31.1.22

Yield Farming: O que é, como funciona e como calcular


O mercado de criptomoedas é visto como algo novo no mercado, tratando-se de um universo em constante evolução, sendo na mesma medida a ser reconhecido pela sociedade. De fato se trata de um meio novo, com conceitos como Yield Farming.


Títulos de pouco conhecimento por parte da população, por se tratarem de métodos novos, associados a uma aplicação financeira que é igualmente nova, com suas concepções aos poucos sendo maior abordadas pela sociedade como um todo.


Deixando de ser algo de pouco conhecimento, a ser visto com certo receio pela sociedade e pelo mercado. A realidade é cada vez mais simpática ao conceito das criptomoedas. Uma consequência direta da adesão dos públicos aos chamados serviços digitais.


Sendo possível hoje encomendar um sistema de monitoramento de alarme para sua casa diretamente da internet, sem que seja necessário se locomover até uma loja especializada no assunto, o mesmo tipo de facilidade acaba se estendendo para as mais diversas áreas.


O apelo das redes sociais também pode ser visto como um ponto positivo nesse sentido, sendo plataformas que auxiliam no processo de interação do público com uma realidade digital, tanto em conversas com outros usuários como com as empresas ali presentes.


Um conjunto de ações a fazer com que a população esteja alinhada aos chamados serviços digitais, que estão se expandindo em uma frequência cada vez maior, a ponto de existirem negócios que atuam somente na internet, por exemplo.


Tornando necessário que os negócios passassem a se preocupar com uma série variada de novas preocupações do mercado, na certificação de rede, a permitir a melhor conexão possível com os serviços de internet por parte de uma empresa.


Não demorou para que esses mesmos tipos de soluções digitais passassem a se destacar dentro do cenário econômico, por meio das transações virtuais a serem realizadas pelo interveio das criptomoedas, entre outras ações ligadas a esse ambiente.


Existindo também uma constante evolução acerca de tais artifícios digitais, o que nos leva ao Yield Farming, uma prática relacionada ao modelo de investimento com suas criptomoedas, que pode ser uma forma de lucrar com suas economias nesse sentido.

Como funciona o Yield Farming?

Para entender o significado do Yield Farming, antes é preciso analisar a fundo o significado desse termo, que em português pode ser traduzido como uma "Agricultura de Rendimento”, e isso praticamente resume o funcionamento de todo esse tipo de investimento digital.


Não é como se o seu negócio digital passasse a lidar com o setor do agronegócio, sendo uma relação mais figurativa no caso, por mais que atualmente também seja possível trabalhar com as criptomoedas no meio do agronegócio, seguindo a expansão dessa área.


Com as moedas digitais podendo ser usadas na administração de investimento dos mais diversos ipod e mercado, não necessariamente se tratando de algo puramente virtual, como em uma empresa de cobertura metalica, que usa da bitcoin em sua gestão de negócios.


Falando especificamente sobre o Yield Farming, ele se trata de uma prática similar a uma produção agrícola, no qual os gestores de um negócio rural conseguem lucrar de acordo com as plantações que foram feitas em sua região, após o processo de colheita.


Quanto maior for o investimento nessa plantação, como em expansão de terra ou de variedade de produtos a serem plantados, maiores poderão ser os lucros relacionados a essa produção, atendendo assim a diferentes demandas do mercado.


O Yield Farming funciona como uma mineração de liquidez, no qual os usuários depositam e/ou bloqueiam os seus criptoativos em algum sistema específico para esse tipo de prática, depois sendo recompensado por causa desse investimento digital.


Esses usuários que são conhecidos dentro dessa relação de investimento como Provedores de Liquidez, no mercado digital sendo reconhecidos também pela sigla LP (Liquidity Provider), com um rendimento a  ser conquistado por meio de um investimento passivo.


Da mesma forma com que um software de inteligência artificial pode buscar melhores alternativas no processo de administração de um negócio, manter as suas criptomoedas bloqueadas no mercado pode ser uma forma não perceptível de lucrar com elas.


Sendo esse o principal objetivo do Yield Farming, onde é possível realizar diferentes aplicações e investimentos a serem feitos com criptoativos que se encontram sem um uso no mercado digital, ou seja, que não estão em um processo de compra e venda de ativos.


Mas para que seja possível trabalhar em cima dessa criptomoedas, é preciso convencer os usuários que trabalham com esse tipo de moeda a manter esse ativo bloqueado, 

de forma a aumentar a liquidez desses valores, com um investimento a esse dinheiro.


Com tais usuários sendo recompensados a partir dessas aplicações com suas criptomoedas, similar ao que acontece com os investimentos tradicionais a serem feitos junto às entidades bancárias, através do rendimento de sua conta corrente, por exemplo.


O mesmo tipo de aplicação que conversa com as ações de investimento de uma fábrica que trabalha com produção de cadeira giratória executiva para o setor de escritórios, com a diferença que a valorização do seu mercado é levada para o mercado financeiro digital.


Mesmo sendo visto como uma estratégia recente no mercado das criptomoedas, a prática do Yield Farming vem se expandindo no cenário das moedas virtuais, como uma forma lucrativa de se administrar suas criptomoedas.


Isso tudo em um modelo que trabalha com conceitos semelhantes a quem já possui investimento no cenário tradicional de aplicações financeiras.

Quais são os cálculos de rendimento?

Uma aplicação em Yield Farming opera com dois modelos específicos de rendimento, o APY e o APR, cada um trazendo benefícios diferentes para o investidor, de acordo com o modelo de investimento adotado e como cada um opera sobre suas finanças.


Para que não haja dúvidas sobre como funcionam, é importante conhecer o método de rendimento de cada um. Sendo eles:

APY

O APY (Annual Percentage Yield), conhecido como porcentagem de rendimento anual, é um conceito que trabalha com um sistema de juros compostos, a partir de um reinvestimento em cima dessas operações, trazendo lucros progressivos para tal operação.

APR

Já o APR está relacionado à tradicional taxa de juros simples, que pode ser encontrada até mesmo na gestão de em negócio de chapas perfuradas, em relação à taxa percentual anual de juros que podem estar associados a algum tipo de empréstimo a tal setor.


Com tamanhas similaridades entre essa aplicação de criptoativos e as atividades tradicionais do mercado, é comum que o público se sinta mais confiante nesse tipo de estratégia em relação à administração das suas criptomoedas.


Porém, como todo tipo de negócio, existem benefícios e possíveis prejuízos que podem estar associados a tal aplicação, cabendo ao indivíduo analisar bem a situação do mercado antes de apostar em qualquer tipo de investimento, incluindo o cenário digital.

Existe riscos em aplicar no Yield Farming?

Qualquer tipo de investimento conta com riscos, logo não é nada surpreendente afirmar que a mesma coisa pode acontecer com o Yield Farming, sendo possível citar como risco a volatilidade do sistema financeiro digital, em uma realidade de altos e baixos.


O que também pode ser visto como algo positivo, a depender apenas da capacidade do investidor de escolher os momentos certos para aplicar suas criptomoedas e resgatá-las. Sendo preciso atuar como uma chave de partida, a controlar as trocas presentes no meio.


Por se tratar de contratos digitais, pode existir também uma vulnerabilidade caso exista alguma falha na criação deste código, podendo então ser uma alvo fácil para golpes a serem realizados por criminosos digitais.


Mesmo com essa realidade, trata-se de um método de investimento de alto rendimento, por isso alcançando sua popularidade dentro do mercado digital, mesmo se tratando de uma prática razoavelmente nova nesse ambiente que também continua a se expandir.


Sendo preciso apenas conhecer quais são as melhores plataformas para se trabalhar com esse tipo de investimento.

Boas plataformas para se iniciar esse projeto

Após avaliar bem o estado do mercado e decidir por trabalhar com esse investimento em Yield Farming, é possível então destacar alguns programas espec ficos, entre essas opções:


  • Aave;
  • Uniswap;
  • Compound;
  • Sushiswap.

Plataformas que trabalham com os pools de liquidez, fundos criados por usuários que mantém os seus tokens bloqueados nesse sistema, enquanto buscam por certo rendimento.


De uma forma geral esse tipo de aplicação vem se tornando popular também pela clareza relacionada ao funcionamento desse tipo de prática, que opera por meio de regras e práticas de certa forma similares às estratégias presentes no mercado digital.


E assim como é importante adotar uma sinalização em braille no estabelecimento do seu negócio, para que todos os seus clientes consigam ter acesso a comunicação no local, algo parecido ao que ocorre com o mercado das criptomoedas.


Esse cenário passa por um processo de expansão justamente por causa do conhecimento que o público passa a ter sobre esse tipo de aplicação digital, cada vez mais próximo à realidade dos indivíduos.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

GeraLinks - Agregador de links