020? Não acho que seja uma coincidência. O mundo mudou”.



Conforme apontou LeClair, o pico de bitcoin nas exchanges aconteceu durante a quebra do mercado financeiro no início da pandemia, mas desde então o balanço da criptomoeda nas plataforma de compra e venda está em queda, sinalizando que menos bitcoin está disponível para compra.

De acordo com os dados da Bybt, o balanço médio de BTC nas 12 maiores exchanges do setor está em queda nas últimas 24 horas (-40.606 BTC), na semana (-25.496 BTC) e no mês (-30.254 BTC). 

As carteiras da Kraken, hoje a quinta maior exchange do mundo em volume, são as que registram as maiores retiradas de bitcoin — só nos últimos sete dias foram -36.754,07 BTC.

Estoque diminui, preço aumenta

A movimentação das exchanges acontece em paralelo com a ascensão de preço do bitcoin, que na semana passada, renovou seu topo histórico para US$ 66.930. O novo recorde veio com a agitação do mercado provocada pelo lançamento dos ETFs de futuros de bitcoin nos EUA.

De acordo com o relatório semanal da Glassnode divulgado nesta segunda (25), os novos produtos de bitcoin fizeram a quantidade de contratos em aberto na bolsa de Chicago (CME) aumentar US$ 3,9 bilhões em outubro, um crescimento mensal de 265%. O novo impulso culminou em um novo recorde histórico de US$ 5,4 bilhões em contratos futuros de bitcoin na CME.

Todo o movimento de preço fez com que parte dos detentores de longo prazo aproveitassem o momento para realizar lucros. Os analistas da Glassnode indicaram que o fornecimento desse grupo diminuiu cerca de 39,5 mil BTC nas últimas duas semanas. 

No entanto, a queda no estoque das exchanges demonstra que do outro lado do balcão, existem pessoas dispostas a comprar as criptomoedas que voltam ao mercado.

“Quando olhamos para isso no contexto, segue-se um período de incrível acumulação e HODLing, onde a quantidade de ativos em posse de detentores de longo prazo aumentou em 2,42M BTC desde as mínimas em março”, diz o relatório. 

“A oferta atual desses detentores é 680.000 BTC maior do que no ano passado e, mesmo depois de semanas gastando, está começando a voltar para o lado positivo. Esta observação sugere que talvez a distribuição tenha sido até agora mais um ‘evento’ do que uma tendência”, conclui o estudo.




GeraLinks - Agregador de links