Advogada e especialista em saúde mental fala da importância do trabalho para a proteção do indivíduo e não para seu adoecimento
Foto Reprodução Divulgação

Advogada Adriana Belintani Especialista Revela os Desafios e Soluções

É inegável que o local de trabalho desempenha um papel crucial na vida das pessoas. A busca incessante por metas inatingíveis, pressões constantes for a do horário de expediente e críticas inoportunas podem levar indivíduos a um estado de adoecimento mental. A advogada Adriana Belintani, especialista em saúde mental e com mais de duas décadas de experiência nas áreas trabalhista e previdenciária, destaca a importância de proteger a saúde dos trabalhadores em vez de contribuir para seu adoecimento.

Fatores Desencadeadores do Adoecimento Mental no Trabalho

Adriana Belintani observa que muitas pessoas que já têm predisposição a distúrbios mentais, como depressão, podem encontrar no ambiente de trabalho gatilhos para o desenvolvimento de doenças relacionadas à saúde mental. Ela atende casos de trabalhadores que se deparam com sintomas de ansiedade, síndrome do pânico e depressão como resultado direto de suas experiências no trabalho.

O Papel da Assistência Médica e Jurídica

A advogada aconselha que, em primeiro lugar, os indivíduos busquem ajuda médica, recorrendo a psicólogos ou psiquiatras para auxiliá-los no processo de recuperação. Em termos legais, Belintani atua no âmbito jurídico, buscando proteger os direitos dos trabalhadores que, frequentemente, são forçados a se afastar voluntariamente de seus empregos ou são dispensados de maneira injusta devido a problemas de saúde mental relacionados ao trabalho.

Belintani ressalta que é possível que trabalhadores com saúde mental comprometida acionem seus empregadores em busca de indenizações, mas enfatiza que o ideal é que isso seja evitado. Empresas devem criar ambientes de trabalho saudáveis e acolhedores, onde a prioridade seja proteger a saúde mental de seus funcionários.

Promovendo Saúde Mental no Ambiente de Trabalho

A advogada defende que o trabalho deve ser um fator de proteção e não de adoecimento. É imperativo que as empresas abordem o tema da saúde mental, ofereçam palestras informativas e disponibilizem diretrizes de conduta para garantir o bem-estar psicológico de seus funcionários, ao mesmo tempo em que evitam ações trabalhistas relacionadas a esse problema.

Sobre Adriana Belintani

Adriana Belintani é uma advogada especialista em saúde mental, com mais de duas décadas de atuação nas áreas trabalhista e previdenciária. Com seu escritório sediado em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, Belintani atende clientes em todo o Brasil, focando principalmente em casos de trabalhadores que desenvolveram problemas de saúde mental relacionados ao trabalho, sofreram acidentes no ambiente de trabalho ou contraíram doenças ocupacionais. Além de sua atuação jurídica, a profissional se dedica à divulgação e esclarecimento dos fatores que levam as pessoas a adoecerem no ambiente de trabalho.


Incentivamos nossos leitores a compartilhar este artigo nas redes sociais e a explorar mais conteúdos em nosso site antes de sair.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Shopee