Existe um conjunto de tradições que fazem do Natal uma das festividades de maior destaque na sociedade, como a troca de presentes na manhã do dia 25, a celebração do amigo-oculto entre amigos, e claro, a realização da ceia entre os familiares.


Uma festividades que permite para muitas famílias reunir aqueles parentes mais distantes, que moram entre outros estados, às vezes até mesmo em outros países, mas que usam desse feriado como uma ocasião para se reunir com os seus familiares de forma anual.


Existindo diversas formas como essa ceia pode ser preparada, como um parente específico se responsabilizando pela preparação desse evento, como uma mãe que usa da data para se reunir novamente com os seus filhos e netos.


Contudo, se estivermos falando de uma família muito grande, isso pode acabar sendo muito trabalho para uma só pessoa, sendo preciso delegar certas tarefas para todos os que estarão presentes nessa ceia.


Similar a administração de uma empresa, que divide suas funções entre companhias contratadas, como um escritório de serviços contábeis para o controle financeiro, uma empresa de terceirização de limpeza para  manutenção do espaço, entre outros.


Com essa divisão em relação a ceia estando associada sobre quem cuidará do preparo do peru de Natal, do cozimento dos acompanhamentos, da produção das sobremesas, e até mesmo na compra de bebidas, para aqueles que não mandam muito bem na cozinha.


Outra opção é recorrer a um sistema de pedidos para restaurante, com certas empresas de alimentos trabalhando com a produção de ceias completas, ofertando para pessoas que não possuem tempo de fazer os preparativos para essa reunião familiar e entre amigos.


Mas seja qual for a opção é importante saber que existem diversas variáveis que podem ser responsáveis pela mudança de valores em relação à produção de uma ceia de um ano para outro, indo além das exigências alimentares de certos parentes.


Passando principalmente pelos fatores econômicos que definem o preço no supermercado de cada um dos mantimentos a serem utilizados na preparação da ceia.

Como a economia pode afetar o seu Natal

A situação econômica de um país é capaz de impactar as mais diversas atividades realizadas durante o percorrer do seu ano, como a desistência de uma viagem internacional, por causa da subida de preço dos voos.


Fora o próprio rendimento mensal do indivíduo, com o seu salário podendo estar conectado a performance do comércio ao qual esse profissional presta seus serviços. E nesse conjunto de possibilidades, a ceia de Natal também acaba por ser afetada.


Sendo preciso ter um grande controle organizacional, de forma a se preparar para os gastos relacionados à preparação da sua ceia de Natal, permitindo que ela aconteça, mesmo em condições financeiras mais apertadas.


Similar ao que já pode estar sendo feito no seu dia a dia, com a compra de um suplemento mineral e vitamínico de uma marca menos conhecida, ou então com embalagens em menor quantidade, de acordo com as necessidades diárias desse consumidor.


Para o Natal isso pode significar trocar o tradicional peru por uma carne mais barata, além de outras mudanças que podem impactar no valor final da sua ceia, tornando-a mais acessível para todos os responsáveis por sua preparação.


Acompanhando também outras mudanças que podem estar sendo aplicadas na organização financeira da pessoa diante o feriado. Como na compra de presentes menores e mais específicos, optando por um bazar de roupas, no lugar de uma loja de grife.


Tudo para que seja possível confirmar a realização da sua reunião de amigos e parentes, mesmo estando em uma situação economicamente crítica para todos os envolvidos, sendo necessário encontrar alternativas para que seja possível realizar a tal ceia de Natal.


Sendo preciso realizar um diagnósitico organizacional, até mesmo para uma atividade antes vista como simples, que é a ida ao supermercado durante o mês natalino, onde existe uma disputa acirrada pelo saco de uvas passas em promoção, por exemplo.


E se o seu objetivo é gastar menos na preparação da sua ceia, é importante ficar de olho nas dicas presentes a seguir.

10 formas de economizar na sua ceia

Não é porque a grana está curta que você vai deixar de se reunir com os seus parentes e celebrar a presença deles em sua vida. Só é preciso saber como se preparar melhor para o tal evento, de forma a economizar nos gastos necessários a esse evento.


E se poupar é o seu objetivo, aqui vão 10 dicas que podem ajudar na preparação da sua ceia por um valor mais acessível.

  1. Pesquise valores com antecedência

A maior demanda por um produto faz com que o seu preço suba no mercado. E se existe algo no mês de dezembro é a demanda do público por alimentos relacionados à preparação da ceia, tais como:


  1. Frutas secas;
  2. Pães especiais;
  3. Peru entre outras aves;
  4. Vinhos e bebidas gerais.

Comprar com antecedência pode ser uma forma de economizar, já que popularmente esses valores costumam subir com o aproximar da data, ainda mais para quem deixa essa compra para o último dia.

  1. Opte por compras menores

Comprar somente o essencial é uma forma de diminuir o valor da sua conta no supermercado, sendo preferível adquirir os produtos relacionados à ceia de forma a granel, ao invés da compra por embalagens maiores, por exemplo.


Sendo assim é possível economizar até mesmo com o sistema de entrega, já que as compras menores podem caber na sua sacola de papel, levando você mesmo tais produtos até a sua residência.

  1. Siga sua lista de compras

É importante também produzir uma lista de compras, que conte com os alimentos necessários para a realização da sua ceia, evitando assim compras desnecessárias e realizadas de forma impulsiva.

  1. Fique de olho nas promoções

É comum a realização de promoções durante essas festividades, por isso é importante acompanhar os anúncios televisivos, além daqueles presentes nos folhetos, de forma a escolher o produto mais atraente ao consumidor, além de confirmar esse valor no caixa.

  1. Esteja atento à validade dos produtos

Ainda sobre as promoções, é importante observar a validade dos produtos, pois algumas vezes, uma mercadoria prestes a vencer pode contar com um preço mais acessível. Sendo preciso que o consumidor trabalhe com uma analise de risco em cima das suas compras.


Afinal, uma lata de milho com validade para o mês de janeiro, sendo que esse produto será consumido ainda em dezembro, pode ser uma compra vantajosa para o consumidor em busca de um preço menor.

  1. Substitua alguns alimentos e marcas

Outra forma de tornar a sua ceia mais acessível é a com escolha dos produtos que serão necessários para a realização dela. Pois com o alto valor da carne, é possível trabalhar com receitas alternativas, utilizando diferentes mercadorias.


A mesma situação vale para as marcas consumidas, sendo possível optar por uma variedade que esteja disponível nas prateleiras por um valor menor.

  1. Evite o desperdício

O desperdício de alimentos é algo que se deve ter bastante preocupação, parte pelo desperdício em si, enquanto existem diversas pessoas passando fome nas ruas, mas também pelo valor dessas compras em excesso.


Sendo preciso calcular a quantidade certa de alimentos necessários para a sua ceia, de acordo com o número de pessoas presentes.

  1. Tenha cuidado com o cartão de crédito

Ao se encontrar em uma situação financeira mais apertada é possível que o consumidor opte por passar suas compras de Natal no cartão, contudo, qualquer assessoria tributária é capaz de recomendar que o usuário evite essa prática.


Sendo apenas um adiamento de suas dívidas. Até porque ninguém gostaria de chegar na Páscoa tendo que pagar ainda a sua ceia de Natal.

  1. Aposte no digital

Hoje é dia é possível ter acesso a diferentes sites e aplicativos de compra que podem liberar cupons promocionais entre outras formas de desconto, sendo possível economizar com a compra dos mantimentos natalinos, além de recebê-los direto em casa.

  1. Divida a conta

Por fim, é sempre uma opção interessante dividir os gastos da ceia com todos os que estarão presentes na ceia, sendo possível deixar essa organização para aquele tio que trabalha em um escritório de consultoria tributária, acostumado a lidar com finanças.


Ao se aplicar essas práticas durante a preparação da sua ceia anual, é possível contar com com um desconto progressivo, de acordo com o número de dicas que estão sendo seguidas durante a sua compra de Natal no supermercado.


Permitindo que todos presentes nessa reunião possam se divertir nessa celebração familiar, sem que exista uma preocupação em relação ao orçamento disponível de cada um dos indivíduos. Sobrando até mesmo um valor para a compra de presentes.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com