Uma semana de guerra em Gaza deixa cerca de um milhão de deslocados
Imagem Reprodução Divulgação

A escalada do conflito entre Israel e o grupo terrorista Hamas entra na segunda semana, deixando rastro de devastação na Faixa de Gaza e uma população deslocada que ultrapassa um milhão de pessoas. O saldo trágico de vidas perdidas supera 3.700.

Deslocamento em Massa em Gaza

Desde o início deste conflito, aproximadamente um milhão de residentes da Faixa de Gaza se viram forçados a abandonar seus lares. A situação é alarmante, e a diretora de comunicações da Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA), Juliette Touma, alerta que "um milhão de pessoas tiveram que se deslocar durante os primeiros sete dias da guerra". Infelizmente, esse número tende a aumentar, já que o êxodo de civis ainda continua.

Apelos de Israel para a Evacuação

O governo de Israel fez apelos desesperados aos habitantes do norte da Faixa de Gaza, onde reside uma parcela significativa da população, estimada em 1,1 milhão de pessoas, de um total de 2,4 milhões. Eles foram aconselhados a buscar refúgio no sul da região, em preparação para uma possível ofensiva terrestre destinada a neutralizar o centro de operações do movimento islâmico, o Hamas.

O Terrível Custo Humano

Os números de vítimas nesse conflito são estarrecedores. Mais de 2.300 pessoas perderam a vida em Gaza devido aos bombardeios israelenses, sendo que mais de 700 delas eram crianças, de acordo com as autoridades locais. Em contrapartida, o ataque do Hamas em solo israelense resultou na morte de mais de 1.300 pessoas e no sequestro de 126, segundo os últimos dados divulgados pelas autoridades de Israel.

Revisão dos Dados

Inicialmente, as autoridades israelenses estimavam que cerca de 150 israelenses e estrangeiros haviam sido capturados pelo grupo islâmico. No entanto, o balanço foi posteriormente revisado para baixo, à medida que corpos foram descobertos no sul de Israel.

Este artigo é uma edição exclusiva para o News SHD: Seja Hoje Diferente. Se desejar reproduzi-lo em seu blog, por favor, mencione o News SHD como fonte e forneça um link para este artigo. Além disso, considere contribuir ou retribuir com 50 centavos para nos apoiar e nos incentivar a continuar.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Shopee