Dia do Empreendedor: 5 alertas para quem quer empreender
Tiago Mavichian, CEO e fundador da Companhia de Estágios

Muitos jovens talentos, ainda nos últimos anos da vida universitária, despertam interesse por empreender e ter um negócio próprio. Mas como sair do campo das ideias e dar início a esse sonho? Para contribuir com essa escolha de jovens talentos e em homenagem ao Dia do Empreendedor, celebrado em 05 de outubro, Tiago Mavichian, CEO e fundador da Companhia de Estágios, empresa líder em recrutamento e seleção de estagiários e trainees, selecionou cinco fatores que devem ser bem pensados  antes de abrir um empresa.

“Eu sempre quis empreender, desde criança. Minhas brincadeiras preferidas eram ligadas a vender ou criar produtos. Inventava um pouco de tudo e saia oferecendo aos vizinhos e amigos. Comecei a carreira como estagiário bancário aos 16 anos, depois estagiei na área de atendimento ao cliente em outra empresa e passei também por uma experiência administrativo-financeira. Essa vivência, aliada à graduação em Administração, foram meus pilares para mergulhar no universo do empreendedorismo”, conta Tiago.

Confira a seguir alguns pontos de atenção para empreendedores de “primeira viagem”:

1 - Ganhe repertório -  Pesquise tudo que puder sobre o segmento de atuação em que gostaria de empreender. Se possível, faça estágios ainda na faculdade para conhecer como o setor funciona na prática, quais são os principais desafios e onde estão as oportunidades. Não tenha receio de pedir conselhos e orientações. Busque mentores, converse com profissionais mais experientes e vá atrás de todo o conhecimento que possa facilitar a sua jornada como empreendedor. “Empreender num setor ou modelo de negócio que você desconhece é muito arriscado. Por isso, estudar todas as possibilidades cuidadosamente sempre é a melhor opção”, observa.

2 - Faça um bom plano de negócio - Os pedidos de falência subiram 44% e de recuperação judicial 37% no primeiro trimestre de 2023, ante o mesmo período de 2022, segundo a Serasa Experian. Vários elementos podem levar uma empresa ao  declínio, porém, desenvolver um plano de negócio considerando médio e longo prazo, que inclua uma reserva financeira que permita investir no crescimento da operação, faz toda a diferença.  Se necessário, procure especialistas que possam te dar esse suporte. Na internet, existem modelos de planos de negócios bem estruturados com os itens fundamentais para quem quer empreender. A ideia  é reunir todos os dados e informações que você for obtendo e, assim, criar um documento que servirá de guia para as tomadas de decisões e ações práticas do negócio.

3 - Avalie a possibilidade de ter sócios ou investidores - Hoje em dia existem diversas alternativas para dar início a uma empresa. Além de instituições como o Sebrae, que oferece programas de formação de empreendedores, os empreendedores podem recorrer a alternativas como o “Smart Money”, que são investidores que, aportam tanto capital como conhecimento e networking em novos negócios. Outra possibilidade é buscar aceleradoras ou grupos de investidores-anjo. “Para empreender, é importante reconhecer que ninguém é bom em tudo. Podemos, por exemplo, ter capacidade de implementar produtos e serviços, mas não ter habilidades comerciais ou de gestão e assim por diante. Nessa fase inicial, contar com a experiência de outros profissionais ou empreendedores pode ser uma boa ideia”, comenta o CEO da Companhia de Estágios. 

4 - Não existe idade certa para empreender, mas é importante ter maturidade profissional - Há empresas de sucesso criadas por pessoas que exploraram o empreendedorismo com pouca idade e outras que nasceram pelas mãos de profissionais que trabalharam por décadas como funcionários. Ou seja, mais relevante do que se preocupar com a idade é se preparar para encarar o desafio. Na dúvida, estude mais o mercado, faça um projeto piloto, teste o conceito, trabalhe no setor e busque formas de ganhar mais maturidade profissional.   

5 - Tenha resiliência e mantenha o pé no chão - “Empreender não é um conto de fadas. Envolve errar e acertar muitas vezes até fazer acontecer. Requer muita dedicação, persistência e inquietude. Sabe aquele ímpeto de acreditar e fazer, mesmo quando tudo parece dar errado? Empreender é isso, é se alimentar do inconformismo, manter o pé no chão e, ao mesmo tempo, orquestrar um time para buscar um propósito”, conclui o especialista. 

SOBRE A COMPANHIA DE ESTÁGIOS

A Companhia de Estágios é uma empresa que oferece soluções em recrutamento e seleção de estagiários, trainees e aprendizes, gestão de contratos de estágio e programa Jovem Aprendiz para as maiores organizações do país. Seguindo sua essência de fomentar a entrada de estudantes no mercado e guiar cada vez mais talentos e empresas para o amanhã, tem mais de 1.8 milhões de candidatos cadastrados em sua base. A Companhia de Estágios usa inteligência artificial, gamificação e processos no metaverso para proporcionar a melhor experiência aos candidatos das mais de 4 mil vagas que gerencia anualmente. A empresa é responsável pela construção de programas de atração de talentos para mais de 300 clientes, no Brasil e América Latina, entre eles Volvo, Clariant, Nissan, Bunge, Livelo, Oxiteno e Alcoa. Atualmente, a Companhia de Estágios é a consultoria de estágios melhor avaliada pelos candidatos no Google e Facebook (4,8/5) e pioneira na certificação do GPTW 2020, 2021, 2022 e 2023.  Recebeu, em 2021 e 2022, o prêmio Fornecedor de Confiança (Melhor RH). 

Mais informações em www.ciadeestagios.com.br.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Shopee