SOMA (2015) - Uma Jornada pelo Terror Psicológico

No mundo dos jogos de terror, poucos títulos conseguiram provocar o mesmo nível de desconforto e reflexão que "SOMA". Desenvolvido pela Frictional Games, o jogo lançado em 2015 leva os jogadores a uma experiência verdadeiramente perturbadora, combinando elementos de horror psicológico e ficção científica em um cenário futurista.

Uma Jornada pelo Terror Psicológico

Após o sucesso de "Amnesia: The Dark Descent," a Frictional Games decidiu levar o gênero de terror psicológico a um novo patamar com "SOMA". O jogo coloca os jogadores na pele de Simon Jarrett, um homem que acorda 89 anos no futuro após um tratamento experimental. O que Simon encontra é um mundo sombrio e perturbador, uma base submersa repleta de seres bizarros, monstros e ciborgues sinistros.

A ambientação de "SOMA" é uma mistura única de elementos biotecnológicos, que lembram o icônico jogo "Bioshock," com um toque de atmosfera submarina opressiva. No entanto, o que torna "SOMA" verdadeiramente assustador é o seu mergulho profundo em questões morais e éticas.

Questões Morais e Éticas na Natureza Humana

Enquanto os jogadores exploram os corredores escuros da base submersa, eles são confrontados com perguntas profundas sobre a natureza da humanidade e a ética da tecnologia. "SOMA" não é apenas sobre escapar de monstros; é sobre a luta de Simon para entender o que significa ser humano em um mundo onde a linha entre carne e máquina se torna cada vez mais tênue.

O jogo obriga os jogadores a tomar decisões difíceis e confrontar dilemas éticos angustiantes. Será que é aceitável sacrificar a humanidade em nome da sobrevivência? Até que ponto alguém está disposto a ir para evitar a solidão em um mundo apocalíptico? "SOMA" desafia os jogadores a refletirem sobre essas questões, tornando a experiência muito mais do que apenas uma busca por sobrevivência.

A Última Sexta-feira 13 do Ano de 2023

Hoje é a última sexta-feira 13 do ano de 2023, e não há momento melhor para revisitar um dos jogos mais aterrorizantes e filosóficos da última década. "SOMA" continua sendo uma referência no gênero de horror psicológico e um lembrete do poder dos videogames em provocar reflexão.

À medida que os jogadores enfrentam os horrores da base submersa, eles também enfrentam os horrores da própria condição humana. "SOMA" é uma experiência de jogo que vai além do simples entretenimento, desafiando nossas convicções e preconceitos, nos levando a pensar sobre o que nos torna verdadeiramente humanos.


Este jogo, que completou oito anos desde seu lançamento, permanece uma obra-prima do terror psicológico e uma lição sobre a importância de questionar o mundo ao nosso redor. Em uma sexta-feira 13, mergulhar no mundo de "SOMA" é uma maneira apropriada de celebrar o gênero do horror nos videogames.

Este artigo é uma edição exclusiva para o News SHD: Seja Hoje Diferente. Se você deseja compartilhá-lo em seu blog, lembre-se de incluir o News SHD como fonte e fornecer um link para este artigo. Além disso, sua contribuição ou retribuição de 50 centavos nos ajuda a continuar nosso trabalho. É muito importante nos seguir e curtir nossas publicações nas redes sociais.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Shopee