28.11.18

Deus é o Criador


Deus é o criador do céu e da terra, professamos em nossa fé.

Ensina o começo do Livro Sagrado: “No princípio, Deus criou o céu e a terra” (Gn 1,1). É ele o criador de todas as cousas visíveis e invisíveis.

Em todos os tempos, o homem se faz estas perguntas: De onde viemos? Para onde vamos? Qual é nossa origem? Qual é nosso fim? De onde vem e para onde vai tudo o que existe?

A questão da origem do mundo e do homem é objeto da ciência, que se pergunta de onde veio o universo e se teve uma origem; qual é sua idade e como evoluiu. A ciência também se pergunta como surgiu o homem e em que data.

Outra pergunta se põe: o universo surgiu por acaso ou obra de uma inteligência que está acima dele, de Deus?

Há quem pense que o mundo é Deus ou uma emanação de Deus. E, por isso, Deus não estaria acima do mundo, mas se confundiria com ele.

Há também aqueles que crendo que Deus criou o mundo e está acima dele, no entan-to, julgam que Deus não se interessa pelos homens. Depois de ter criado o mundo, o abando-nou.

Há ainda quem afirme que Deus não existe. E, por isso, o mundo é fruto de uma maté-ria que sempre existiu.

Mas, nossa própria inteligência pode chegar ao conhecimento de Deus Criador por meio de suas obras. Diz o salmista: “Os céus cantam a glória de Deus, o firmamento proclama o obra de suas mãos” (Sl 19,1). E São Paulo reprova os pagãos porque não chegaram ao co-nhecimento de Deus, apesar de ele ter se revelado em sua criação. Pois, “sua realidade invisí-vel – seu eterno poder e divindade – tornou-se inteligível, desde a criação do mundo, através das criaturas, de sorte que não têm desculpa” Ro 1,20).

E Deus revelou progressivamente a Israel o mistério da criação. Revelou-se como aquele a quem pertencem todos os povos da terra, e a terra inteira, o único que “fez o céu e a terra” (Sl 115,15; 124,8; 134,3).

Nas primeiras palavras do Livro do Gênesis, que ouvimos, no início desta catequese, é afirmado que Deus eterno pôs um começo a tudo o que existe fora dele. É ele somente o Cria-dor. E tudo o que existe depende dele.

O Novo Testamento revela que Deus criou tudo por meio do Verbo Eterno, seu Filho: “No princípio era o Verbo… e o Verbo era Deus… Tudo foi feito por ele, e sem ele nada foi feito” (Jo 1,1-3). Como diz São Paulo aos Colossenses: Nele “foram criadas todas as coisas, nos céus e na terra… tudo foi criado por Ele e para Ele. Ele é antes de tudo e tudo nele subsiste” (Cl 1,16-17).

Nossa fé nos ensina que a criação é também obra do Espírito Santo. É ele o Espírito Criador. A criação é obra comum da Santíssima Trindade.

Professamos nossa fé em Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, que criou o mundo, o go-verna e o sustenta.

Dom José Freire Falcão
Cardeal Arcebispo de Brasília

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário