Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!

O internauta tem um dia dedicado a ele, 23 de agosto, data em que, no ano de 1991, a rede mundial de computadores foi aberta ao mundo. No Brasil, tem crescido, ano a ano, o número de pessoas com acesso à internet e a pandemia acelerou esse processo. Porém, as desigualdades de acesso ao mundo digital persistem no país, segundo especialistas.

Pesquisa promovida pelo Comitê Gestor da Internet do Brasil revelou que, em 2020, o país chegou a 152 milhões de usuários - um aumento de 7% em relação a 2019. Com isso, 81% da população com mais de 10 anos têm internet em casa. 

O coordenador da pesquisa, Fábio Storino, destaca que a pandemia fez com que os indicadores de acesso à internet apresentassem os maiores crescimentos dos 16 anos da série histórica.

O crescimento do total de domicílios com acesso à internet ocorreu em todos os segmentos analisados. As residências da classe C com acesso à internet passaram de 80% para 91% em um ano. Já os usuários das classes D e E com internet em casa saltaram de 50% para 64% na pandemia.

Porém, Fábio Storino explica que esse acesso à internet é desigual, uma vez que cerca de 90% das casas das classes D e E se conectam à rede exclusivamente pelo celular.

A desigualdade de acesso à internet no Brasil se reflete também no ensino básico. O censo escolar de 2020 revelou que apenas 32% das escolas públicas do ensino fundamental têm acesso à internet para os alunos, porcentagem que chega a 65% no caso das escolas públicas do ensino médio.

Além de aumentar os investimentos em infraestrutura para internet nas escolas, o diretor executivo da ONG D3e, Antonio Bara Bresolin, que atua na produção de pesquisas para orientar políticas de educação, afirma que é necessário também capacitar os profissionais da área.

O governo federal espera aumentar a infraestrutura da internet nas escolas a partir do leilão do 5G, previsto para outubro deste ano. Segundo o ministro das Comunicações, Fabio Faria, 6,9 mil escolas públicas urbanas que hoje não têm acesso à internet receberão a infraestrutura nos primeiros anos da instalação do 5G no Brasil. O edital do 5G prevê investimentos para levar internet de alta velocidade para todas as escolas em locais com mais de 600 habitantes até 2029. 


Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem
🅽🅰🅾 🅳🅴🅸🆇🅴 🅴🆂🆂🅴 🅱🅻🅾🅶 🅼🅾🆁🆁🅴🆁

Sejα um αpoiαdor - ⓟⓘⓧ 11 98363-7919

𝔐𝔢 𝔞𝔧𝔲𝔡𝔢 𝔞 𝔠𝔬𝔫𝔱𝔦𝔫𝔲𝔞𝔯 𝔠𝔬𝔪 𝔬 𝔰𝔦𝔱𝔢!

𝔖𝔢𝔧𝔞 𝔲𝔪 𝔞𝔭𝔬𝔦𝔞𝔡𝔬𝔯: 𝔓𝔦𝔵 11 98363-7919

𝒮𝓊𝒶 𝒶𝒿𝓊𝒹𝒶 𝑒 𝓋𝒾𝓉𝒶𝓁 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝒸𝑜𝒷𝓇𝒾𝓇 𝒹𝑒𝓈𝓅𝑒𝓈𝒶𝓈 𝑒 𝒾𝓂𝓅𝓊𝓁𝓈𝒾𝑜𝓃𝒶𝓇 𝒶 𝒹𝒾𝓋𝓊𝓁𝑔𝒶ç𝒶𝑜 𝒹𝑜 𝓈𝒾𝓉𝑒, 𝒸𝒶𝓅𝒶𝒸𝒾𝓉𝒶𝓃𝒹𝑜-𝑜 𝒶 𝒾𝓃𝓈𝓅𝒾𝓇𝒶𝓇 𝓂𝒶𝒾𝓈 𝓅𝑒𝓈𝓈𝑜𝒶𝓈 𝒶 𝒻𝒶𝓏𝑒𝓇 𝒶 𝒹𝒾𝒻𝑒𝓇𝑒𝓃ç𝒶. 𝒥𝓊𝓃𝓉𝑒-𝓈𝑒 𝒶 𝓃𝑜𝓈 𝑒 𝓈𝑒𝒿𝒶 𝓅𝒶𝓇𝓉𝑒 𝒹𝑜 𝓂𝑜𝓋𝒾𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝓊𝓂 𝒶𝓂𝒶𝓃𝒽𝒶 𝓂𝒶𝒾𝓈 𝒷𝓇𝒾𝓁𝒽𝒶𝓃𝓉𝑒 𝑒 𝓂𝑜𝓉𝒾𝓋𝒶𝒹𝑜𝓇.

GeraLinks - Agregador de links

Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!