24.11.21

Crochê: 10 dicas para iniciantes começarem essa técnica

O crochê existe há séculos e ainda é um dos artesanatos de fios mais populares da atualidade. É um método de criar um tecido com laçadas de fios com uma agulha de crochê.

Não é difícil aprender a fazer crochê, mas pode ser um pouco complicado no início. Como aprender qualquer nova habilidade, dominar essa técnica exigirá um pouco de perseverança e paciência.

O objetivo do crochê é usar uma técnica manual e artesanal para produção de algum tipo de produto, seja ele roupa, toalha ou até mesmo revestimento para potes de cozinha. Ou seja, é a chave de partida para confecção de peças artesanais.

Para aprender essa técnica, você deve começar com os processos fundamentais e alguns pontos básicos. Então, depois de dominá-los, você pode passar para as técnicas intermediárias e avançadas.

Sendo assim, separamos hoje 10 dicas incríveis para iniciantes na técnica do crochê e quais os benefícios para a saúde. Não perca.

  1.  Transforme meadas e novelos de lã antes de começar a fazer crochê

Se você está impaciente para começar seu projeto, pode ficar tentado a arrancar a etiqueta da sua meada e começar a trabalhar. 

Tecnicamente, você pode fazer o crochê com meadas de lã, mas, em muitos casos, pode obter melhores resultados se antes dedicar algum tempo para enrolar as meadas em um novelo de lã. Isso é especialmente verdadeiro para iniciantes.

As bolas de lã têm algumas vantagens sobre as meadas. Enquanto as meadas puxadas ao centro podem emaranhar-se facilmente no final, os novelos de lã têm menos probabilidade de emaranhar.

Você pode colocar o novelo em uma sacola, para funcionar como uma estaca raiz e evitar que desenrole ao longo da sala. 

  1.  Remova os obstáculos antes de fazer crochê

Antes de começar, remova obstáculos. Se o seu cabelo for comprido o suficiente para atrapalhar, certifique-se de pentear e amarrar para trás antes de começar o crochê, o que vai evitar problemas durante a ação.

Além disso, você pode querer remover suas joias, especialmente anéis e pulseiras, antes de fazer o crochê. O fio pode prender-se às joias e prejudicar o seu progresso. Retire também suas mascaras de tecido se estiver em casa para a respiração ficar melhor.

Uma outra dica é que durante o crochê, o ideal é deixar os gatos fora do espaço, afinal, eles são amantes de bolas de lã em movimento. Um gato também pode arruinar um projeto de crochê sem muito esforço.

  1.  Posicione o fio corretamente

Posicione o novelo de forma que ele possa se desenrolar facilmente enquanto você faz o crochê - algumas opções são mantê-lo no colo ou no chão, próximo aos seus pés, tudo dependerá da sua preferência.

Se você estiver fazendo crochê em um avião ou veículo em movimento, coloque o novelo de lã dentro de uma sacola para evitar que role e se desenrole. Você pode aproveitar uma sacola que ganhou anteriormente de alguma empresa de brinde, por exemplo.

  1.  Trocar ganchos de crochê quando necessário

Os iniciantes tendem a trabalhar com muita força ou muito folga. Se o seu trabalho for muito apertado, escolha uma agulha maior. Contudo, se o seu trabalho for muito solto, escolha uma agulha de crochê menor.

Lembre-se de que o tamanho da agulha indicada na etiqueta do fio não é mais do que uma sugestão de ponto de partida.

Faça seus experimentos com os ganchos antes de iniciar um projeto. O momento ideal para fazer isso é quando você está fazendo suas amostras de medidores.

  1.  Evite trocar os ganchos no meio de um projeto

Se você deseja que seus pontos sejam consistentes ao longo de todo o projeto, evite a troca de gancho, pois corre o risco de criar inconsistência. Até mesmo mudanças no mesmo tamanho do gancho de um fabricante para o de outro podem ser problemáticas.

O tamanho do gancho nem sempre é consistente entre os fabricantes, assim como as mascara de algodão lavável. Ligeiras diferenças no formato da agulha podem alterar a maneira como você segura a agulha ou a forma dos seus pontos.

  1.  Experimente ganchos ergonômicos e deixe frouxos os pontos

Os ganchos de crochê ergonômicos são projetados para serem confortáveis. Se você puder encontrar um gancho ergonômico de que goste, ele pode tornar o tempo que você passa fazendo crochê mais agradável do que seria de outra forma.

É totalmente natural ficar tenso quando você está aprendendo algo novo. Quanto mais complicado for o ponto que você aprende, mais apertado você tenderá a segurar a agulha. 

Lute contra esse desejo, respire fundo e mantenha os pontos relaxados e soltos. Quanto mais soltos os pontos, mais facilmente você poderá inserir a agulha, mais fácil será o processo.

  1. Reserve um tempo para fazer amostras de medidores

Você pode ficar tentado a pensar que as amostras de medidores de crochê são uma perda de tempo. É a parte mais crítica do projeto, principalmente se o seu projeto for uma peça de roupa. 

Inclusive, caso você pule a amostra do medidor, existe a chance de o seu projeto terminar com o tamanho errado. Leia o padrão que deseja fazer de antemão. 

Se você vir uma lista de pontos que você não experimentou antes, pratique alguns deles antes de iniciar seu projeto. 

Os medidores funcionam como leitos para cabos, ou seja, vão te ajudar a organizar o material e a largura dos seus pontos.

  1.  Não tenha medo de desvendar ou desfazer

Erros acontecem. Mesmo os mais talentosos e detalhistas cometem erros em seu trabalho. Ninguém tem um primeiro projeto perfeito (ou os 10 primeiros projetos). Não se culpe pelos erros. 

Tenha orgulho de aprender algo novo e saiba que você vai melhorar com o tempo. Se você notar que cometeu um erro algumas fileiras atrás, arranque os pontos até aquele ponto e tente novamente.

  1.  Não tenha medo de experimentar

Não existe uma “polícia de crochê” e nada de trágico acontecerá com você se um experimento falhar. Prática e experimentação são duas das melhores maneiras de sair do status de iniciante. É o que a criança faz: cola de bloco e papel para experimentar e criar.

Considere alguns experimentos simples como substituir as cores em um padrão, escolher fios diferentes e adicionar ou subtrair detalhes. Se um padrão pede uma franja que você não gosta, substitua por uma borda, adicione uma flor a um chapéu simples.

À medida que você aprende mais, não tenha medo de tentar experimentos mais complexos. Adicione listras a um padrão simples, varie os pontos que você usa e improvise as personalizações, como mangas compridas em vez de mangas curtas, por exemplo.

  1. Faça amizade com outras pessoas que fazem crochê

Agora, você provavelmente já percebeu que existem muitas abordagens possíveis para o crochê, e todas elas são válidas. Todos os praticantes de longa data têm experiências e conhecimentos únicos para compartilhar.

Junte-se a um grupo local de crochê ou encontre um fórum onde você pode continuar a aprender com esses especialistas experientes. Mesmo se você faz crochê há anos, pode aprender algo novo.

Além disso, pode ser interessante pesquisar sobre “cordão de cracha personalizado preço” a fim de identificar cada pessoa durante as reuniões e tornar a interação mais fácil.

Benefícios do crochê

O crochê não é apenas uma prática qualquer ou um hobby. Ele pode trazer muitos benefícios como:

  • Redução do risco de Alzheimer;
  • Diminuição do estresse e da ansiedade;
  • Ajuda no combate da insônia;
  • Auxílio na respiração consciente;
  • Aumento da produtividade;
  • Aumento do senso de comunidade.

Acompanhe abaixo cada um desses benefícios em maiores detalhes.

Redução do risco de Alzheimer

Fazer crochê e tricô podem ser relaxantes, mas essas atividades também são exercícios cognitivos. Pode reduzir o risco de Alzheimer em 30 a 50 por cento. Além disso, aprender a técnica do ponto pode diminuir ou até mesmo prevenir a perda de memória.

Diminuição do estresse e da ansiedade

Seus designs podem criar algo simples com movimentos repetitivos ou designs intrincados e ousados. Por isso, fazer crochê permite que você se concentre em movimentos repetitivos e pode manter sua mente longe de ideias ansiosas.

Ajudam a combater a insônia

Fazer crochê pode ser tão calmante que você adormece. Portanto, se você tiver problemas para dormir, pode fazer crochê até se cansar.

Auxílio na respiração consciente

O crochê pode deixá-lo atento à sua respiração. Durante um projeto, algumas pessoas praticam exercícios respiratórios.

Aumentam a produtividade

Fazer um projeto de crochê pode fazer você se sentir produtivo. Quer você seja um iniciante ou um especialista, você sente uma sensação de realização depois de terminá-lo.

Desenvolvem um senso de comunidade

Existem muitas comunidades para crochê. Você pode fazer crochê com um amigo próximo a você ou se comunicar em grupos de mídia social sobre seus projetos. Isso pode dar a você uma sensação de união por meio dos amigos que você pode fazer.

Agora que você tem essas dicas, que tal começar hoje mesmo essa nova atividade? Compre os instrumentos e desfrute dos benefícios.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

GeraLinks - Agregador de links