SHD: SEJA HOJE DIFERENTE - Coaching Pessoal, Inteligência Emocional, Crescimento Pessoal, Família, Espiritualidade, Ufologia, Mistério, Nostalgia, Como fazer, O que é, Para que Serve, Desenhos para colorir, Curta-Metragem, Curiosidades, Orações, Pets, Saúde e Bem-Estar, Televisão, Séries, Desenhos, Música, Livros e muito mais.

29.3.19

Seu gato está estressado?

Jessie uma dos 4 felinos da família atualmente.

Os especialistas em gatos do Purina® Pro Plan estão sempre aprendendo sobre como ter um gato pode melhorar a saúde e a felicidade das pessoas e reduzir o estresse - você sabia que um estudo de 20 anos descobriu que as pessoas que possuíam um gato tinham 40% menos probabilidade de morrer? de um ataque cardíaco?

Como os gatos fazem muito para ajudar nos níveis de estresse, é importante lembrar que eles também podem ficar estressados. Algumas situações estressantes podem ser boas para manter um gato envolvido e estimulado - permitindo que seu gato sinta novas sensações através do brincar e a exposição ao ar livre seja um exemplo positivo de estresse. Mas o estresse crônico pode levar a problemas de saúde em seu gato.

Preste atenção nos sinais de estresse crônico, como mudanças no apetite ou nos padrões de sono do seu gato, uma queda na energia ou na abstinência. Se você vir algum destes sintomas, verifique com seu veterinário para eliminar qualquer problema médico.

Mas se o seu veterinário achar que está relacionado ao estresse, aqui estão algumas causas comuns de estresse crônico para gatos, além de maneiras de ajudar a controlar a ansiedade do seu gato.

MUDANÇAS DE CASA:

Você recentemente se mudou para uma nova casa? Ou talvez você freqüentemente reorganize móveis em sua casa atual? Reparos ou reformas em casa? Os gatos são sensíveis aos seus ambientes, e mudanças constantes na casa podem fazer com que o gato sinta que ele está fora de controle.

O que você pode fazer: tente manter o máximo de coisas arrumadas e consistentes possível. Lembre-se de certificar-se de que seu gato tenha acesso desobstruído a comida, água e a caixa de areia em todos os momentos.

ADIÇÃO OU SUBTRAÇÃO AO CÍRCULO SOCIAL:

Se você adotar outro animal de estimação, a introdução inadequada pode estressar o seu gato. Um novo ser humano - digamos, um bebê, ou convidados, ou um novo parceiro - pode estressar seu gato também. Da mesma forma, a perda de um membro da família - no caso de morte, ou mesmo de uma criança que vai para a faculdade - muda o círculo social do seu gato de maneira estressante.

O que você pode fazer: Como esses ajustes são inevitáveis, ajude seu gato adicionando mais brincadeiras e exercícios ao seu dia. Agora seria o momento ideal para experimentar a trela com seu animal de estimação - ele ou ela poderá explorar o ar livre. Tal como acontece com as pessoas, uma mudança segura de cenário pode ser uma grande ajuda.

MUDANÇAS SAZONAIS E DE TEMPERATURA:

Embora seu gato possa morar lá dentro, ele ou ela ainda está muito sintonizado com o clima, o sol e o ar livre. Mudanças nas estações e diferenças de temperatura podem afetar significativamente os níveis gerais de estresse do seu gato. Por exemplo, quando nos ajustamos para o horário de verão, o relógio interno de um gato fica fora de sintonia.

O que você pode fazer: se você mora em um clima do norte, aumente a frequência de brincadeiras durante o inverno - já que os pássaros migraram para o sul, há menos coisas para o seu gato olhar pela janela! Além disso, verifique se o seu gato tem cobertores para aconchegar-se em calor. Em dias quentes, certifique-se de que seu gato tenha bastante água fresca e esconderijos legais para descansar. Observe que, embora você possa gostar de fãs, alguns gatos podem não gostar do barulho e da sensação da brisa em suas peles.

SUPERVISÃO

O tédio pode ser um grande problema para os gatos, mas também a superestimulação. Como os gatos têm uma audição e pele tão sensíveis, o ruído excessivo e o toque podem causar muito estresse. TV e música constantes e barulhentas, cachorros latindo e pessoas gritando podem ser estressantes para seus gatos. Então é muito tocante.

O que você pode fazer: preste atenção à linguagem corporal do seu gato. Os gatos estão abertos a serem acariciados e brincam com eles, mas certifique-se de que está em sintonia com a atitude do seu gato em relação ao toque. Se houver algum sinal de desconforto, dê um descanso ao toque. Comunique-se com quaisquer crianças ou outras pessoas em sua casa para que elas também tenham isso em mente. Em termos de ruído, mantenha sua TV e música em um volume confortável para o seu gato.

ALIMENTAÇÃO PODE SER UMA CONSTANTE

Alimentar uma boa comida como o Purina® Pro Plan® pode proporcionar uma constante na vida do seu gato. E estar consciente dos tipos de estressores e situações estressantes listados acima pode percorrer um longo caminho no sentido de construir uma vida extraordinária junto com seu gato.

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

SHD: SEJA HOJE DIFERENTE - Coaching Pessoal, Inteligência Emocional, Crescimento Pessoal, Família, Espiritualidade, Ufologia, Mistério, Nostalgia, Como fazer, O que é, Para que Serve, Desenhos para colorir, Curta-Metragem, Curiosidades, Orações, Pets, Saúde e Bem-Estar, Televisão, Séries, Desenhos, Música, Livros e muito mais.