Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Fortes e Unidos Somos Melhores!
Seja Hoje Diferente:


O verão chegou e as academias estão mais lotadas que nunca. Uma pesquisa divulgada pela Folha de São Paulo aponta que a adesão de novos membros nas academias nos meses mais quentes do ano chega a 45% a mais que nos meses regulares. É o famoso #projetoverão para quem quer fazer bonito na praia e na piscina.

Todos sabemos, porém, que o segredo para o corpo em equilíbrio é a combinação entre exercícios físicos e alimentação saudável. Uma dieta balanceada é essencial tanto para se obter resultados positivos na academia quando para se ter energia no dia-a-dia. E todos os nutrientes necessários devem compor a nossa dieta.

Outro hit do verão são as dietas da moda. A cada ano surge uma nova com a promessa de se fazer perder muitos quilos num curto período. E, de fato, elas cumprem o que prometem. Regimes rápidos são eficientes na perda rápida de peso. E aí que mora o perigo!

Dietas como essas funcionam porque restringem nutrientes e calorias. Ou seja, perde-se peso, mas também perde-se saúde. Por essa restrição na ingestão dos alimentos, elas também não podem ou devem ser prolongadas por um longo período. Ou seja: provavelmente todo o peso perdido com esse método vai voltar quando o praticamente se engajar em sua alimentação regular novamente.

Uma das dietas ditas milagrosas mais famosas é a dieta da lua. Nesse regime, é indicado que o praticamente ingira somente líquidos durante as fases de transição da lua. Ou seja, uma vez por semana, durante 24 horas, nada sólido é permitido. Os riscos de se seguir a dieta da lua são evidentes.

Uma alimentação baseada somente em líquidos por um período tão longo, de 24 horas, e com essa regularidade, uma vez toda a semana, não supre as necessidades nutricionais de ninguém. E mesmo alimentos líquidos nutritivos como sucos orgânicos e água de coco não darão conta de alimentar o organismo.

Particularmente famosa entre modelos, outra dieta famosa que parece saudável mas é extremamente perigosa é a dieta do atum. Nessa, a pessoa come apenas atum enlatado por, pelo menos, uma semana. Apesar de ser rico em ômega 3 e proteína magra, o atum não tem todos os nutrientes suficientes para que o corpo funcione.

Além do mais, alimentos enlatados devem passar longe da despensa de quem busca uma alimentação balanceada. Ao mesmo tempo, uma dieta com tamanha quantidade de proteína exclusivamente animal pode sobrecarregar os rins e, até, levar a formação de cálculos renais, popularmente conhecidos como pedra nos rins.

Na mesma linha das dietas monoalimentares, aquelas em que só se é permitido ingerir um alimento, está a dieta do ovo cozido. Ainda mais perigosa que a do atum, recomenda-se que se ingira apenas três ovos cozidos por dia. Os riscos são claros. Combinados, os três ovos não chegam nem a 300 calorias.

Vale lembrar que o recomendado pela Organização Mundial de Saúde é de em torno de 2 mil calorias por dia, com variantes dependendo de fatores como sexo, altura e peso. Isso por si só já seria o suficiente para sequer cogitar o regime. Mas os riscos vão além das calorias.

Assim como o atum, o ovo ou nenhum outro alimento, tem todos os nutrientes que precisamos. Além disso, a gema é rica em colesterol, gordura que produzimos e não precisamos ingerir. Ou seja, o risco de desenvolver doenças relacionadas ao colesterol quando o ovo é o único alimento ingerido aumenta consideravelmente.

Somente uma dieta balanceada pode ser, de fato, introduzida na vida de qualquer pessoa, seja atleta ou não. Dietas que reduzem grupos alimentares e quase zeraram as calorias ingeridas são extremamente perigosas e não devem ser consideradas por quem quer perder peso com saúde.

Resultados mais lentos, porém consistentes e duradouros, são muito mais interessantes e, na verdade, os únicos que podem ser considerados saudáveis. A perda de peso rápida desregula o metabolismo e pode ter consequências graves inclusive para a nossa saúde mental.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!