Asteroide "Deus do Caos" Apophis: Possibilidade de Colisão com a Terra em 2068
Ilustração Divulgação: Filme Impacto Profundo

Por News SHD: Seja Hoje Diferente

Alerta da NASA sobre Risco de Colisão e Observação Visível em 2029

O asteroide Apophis, apelidado de "Deus do Caos" na mitologia egípcia, apresenta uma preocupante possibilidade de colidir com a Terra em 2068, alerta a National Aeronautics and Space Administration (NASA). Embora a data de 13 de abril de 2029 seja destacada como o momento em que estará visível a olho nu, a real ameaça de colisão está projetada para 2068.

O estudo realizado pela NASA e pesquisadores da Universidade do Havaí revelou que o asteroide de 340 metros de diâmetro está acelerando devido à "radiação térmica não uniforme". A radiação térmica é a energia irradiada pelo asteroide a partir da luz solar, o que, ao ser liberada como calor, afeta ligeiramente sua órbita.

As observações recentes feitas pelo telescópio Subaru indicam que o Apophis está se afastando de uma órbita puramente gravitacional a uma taxa de cerca de 170 metros por ano, aumentando o risco de colisão em 2068. O termo "Deus do Caos" ganha uma dimensão real, uma vez que, em caso de impacto, estima-se que ele entre na atmosfera com uma energia cinética de 750 megatons.

Comparativamente, a bomba de hidrogênio mais poderosa já detonada, a Bomba do Tzar, tinha uma energia de 57 megatons. Os pesquisadores alertam que a quantidade de destruição resultante do impacto dependerá da localização, mas as consequências serão sentidas globalmente.

Este alerta da NASA destaca a importância contínua da monitorização de asteroides potencialmente perigosos para avaliar e, se possível, mitigar os riscos de colisão futura.

Esforços de Mitigação e Impacto Potencial

Com o Apophis sendo considerado um "Deus do Caos" na mitologia egípcia, a atenção dos cientistas está agora voltada para a avaliação de estratégias de mitigação. A aceleração detectada, resultado da radiação térmica não uniforme, é um fator crucial que aumenta a preocupação quanto à possibilidade de colisão em 2068.

Em 13 de abril de 2029, o asteroide estará tão próximo da Terra que será visível a olho nu, proporcionando uma oportunidade única para observações mais detalhadas e coleta de dados. Essa proximidade permitirá que os cientistas estudem mais a fundo a trajetória e características do Apophis, essenciais para aprimorar as previsões e avaliações de risco.

A comunidade científica está empenhada em desenvolver métodos de deflexão de asteroides, embora até o momento nenhuma técnica específica tenha sido implementada. Estas incluem estratégias que variam desde impacto cinético até a utilização de veículos espaciais para alterar a trajetória do asteroide.

A possibilidade de um asteroide colidir com a Terra traz à tona questões cruciais sobre o desenvolvimento de capacidades tecnológicas para prevenir ou mitigar tais eventos. A conscientização global sobre a necessidade de monitoramento contínuo e aprimoramento dessas capacidades é essencial para a segurança a longo prazo do nosso planeta.

Continuaremos acompanhando as atualizações sobre o Apophis e os esforços científicos em andamento para entender e enfrentar potenciais riscos de colisão.

Fique atualizado com mais notícias internacionais. Acesse nosso canal no WhatsApp para receber informações em tempo real.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Shopee