Investir em um novo negócio pode ser algo desafiador, mas sem dúvidas te dá mais autonomia e permite que você concretize seus sonhos.

Se você sempre pensou em ser seu próprio chefe e pretende seguir o caminho do empreendedorismo, é importante obter o máximo de informação possível.

Antes de tudo é preciso que você acredite no seu negócio, seja para ter uma frota de guarda móveis ou vender roupas de brechó, pois só assim você vai conseguir passar por todas as etapas da melhor forma sem desistir.

Ter confiança e segurança sobre o seu negócio te ajuda a passar isso para o cliente e faz total diferença na hora da compra.

Pense que a crise econômica não deve ser um empecilho na sua escolha em empreender, muito pelo contrário ela deve ser o estímulo que estava faltando, para você conseguir usar toda a criatividade e força de vontade que precisava para buscar soluções inovadoras.

Além disso, são exatamente nessas situações que o empreendedorismo nasce, pois existem diversos setores esperando por pessoas capazes e eficientes para entregar um produto ou serviço de qualidade para todos.

Pense que todo negócio de sucesso já foi uma ideia inovadora pensada por alguém que era taxado como um sonhador, por isso antes de registrar marca do seu negócio, confira um pouco mais do empreendedorismo e como você pode começar a sua empresa.

Como começar um negócio?

Segundo o Sebrae, o Brasil tem registrado um aumento no que diz respeito à abertura de pequenos negócios, só em 2021 foram registrados mais de 3,9 milhões de empreendimentos, um aumento de 19,8% em relação a 2020.

De todo o total de Cadastros Nacionais de Pessoas Jurídicas que foram criadas no ano passado, 3,1 milhões optaram por ser Microempreendedor Individual, o famoso MEI, esse número corresponde a 80% dos negócios abertos.

Essa forma de negócio tem sido a principal escolha dos brasileiros, pois tem um processo burocrático bem simples para a abertura, e conta com um baixo custo de carga tributária, é voltado para negócios mais simples como uma empresa de ripas de madeira, por exemplo.

Mas é importante lembrar que, como regra geral, só podem ser MEI empresas que possuem um faturamento anual de no máximo R$ 81 mil.

Em segundo lugar desse ranking aparece a abertura de novos negócios de microempresas, com a criação de 682,7 mil unidades, que corresponde a 17,38% das empresas abertas em 2021.

As microempresas são enquadradas no modelo de negócio com faturamento anual de até R$ 360 mil ou que emprega até 9 pessoas no comércio e serviços, ou 19 funcionários na indústria.

Sendo assim, se você possui uma empresa de instalação de câmeras de segurança preço e seu faturamento passar R$ 360 Mil, você já não é mais considerado uma microempresa.

Já as empresas de pequeno porte correspondem a 121,9 mil unidades abertas no ano passado, esses negócios têm um faturamento anual de até R$4,8 milhões por ano ou empregam de 10 a 49 pessoas no comércio e serviços ou de 20 a 99 na indústria.

É importante estar atento a essas especificações antes de começar o seu negócio para que não sofra com problemas futuros. Esse crescimento segundo o Sebrae se deve a consolidação do MEI e a melhoria do ambiente de negócios no Brasil.

Bom, com esses números apresentados você conseguiu perceber como tem crescido o número de pequenas empresas no país, e que apesar de ser um ano pós-pandêmico, o mercado tem se mantido otimista.

Por mais que muitas pessoas tenham começado seus negócios após terem perdido seu emprego é importante ressaltar o quanto esses empreendedores conseguiram se manter no mercado e com isso ajudar a economia.

Por isso, se você deseja abrir o seu negócio, esse era o empurrãozinho que estava faltando, mas antes de tudo é importante que você faça uma série de cursos.

Por exemplo, se você deseja abrir uma empresa de avaliação judicial de imóvel, estude:

  • O mercado;

  • Os concorrentes;

  • Faça cursos de empreendedorismo;

  • Faça consultoria;

  • Participe de workshops e eventos relacionados ao seu nicho.

Só assim você vai conseguir adquirir o conhecimento necessário para começar o seu negócio do zero, lembre-se que não é algo que deve ser feito de forma impulsiva, pois existe muita coisa em jogo, leve o tempo necessário para fazer tudo com segurança.

Áreas para começar um negócio

Para começar um negócio não é necessário apenas paixão pelo produto ou serviço, claro que isso conta muito, mas se você nunca pensou em nada em especial para empreender, pode começar a estudar o mercado e vê a melhor forma de empreendimento.

Para ser um empreendedor só é necessário que se estude e conheça profundamente o mercado ao qual está inserido, acreditar no potencial do seu produto ou serviço e trabalhar arduamente para conseguir alcançar seus objetivos.

Um ponto positivo de não seguir um empreendimento que sempre esteve apaixonado, é que com isso se abre um leque enorme de possibilidades, podendo agarrar diversas oportunidades que não são muito exploradas.

Busque encontrar oportunidades de negócios, até mesmo uma empresa de conserto de compressor de ar é capaz de trazer ótimos resultados e oportunidades, pois se trata de um serviço essencial.

Pense que algumas áreas só estão esperando a pessoa certa para acreditar e investir nelas, por isso estude muito bem o mercado e escolha aquilo que mais deseja empreender levando em conta os clientes e as ideias inovadoras.

Caso esteja atrás de ideias, separamos algumas áreas que podem te ajudar a pensar fora da caixinha e conseguir empreender em um mercado que gera lucros.

1 - Alimentação

Essa sem dúvidas é a número um, até em momentos de crise as pessoas precisam se alimentar certo? Então esse é um empreendimento que sempre estará em alta, ainda mais nos dias atuais onde as pessoas têm cada vez menos tempo para preparar suas refeições.

Sem contar que esse segmento tem inúmeras possibilidades, você pode procurar onde comprar sorvete para revender e conseguir lucrar nos dias quentes ou fazer algo mais íntimo, como a produção de marmitas para ajudar aquelas pessoas que não cozinham.

2 - Tecnologia

Levando em conta que o mundo está cada vez mais conectado, hoje em dia é difícil encontrar alguém que não tenha um smartphone, sem contar que muitas pessoas trabalham de forma remota usando seus próprios computadores.

Sendo assim, uma ideia inovadora de aplicativo, e-commerce ou software pode ser muito vantajosa. Portanto, se você já tem aptidão para a tecnologia, ou pensou em algo revolucionário invista nesta opção.

Afinal a tecnologia é um negócio do futuro e quem tem crescido a cada ano, saiba aproveitar as oportunidades.

3 - Consertos

Esse segmento é bem propício principalmente para um momento de crise, pois com menos dinheiro, as pessoas não podem mais trocar suas coisas quando quebram ou estragam, por isso recorrem ao serviço de conserto.

Isso pode ser uma roupa, eletrodoméstico, eletrônicos e até mesmo painel de comando industrial, com isso os serviços de reparo crescem, pois todos precisam continuar com seus produtos, sem contar que é uma ótima opção para gerar menos lixo no planeta.

Inclusive essa pode ser uma das iniciativas do seu negócio, mostrar para o seu cliente o quanto é melhor consertar do que jogar fora, com isso o bolso dos consumidores e o planeta agradassem.

4 - Beleza

O mercado de beleza costuma não sofrer tanto assim com as crises, principalmente no que diz respeito ao universo feminino, além disso, a venda de cosméticos é um ambiente bem propício para o crescimento.

Aliás, você pode alinhar as duas coisas no mesmo espaço, ter um salão de beleza ou centro estético e vender cosméticos para suas clientes, afinal ela já vai estar em um ambiente de beleza, mas fácil ser convencida a levar os produtos.

Além dos salões, podemos ver um crescente número de barbearias espalhados pelas cidades, coisa que não era muito comum há alguns anos, esse é um ambiente bem fértil e uma boa ideia de negócio.

5 - Saúde

Não é de hoje que as pessoas buscam por uma vida mais equilibrada e saudável, essa preocupação está presente tanto nos homens como nas mulheres e vem crescendo no setor de alimentação.

Mas além do segmento de alimentação a vida saudável pode ser explorada em outros segmentos, como aplicativos de exercícios ou contagens de calorias, sem contar os personais ou até mesmo as academias.

No setor de alimentação podem ser criadas marmitas com opções saudáveis, saladas, refeições com opções proteicas, sem glúten, enfim inúmeras possibilidades para serem exploradas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Shopee Brasil:
Ofertas incríveis - Melhores preços do Mercado.
Confira as ofertas especiais na Shopee aos visitantes do SHD.
Aproveite agora mesmo! De uma olhada clicando aqui.

Café de Apoio ao Blog SHD: 
Precisamos de sua ajuda para manter esse blog vivo.
De pouco em pouco chegamos ao muito!
Nos ajude com um café através do pix 11 98363-7919
Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com