No lançamento "As Formigas Pensam na Vida", o autor Zunica reflete sobre a existência do mundo e de outras civilizações

Um homem está à espera de um amigo em um bar. O convidado, porém, não aparece, nem mesmo avisa o que ocorreu nas horas seguintes. De um dia para o outro, apenas some. O protagonista, que não é nomeado, vai ao escritório onde o outro trabalha na tentativa de descobrir seu paradeiro e se surpreende com a resposta dos funcionários do local: ninguém o conhece.

No enredo de As Formigas Pensam na Vida, o escritor Francisco Zunica Dias percorre várias teorias. O amigo, chamado Soão, poderia ter sido abduzido? Existiriam vidas em outros planetas? Se sim, qual seria o interesse dessas espécies em um humano qualquer? Essas perguntas envolvem a mente do personagem principal, que precisa confrontar uma de suas maiores crenças. Ateu, ele não acredita que divindades são reais.

Suas convicções, entretanto, caem por terra quando se depara com o Criador. Os dois mantêm diálogos constantes, e o protagonista desconfia de sua relação com o também denominado “Grande Ele”. Apesar disso, o ser divino dá conselhos e levanta reflexões sobre a existência.

Ateu, o artista é um herói solitário que improvisa no imaginário. A arte fala de diversas maneiras para despertar a sutileza, mas poucos são aptos para entendê-la. A beleza não é tê-la, mas dá-la gratuitamente para alegrar a alma. (As Formigas Pensam na Vida, pg. 43)

Aos poucos, o personagem descobre o que ocorreu com o amigo. Entre mistérios inexplicáveis da humanidade, teorias matemáticas e provas concretas, ele questiona tudo aquilo que acredita. “Quero fazer o leitor pensar numa possibilidade numérica para o mundo e que talvez não estejamos sozinhos no universo”, comenta Zunica. É um convite para o público perceber que, assim como as formigas, os seres humanos também podem parecer espécies pequenas quando comparadas a outras possibilidades de vida no universo.

Nascido na capital de São Paulo, Francisco Zunica Dias mora em Peruíbe, na região metropolitana da Baixada Santista. Aos 63 anos, começou a investir na carreira de autor e escreveu o livro As Formigas Pensam na Vida, uma nova forma de perceber o mundo e de buscar uma sequência lógica para uma realidade subjetiva – o que se tornou um compromisso pessoal.

FICHA TÉCNICA 
Título: As Formigas Pensam na Vida
Autor: Zunica
Editora: Grupo Editorial Atlântico
ISBN/ASIN: 978-989-37-4388-1
Páginas: 132
Preço: R$ 45,90 (físico)
Onde comprar: Livraria Atlântico

Sobre o autor: Francisco Zunica Dias nasceu na capital paulista e atualmente mora em Peruíbe, no interior de São Paulo. Aos 63 anos, já atuou em várias profissões, como analista de crédito, bancário e encarregado. Entretanto, adquiriu lesão por esforço repetitivo, também conhecido como “LER”, e foi obrigado a trabalhar como motoboy. Ao mesmo tempo, passou a investir na carreira de escritor e publicou o livro “As Formigas Pensam na Vida” pelo Grupo Editorial Atlântico.

Redes sociais: Facebook

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com