A gestão de metodologias ágeis impacta o empreendedorismo

É grande o movimento no mercado brasileiro sobre as metodologias ágeis como impulsionadoras de recursos e gestão eficaz e inteligente dos negócios. O método surgiu em 2001, em Utah, nos Estados Unidos, e teve até manifesto com 12 princípios, com destaque à necessidade de se adaptar às mudanças, ter mais interação entre os indivíduos e ouvir mais o cliente no desenvolvimento de um projeto.

Os usos, resultados e recursos possíveis por meio das tecnologias ágeis são o que despertam o brilho dos olhos dos empreendedores, especialmente por dois motivos, segundo Osnir Alves, Scrum Master da Gateware: a redução de custos e o estímulo novo em um ambiente corporativo mais colaborativo. Uma das metodologias ágeis mais usadas é o Scrum, utilizado por 66% das empresas que incorporam a gestão ágil em suas atividades, segundo o 15th Annual State Of Agile Report. O Scrum tem como característica a divisão do projeto em etapas, conhecidas como sprints.

As metodologias ágeis são adaptadas a cada empresa de forma exclusiva, tornando eficazes todas as entregas com foco nos resultados específicos. “Hoje a tendência é que toda empresa que queira crescer deva contar com uma metodologia ágil, e ter clareza sobre a definição do escopo, objetivos e necessidades da organização são passos fundamentais”, argumenta o especialista.

Assertividade e competitividade são atributos visados pelas metodologias ágeis. O mercado está em uma evolução construtiva, na qual quem adere à melhor metodologia sai na frente. “Por isso costumamos dizer que as metodologias ágeis são diferenciais de mercado, trazendo retorno a quem as usa, principalmente, na efetividade e velocidade”, aponta Osnir.

Mudança de cultura é um dos efeitos das metodologias ágeis

A empresa, ao evoluir com a metodologia, tem suas estruturas sacudidas no bom sentido, promovendo uma mudança cultural interna com reflexos externos qualitativos, impactando a cultura e as pessoas envolvidas.

A metodologia ágil é um modelo e uma filosofia que propõe alternativas à gestão de projetos tradicional e tem a função de aprimorar o processo de desenvolvimento de um produto ou serviço.

“O principal, na mudança cultural, é o impacto. Numa das organizações em que estamos atuando, estamos mexendo com processos, pessoas e recursos financeiros”, conta.

 

Principal benefício para o empreendedor está na redução de custos

A redução de custos é um fator relevante para as empresas e ela parte do escopo do projeto, reduzindo o tempo ao implementá-lo. “Um projeto que durava entre um e dois anos, consegue agora entregar resultados em um menor tempo possível, obtendo visibilidade em um curto prazo. O retorno financeiro sai conforme o planejado dentro da sua regra de negócio”, explica Osnir.

A metodologia, portanto, torna os sistemas mais rápidos, eficazes, com melhores profissionais, realizando entregas fidedignas ao escopo acordado. “O segredo está justamente na aproximação da equipe, com o Scrum Master, por exemplo, que tem a missão de envolver todo o time. Nesse ambiente, o diálogo é constante”, conta o especialista, ressaltando o papel de um Scrum Master (líder do projeto) bem preparado na liderança das entregas e dos seus multiplicadores, fazendo com que toda a diretoria stakeholder de uma empresa acompanhe os objetivos do negócio.

“Através da Metodologia aplicada, os stakeholders conseguem ser mais assertivos com as tomadas de decisão no mundo corporativo, impulsionando e revolucionando o seu próprio negócio, além de multiplicar resultados e gerenciar com precisão os riscos. É uma nova dimensão de visão para o empreendedor”, destaca.

Por essas razões, as metodologias ágeis são fundamentais para as estratégias de negócio de quem quer sair na frente em um mercado empreendedor competitivo. “Minha dica final para quem quer implementar a metodologia na empresa é olhar para as pessoas que a integram e contar com um bom profissional. E como ele se define? Ser um bom comunicador, ter persuasão sobre o gerenciamento e habilidades comportamentais, reagir com praticidade diante das entregas e ter um forte alinhamento com todos”, resume.

Sobre a Gateware – Focada em tecnologia e inovação, a Gateware foi fundada em 2000. Com matriz localizada em Curitiba, no Paraná, também possui unidades em São Paulo, Rio de Janeiro, Argentina e EUA. Atualmente conta com mais de 170 funcionários e atua em quatro suítes: GW Value Strategy (PMO Gestão de ProjetosGMO Gestão de Mudanças e Business Agility), GW Outsourcing (Alocação e Hunting de Profissionais de TI), GW Solution (Aplicativo LivID que realiza Prova de Vida e Recadastramento Digital por meio do reconhecimento facial e inteligência artificial, e a Consulta de Óbito em todo território nacional) e GW Labs (Fábrica de Softwares Multiplataforma).

Postagem Anterior Próxima Postagem
Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!


Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!

Compartilhe nas redes sociais: Apoie ou retribua.

Todos os nossos artigos são exclusivos. A reprodução total ou parcial é proibida.

Apoie ou retribua.