Objetivos realistas, planejamento, reflexão e análises são apenas alguns dos passos para atingir os propósitos e não se frustrar

O ano de 2023 está cada vez mais próximo e isso faz com que muitas pessoas comecem a estabelecer metas para esse novo ciclo que se inicia logo no dia 1º de janeiro. No entanto, é importante manter os pés no chão e principalmente estipular objetivos que sejam realistas. 

De acordo com Brunna Duartehead de Marketing e uma das fundadoras do DIG Club (Do It Girls Club), comunidade que tem o propósito de incentivar o networking e entregar conteúdo de qualidade voltado para empreendedoras e executivas, criar uma rotina é crucial para a definição dessas metas. “Escolha hábitos específicos para começar o seu dia, alimentando aquilo que você deseja se tornar. Observe se os seus atos, logo ao iniciar as atividades diárias, contribuem para a realização dos seus sonhos e desejos”, destaca.

É importante notar se as pessoas que estão ao redor oferecem algum tipo de inspiração. “Caso não, é preciso escolher uma estratégia para contornar essa situação. Invista em novas relações e aposte no networking. Conecte-se com um ambiente que possa lhe acolher e ajudar nessa nova missão”, aconselha Brunna.

Fazer uma autoanálise diária é fundamental para manter-se focado nos objetivos. “Ao fim de cada dia, verifique se realmente fez o que deveria para que as metas fossem atingidas, se não deixou de realizar alguma tarefa e até mesmo ponderar caso tenha estipulado algo muito ousado. Além disso, analise se está, de fato, comprometido com a evolução e crescimento. Seguindo esses princípios durante, pelo menos, 21 dias, será mais fácil perceber o que traz um resultado positivo”, pontua a head de Marketing.

Para Natália Archanjo, advogada e head comercial da comunidade, é normal que alguns objetivos não se concretizem, mas isso não deve ser motivo de desânimo. “É importante se empenhar para realizar o máximo de metas previstas para esse novo ano, afinal, estamos constantemente em busca de evolução. As metas são necessárias para nos motivar e ajudar a conquistar um próximo nível”, destaca.

A reflexão e o planejamento são os melhores caminhos para mitigar as chances de não realização desses objetivos. “O ideal é começar o ano desenhando quais são os passos para colocar essas resoluções em prática. Muitas vezes existem percalços, coisas fora do nosso domínio, que interferem no processo. Nesse caso, é preciso analisar e em seguida superá-los. Deve-se traçar novas rotas para que os planos saiam como programado. Quando falhamos ao tentar alcançar um objetivo, é muito comum tentar encontrar uma pessoa para responsabilizar. Ao invés disto, tente refletir sobre quais erros levaram ao não atingimento da sua meta e quais são os procedimentos para que você chegue aonde deseja”, revela a head comercial da comunidade do DIG Club.

Adriana Tavareshead de Finanças e Gestão do DIG Club, afirma que a palavra para quem busca a realização de metas é prioridade. “Pense em quais são os pontos que já foram aprimorados, quais as lições que esse ano lhe trouxe e como esses ensinamentos podem ajudar no futuro. É possível que algo já tenha sido colocado em prática e inclusive alguns deles já evoluíram de alguma forma. Leve esses planos como prioridade e foque em coisas que são possíveis de concluir, do contrário serão apenas frustrações”, alerta. 

Para a gestora, é essencial entender a importância de alcançar objetivos. “É isso o que nos eleva ao próximo passo. Esquecer ou deixar para lá seria apenas outra razão para ficar desmotivado, por isso o ideal é ser realista com as metas estabelecidas e procurar meios para atingi-las”, finaliza. 

Para ajudar empreendedoras e executivas a cumprirem as metas para 2023, as fundadoras do DIG Club separaram sete dicas valiosas:

  1. Estipule metas realistas
  2. Conecte-se com pessoas que podem ajudar nessa missão 
  3. Comece o ano desenhando quais os passos necessários para alcançar o que deseja
  4. Faça uma autoanálise diária
  5. Não desanime se alguma meta do ano passado não se concretizar. Recalcule a rota, refaça os planos e veja o que pode ser melhorado
  6. Pense em quais são os pontos que já foram aprimorados, quais as lições que esse ano lhe trouxe e como esses ensinamentos podem ajudar no futuro.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com