Ruediger Leutz, CEO da Porsche Consulting BrazilPorsche Consulting Brazil

O que a indústria automobilística tem a ver com a construção civil? Em princípio, seus produtos são completamente distintos, o veículo e o apartamento, mas as construtoras têm muito o que aprender com quem produz carros. Essa foi a percepção da Séren Incorporadora, de Goiânia, que firmou um contrato exclusivo no Centro-Oeste com a Porsche Consulting, em busca de que seus processos de gestão e construtivos sejam executados com a mesma qualidade e eficiência dos veículos da Porsche, mundialmente reconhecidos pela sua excelência e qualidade.

A incorporadora, que soma mais de meio século de experiência no mercado imobiliário e tecnologia no Brasil e nos Estados Unidos, quer quebrar paradigmas em seus canteiros de obras e consolidar sua vocação tecnológica aplicada na construção civil. “A indústria automobilística é reconhecida pelo seu altíssimo desempenho e precisão, e temos muito o que aprender com eles, pois muitos dos processos construtivos são artesanais. Nosso propósito é buscar uma equiparação e nos tornar tão eficientes quanto”, diz Fabiano Almeida, sócio-fundador da Séren.

A Porsche Consulting surgiu a partir de uma crise que a montadora sofreu e superou, nos anos 1990. A reorganização bem-sucedida da fabricante trouxe experiências e conhecimentos, que a ideia de compartilhar essas competências com outras empresas nos pareceu natural. De um pequeno escritório com os quatro profissionais inicialmente em Stuttgart, na Alemanha, hoje a Porsche Consulting hoje está presente também em Hamburgo, Munique, Berlim, Frankfurt, Milão, Paris, São Paulo, Atlanta, Palo Alto, Pequim e Xangai. São 670 funcionários que se espalham pelo mundo para ajudar empresas do mundo todo.

Na entrevista abaixo, o CEO da Porsche Consulting da América Latina, Ruediger Leutz, fala um pouco sobre como irá contribuir com a Séren Incorporadora:

Como funciona a consultoria que vocês estão realizando na Séren Incorporadora?

A nossa contribuição está sendo planejar todo o processo do empreendimento. Estamos trabalhando diariamente com nossa equipe para planejar todos os processos para depois facilitar a execução da construção. Não vamos só planejar, mas também nossos consultores vão acompanhar as obras. Com a antecipação de todo esse planejamento, a execução do prédio irá ocorrer tranquilamente com uma maior qualidade.

 O  planejamento é uma parte muito importante para a execução de qualquer produto e, normalmente, dedica-se pouco tempo pra ela…

Especificamente na indústria de construção, sempre era um costume começar rápido e depois tratar os erros na produção, mas isso tem muito desperdício de tempo, materiais, de dinheiro, retrabalho e erros técnicos.

O que vocês conseguem agregar a uma empresa que já tem uma certificação de qualidade? Quando a Porsche chega numa empresa que tem esse amadurecimento, o que vocês conseguem agregar no geral?

Nós trazemos todas as metodologias e ferramentas da indústria automotiva, que é muito avançada. É nesse tema de processos, perfeição, qualidade  e digitalização. A gente ajuda a empresa a chegar num próximo patamar, porque assim, é possível aumentar a sua competitividade no mercado.

Você pode dar um exemplo prático da indústria automobilística para a construção?

Todos que participam da produção têm que trabalhar na mesma velocidade. Não adianta se alguém trabalha muito mais rápido que outro, porque assim não tem o fluxo perfeito. A gente vai trazer esse princípio da indústria automobilística para a Séren. O fluxo nunca deve parar, ele sempre deve continuar como se fosse uma linha de montagem. Esse entendimento é também para os fornecedores, para os empreiteiros, todos tem que trabalhar na mesma velocidade. Se alguém quer trabalhar mais rápido para terminar o serviço logo, não adianta, ele atrapalha. Como se fosse orquestras e músicos: se alguém toca mais rápido ou devagar, não será uma coisa bonita. Tem que ter sintonia.

Como pretendem conseguir esse alinhamento?

A gente vai qualificar e treinar as pessoas. Além de trazer as metodologias, nós queremos mudar a cultura, implementar uma cultura de treinamento que as pessoas que vão participar desse empreendimento vão receber muito conhecimento, como se fosse um MBA Industrial. Para nós é importante qualificar e treinar as pessoas para que elas possam replicar isso nos próximos prédios, sem a ajuda da consultoria. Para nós, esse é um fator de sucesso que o próprio cliente aprendeu e consegue fazer sozinho.

O treinamento vai incluir até mesmo o “chão de fábrica”?

Sim, e com um princípio de melhoria a cada prédio. No próximo projeto, a barra será  mais alta. Nunca podemos parar, vamos trazer novas inovações para próximos prédios, para uma empresa competitiva, você nunca pode parar de inovar, se você parar, anda para trás.

Veja mais sobre:

| Porsche | Construção Civil | CEO |Indústria Automobílista


Sem tempo para ler? Artigo em áudio

Postagem Anterior Próxima Postagem
Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!


Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!

Compartilhe nas redes sociais: Apoie ou retribua.

Todos os nossos artigos são exclusivos. A reprodução total ou parcial é proibida.

Apoie ou retribua.