2.7.19

O batismo catolico passo a passo

Família SHD: Batismo Solange - Padre Zé Maria

O que é Batismo?

O batismo é um ato no qual um cristão é imerso em água para simbolizar o fim de uma velha maneira de viver, e um novo começo.

A Bíblia menciona batismo primeiramente nas escrituras de João Batista. Este foi sob a antiga aliança, quando o batismo era para a remissão dos pecados. "Eu vos batizo com água, para arrependimento, mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu … Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo." Mateus 3:11. Com o estabelecimento da nova aliança, por causa da morte de Jesus na cruz, o batismo é agora muito mais do que o perdão dos pecados; é um pacto de viver a vida de um discípulo diante de Deus.

Pedro compara o batismo com o dilúvio no tempo de Noé. 1 Pedro 3: 18-21. A Bíblia diz do tempo de Noé: "Então o Senhor viu que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só maldade continuamente." Gênesis 6: 5. Assim como as águas do dilúvio pôs fim a este mal, no Antigo Testamento, o batismo representa um fim a uma vida auto centrado de fazer a minha própria vontade e começar uma nova vida em fazer a vontade de Deus no Novo Testamento.


Quem deve ser batizado?

Uma pessoa que tem feito um compromisso de vida para seguir a Jesus, obedecer à Palavra de Deus e vive uma nova vida, é um candidato para ser batizado. Tais pessoas são arrependidas e querem ser livre de seus pecados.

Este foi o caso dos judeus que tinham crucificado Jesus, quando ouviram Pedro falar. "E, ouvindo eles isto, eles foram direto ao coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos, 'Irmãos, o que devemos fazer?'' Atos 02:37. Foram tais as que Pedro exortou para ser batizado. Versículo 38.

Uma pessoa que tem feito um compromisso de vida para seguir a Jesus, obedecer à Palavra de Deus e vive uma nova vida, é um candidato para ser batizado.


O Batizado Católico

Qual é o significado do batismo?

Na Igreja Católica, o batismo representa o primeiros dos sete sacramentos e é considerado um rito de passagem. Ao receber tal benção, a criança inicia a sua fé e sua vida cristã, tornando-se um filho de Deus, um discípulo de Cristo, um membro da Igreja e abrindo seu caminho para a salvação. Não se recebe nenhum outro sacramento sem o batismo. Tal tradição, que se tornou muito comum no Brasil (um país religioso), representa também um momento de celebração, ideal para unir familiares e amigos. O rito é feito com água sagrada sobre o iniciado e cada um dos elementos da cerimônia tem um significado.

Óleo e água –A madrinha conduz a criança até a pia batismal e o padre derrama, com uma jarra, a água sagrada em sua cabeça, dizendo as preces do batismo: ‘Eu te batizo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo’. Tal gesto representa vida nova e confirma que a criança está batizada. Em algumas igrejas, o padre passa um pouco de óleo dos catecúmenos no peito da criança, pedindo que a força de Cristo penetre na vida dela.

Vela – Durante a cerimônia, a madrinha carrega a criança e o padrinho fica ao seu lado. Depois da benção, o padrinho oferece simbolicamente uma vela acesa à criança, dizendo: `Recebe a luz de Cristo´. Essa vela é o Círio Pascal, que simboliza Cristo, a luz do mundo.”

Roupa branca – Normalmente, o iniciado usa roupas brancas, que representam a pureza. Em algumas famílias, o uso do mandrião é tradicional e a roupa passa de geração em geração. Trata-se de um vestido longo branco, uma veste tradicional de batismo, usada tanto por meninos quanto meninas. Outro costume – mas não uma regra – é a madrinha escolher a roupa do batizado.


Qual é o papel dos padrinhos?


Os padrinhos são figuras muito importantes no batismo. Eles assumem a tarefa de garantir que o iniciado seguirá seus estudos da doutrina cristão. Ou seja, é deles a responsabilidade de que a ligação dos pequenos com aquela igreja não acabe por ali. “Padrinho e madrinha devem ser cristão firmes, capazes e prontos a ajudar, o novo batizado, criança ou adulto, em sua caminhada na vida cristão.” (retirado do Catecismo da Igreja Católica, número 1255). Recomenda-se escolher pessoas bem próximas da família e que tenham um vínculo com a religião


Os pais precisam ser batizados?


A exigência costuma ser a de que os pais sejam casados na Igreja e no Civil. Normalmente, o fato dos pais não serem batizados não impede o batismo. As exigência da Igreja, de acordo com o Código de Direito Canônico, pesam muito mais sobre os padrinhos do que sobre os pais. 


Os padrinhos precisam ser batizados e casados na Igreja Católica?


Sim, normalmente, tal exigência é feita pela igreja. No caso de padrinhos casados, é exigido que tal união tenha sido feita também na Igreja, e não somente no civil, pois o fato vai de encontro com o 6o item, abaixo (a Igreja considera que quem mantém um casamento não abençoado pela Igreja vive em desacordo com a fé).

De acordo com o Código de Direito Canônico – Cânon 874 § 1. Para que alguém seja admitido para assumir o encargo de padrinho, é necessário que: 

1° – Seja designado pelo batizando, por seus pais ou por quem lhes faz as vezes, ou, na falta deles, pelo próprio pároco ou ministro, e tenha aptidão e intenção de cumprir esse encargo;

2° – Tenha completado dezesseis anos de idade

3° – Seja católico, confirmado, já tenha recebido o santíssimo sacramento da Eucaristia e leve uma vida de acordo com a fé e o encargo que vai assumir;

4° – Não tenha sido atingido por nenhuma pena canônica legitimamente irrogada ou declarada;

5° – Não seja pai ou mãe do batizando;

6° – Leve uma vida de acordo com a fé (católica)


Padrinhos precisa ser um casal (homem e mulher) ou pode-se chamar 2 pessoas do mesmo sexo, como duas irmãs, por exemplo?


Habitualmente, a escolha recai sobre um padrinho e uma madrinha – casados entre si ou não. No entanto, também se admite apenas um padrinho ou apenas uma madrinha (cân. 873). A solução, nos casos em que se deseja ter 2 padrinhos ou 2 madrinhas costuma ser a seguinte: apenas um deles assina como madrinho/padrinha e o outro assina como testemunha. Sugerimos conversar com o padre da Igreja escolhida.


Com quanto tempo de antecedência se deve agendar e quais são os documentos necessários? 


Depende da agenda da Igreja eleita. Em todas, no entanto, o documento indispensável aos pais e padrinhos é o certificado do curso preparatório, assim como a certidão de nascimento da criança. Costuma-se pedir também os certificados de casamento religioso e civil, assim como o RG e comprovante de residência. Na Paróquia Nossa Sra. do Brasil (SP), por exemplo, o curso preparatório acontece uma vez por mês. Aos padrinhos, costuma-se pedir a certidão de Batismo (é exigência na N. Sra do Brasil).


Existe alguma regra em relação à idade certa para batizar? 


A Igreja Católica sugere que o batizado seja feito o quanto antes, de preferência nos primeiros meses de vida, mas, podem receber o Batismo crianças de diferentes faixas etárias. A partir dos setes, no entanto, a preparação é feita através da Catequese Paroquial.

Batizado de Solange (Adm. Blog).


Pequeno registro em vídeo batizado de Solange ocorrido em 30 de junho de 2019 na Paróquia Cristo Redentor em Ermelino Matarazzo.

Veja também:

Paróquia Cristo Redentor - Ermelino Matarazzo.

Padre Zé Maria | Solange | Família SHD - Clique Aqui

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!
#sejahojediferente>

Nenhum comentário:

Postar um comentário