Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).


Depois de se mudar para um novo imóvel, um dos grandes desafios a ser pensado envolve a decoração de todos os ambientes da casa. A sala precisa ser ideal para todos os moradores, enquanto o quarto das crianças pode ser mais específico e direcionado a idade do filho(a).

O mais importante é que todos se sintam satisfeitos e acolhidos no novo lar. Para isso, existem dicas que podem ser seguidas para garantir uma decoração harmônica e que contempla toda a família.

Por que envolver a família?

Decorar não precisa ser sinônimo de algo chato. Muito pelo contrário, é uma boa oportunidade para unir os familiares. A dica é ainda mais válida para quem tem filhos adolescentes, afinal, nesta fase, é normal que eles queiram um pouco de independência.

Dicas para acertar na decoração da casa

Veja o que fazer para ter certeza de que a decoração de seu lar vai ficar agradável e confortável para todos que vivem na casa:

Reúna e ouça todos

O primeiro passo para uma decoração perfeita e que deixe todos os moradores contentes é reunir todo mundo e ouvir o que cada um tem a dizer. Inclua, até mesmo, crianças maiores (de sete anos em diante), que já têm certa noção de como funciona a rotina da família.

Exponha sua opinião, seus gostos e esteja aberto a ouvir o que as outras pessoas vão compartilhar. Nesse momento, vocês podem aproveitar para definir o que é indispensável e o que combina.

Descarte tudo que não for essencial

No começo, a ideia é criar um ambiente agradável. Portanto, é preciso pensar no que é verdadeiramente essencial. A sala precisa mesmo de almofadas? Será que a estante pode ser trocada por uma TV presa na parede? Os objetos de porcelana não são perigosos para as crianças pequenas?

Logo que definir o que for importante, anote tudo em um papel e veja com os outros membros da família se é possível decorar ou mudar algo. Por exemplo, em vez do sofá ser branco, vocês podem manter as paredes da casa com cores claras e investir em um móvel preto ou em tons mais escuros.

Considere os gostos de todo mundo

Antes de tomar qualquer decisão, pense em todas as pessoas que moram na casa. Mesmo se seus filhos ainda são muito pequenos, é interessante considerar o que poderiam gostar.

A sala é o ambiente mais difícil de decorar porque vai receber não apenas quem mora na casa, como, também, as visitas. Então, estude o que pode ser agradável a todos. Adolescentes têm direito a mais palpites, já as crianças ajudam na escolha das cores do cômodo.

Deixe que os adolescentes montem seus quartos

Talvez, seu sonho de adolescente tenha sido um quarto repleto de pôsteres das bandas pop ou pintado nas cores claras e delicadas. No entanto, para sua filha, o quarto perfeito tem tons mais escuros, como o roxo, e quadros decorativos de super-heroínas.

São gostos bem diferentes, mas vale a pena deixar que adolescentes decidam como querem montar seus espaços. O que você pode fazer é explicar porque determinada cor não se encaixa no ambiente e indicar formas de aproveitar melhor as paredes.

Divida as tarefas

Você ficou responsável por escolher os móveis que vão compor os cômodos da casa? Então, deixe que outros membros da família assumam outras tarefas. A cor das paredes ou o uso de papel de parede pode ficar com outra pessoa, assim como os itens de decoração que farão parte daquele espaço.

Quando você divide as tarefas, mostra que está disposto a ouvir as opiniões dos outros moradores. Assim, fica mais fácil criar um ambiente agradável para todos os gostos. Com todas essas dicas, pode ter certeza que a decoração da casa vai agradar toda a família.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!