12.7.22

Taxa SELIC: Como o aumento dos juros básicos influenciam no dia a dia do cidadão


Se tem uma coisa que as pessoas constantemente estão comentando e sobre a taxa SELIC e como ela pode impactar o público geral e até mesmo investidores iniciantes, abrangendo também pessoas que conhecem bastante sobre o mercado de investimentos.

Mas existem muitas pessoas que nem ouviram falar sobre essa tal taxa e, mesmo as que já ouviram, existe a possibilidade de nunca terem se interessado ou simplesmente não saber sobre o assunto, motivo pelo qual esse texto está sendo escrito.

Com isso em mente, o texto de hoje irá abordar a Taxa SELIC e como ela pode entrar em alta e ajudar o cidadão comum, explorando o seu conceito e o básico sobre como os juros funcionam e algumas dicas de aplicação.

Desde o cidadão que trabalha com contabilidade especializada em TI até o que trabalha em uma padaria, a taxa SELIC é um assunto que parece complicado e muitos não sabem como funciona na prática, mas é bastante tranquilo de entender.

Também existe o grupo de pessoas que tem interesse em investimentos e sobre os conceitos que envolvem esse mercado mas não conseguiram entender exatamente como funciona ou simplesmente não encontraram um material que sane as suas dúvidas.

Independentemente disso, mesmo uma pessoa que trabalha com outorga e licenciamento ambiental sabe que a taxa SELIC já movimentou bastante o mercado e, mesmo que agora menos pessoas se interessem por ela, isso não significa que se tornou menos importante.

Outro detalhe que precisa ser mencionado é que são diversos os fatores que podem ou não moldar e direcionar a tomada de decisões de um investidor e a SELIC é mais uma dessas variáveis que é preciso acompanhar para garantir a segurança e saúde do seu dinheiro.

Portanto, para melhor compreender sobre ela, os tópicos a seguir irão abordar os seus conceitos, definições e como pode impactar o mercado em si, mostrando como mesmo prestadores de serviços para desconto de títulos factoring podem se beneficiar. Confira.

O conceito da SELIC

De forma simples e bastante direta, conhecemos como SELIC a taxa utilizada pelo Banco Central como instrumento monetário para controlar a inflação. Ela influencia de maneira direta e indireta todos os investimentos e outras taxas de juros do país.

Isso significa que desde investimentos e aplicações, até mesmo sua compra no exterior é de alguma maneira influenciada, mesmo que pouco, pela SELIC e o seu nome se refere diretamente a Sistema Especial de Liquidação e Custódia.

Assim como existem termos em consultoria tributaria contábil, quando falamos da área de juros, é bastante comum ouvir que a taxa está em alta, podendo então ajudar na tomada de decisões de um investidor se é o momento de investir, retirar ou simplesmente não alterar.

O Comitê de Política Monetária, também conhecido como COPOM, a cada 45 dias avalia o atual cenário econômico do país, decidindo se a taxa continua a mesma, se sobe de valor ou se diminui. Quanto mais alta a inflação da nação, maior será a taxa SELIC.

Portanto, mesmo que utilize seu dinheiro para quitar dívidas e investir em sua empresa de declaração de importação, a SELIC sempre estará variando e, independentemente se está alta ou baixa, sempre existe vantagem em conhecer sobre o assunto, como:

  • Entender o melhor momento para investimentos;
  • Acompanhar a variação para fazer empréstimos;
  • Saber o quanto a variação impactará seu investimento;
  • Saber o momento de tirar ou não mexer no dinheiro.

Em outras palavras, quanto mais entender sobre a SELIC e a sua alta, mais seguro e melhor investido o seu dinheiro estará, e mais seguro você ficará para saber o quanto ela pode ou não impactar o seu dia a dia.

Lembre-se que tudo isso está diretamente ligado à inflação e, consequentemente, afeta até mesmo o preço dos serviços de despachante aduaneiro comércio exterior que você contrata, por exemplo.

Pensando nisso, hoje iremos falar justamente sobre essas questões, fazendo com que você entenda sobre a SELIC, e fazendo com que você tenha o conhecimento sobre como ela impacta o cotidiano do cidadão.

Como a SELIC impacta o cotidiano do cidadão?

Agora que já entendemos melhor o que é a Taxa SELIC e como ela funciona, além de alguns benefícios em conhecer o máximo possível sobre o assunto, chegou o momento de melhor entender como ela pode impactar o dia a dia do cidadão comum.

Sendo assim, os tópicos a seguir irão reunir algumas informações sobre o tema de hoje. Sem mais delongas, confira:

01 - Empréstimos para projetos

Independentemente se o empréstimo é para fazer a viagem dos seus sonhos ou para abrir uma empresa como uma consultoria tributária, quando a SELIC está em baixa é uma excelente maneira de não só conseguir o empréstimo, mas para evitar juros altos.

Em tempos onde a SELIC está alta, os créditos e juros são mais altos e isso faz com que as pessoas evitem gastar dinheiro com investimentos e se atenham a pagar suas contas e viverem suas vidas normalmente, o que é indicado até certo ponto.

Portanto, caso opte por financiamentos, você estará pagando mais caro pelo serviço e isso pode prejudicar você. Pense nesses períodos em momentos ideais para juntar dinheiro e investir quando a SELIC baixar, momento esse que normalmente diminui a inflação.

A inflação afeta praticamente tudo que compramos, desde objetos mais comuns até mesmo comida no mercado e provisões, fazendo com que o valor seja mais caro, o que afeta diretamente o salário ao longo do mês e como gastamos ele.

Em outras palavras, assim como uma gestão de patrimonio familiar, o crédito e o financiamento mais caro afetam o quê, como e onde irá comprar, e como será a logística da sua casa ao longo do tempo que ficará pagando o que comprou.

02 - Existe a possibilidade do Dólar cair

Muitas pessoas têm essa pergunta e mesmo que de forma indireta o dólar pode diminuir dependendo de como estiver a taxa SELIC. E, consequentemente, isso significa que o cidadão comum pode pagar mais barato em diversos produtos.

Pensemos que quando a taxa SELIC está com um valor alto, isso tende a atrair um número maior de investimentos para o nosso país, fazendo com que tais investimentos façam com que o real seja mais valorizado e o dólar caia.

Quando o dólar está mais baixo, é necessário lembrar que não apenas os produtos que importamos dos países diminuem o seu preço, mas também diversos produtos nacionais que, consequentemente, são importados pelos vendedores e suas lojas.

03 - Você pode investir na SELIC

Como dito algumas vezes ao longo do texto, a SELIC é uma taxa que acaba influenciando praticamente tudo em nosso país e, mesmo que você não possa investir diretamente nela, é possível através de alguns títulos indexados a mesma começar o seu investimento.

A alguns anos atrás, se tornou bastante comum que as pessoas investissem no tesouro nacional e, através da SELIC, deixavam seu dinheiro lá ao invés de poupanças, rendendo conforme o tempo passava através de taxas baixas. Melhor do que deixar o capital parado.

Mas caso essa ainda não seja a sua vontade, é possível investir em outros tipos de títulos privados como LCIs, LCAs, CDBs, sem mencionar os prováveis CDI que são bastante semelhantes à taxa SELIC.

Claro que nesse caso em especial, é preciso estudar e entender a probabilidade de variação, se pode retirar o dinheiro antes, o quanto você perde com isso.

Mas isso pode afetar diretamente o cidadão comum, afinal, quando o mesmo aprende a investir, uma horizontes de novas possibilidades se abrem para ele.

Considerações Finais

O texto de hoje contextualizou o que é a taxa SELIC e como o aumento dela pode influenciar diretamente o cidadão brasileiro de todas as maneiras possíveis, explorando o seu conceito, as possibilidades e também as vantagens de aprender sobre o investimento.

Claro que tudo isso que foi mencionado ao longo do texto dependerá bastante de como cada pessoa investirá e procurará entender sobre os juros, mas tenha em mente que a inflação é sua principal inimiga e deve estar atento às suas variações.

Procure então não apenas entender como ela funciona mas também a, caso se sinta confortável, começar a investir de maneira tímida até entender como funciona exatamente e ter total segurança sobre a taxa e todas as suas funcionalidades.

Esperamos que o texto de hoje tenha sido bastante informativo. Utilize-o como orientação para aprender ainda mais sobre a taxa e como você pode se beneficiar dela nos períodos corretos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

GeraLinks - Agregador de links