Blog Diferente Para Ser Diferente

Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

A educação financeira é um elemento fundamental para planejar gastos e organizar o pagamento de contas, pensando na saúde financeira no curto, médio e longo prazo.

Esse tópico, entretanto, não é muito bem trabalhado no país. Um dos exemplos disso é o fato de não termos nenhum tipo de ensino sobre finanças e empreendedorismo nas escolas.

Uma família que precisa de reformas de casas deve estar atenta para o quanto é possível separar do orçamento para criar um ambiente adequado.

Esse tipo de prática torna o país mais receoso quanto ao conceito de investimentos. Grande parte dos brasileiros, mesmo que tenha condições, teme investir na bolsa por falta de capacitação, por exemplo. 

Como consequência, muitas pessoas encontram-se endividadas por escolhas financeiras ruins.

A educação financeira vai muito além de saber economizar: é compreender práticas que melhoram sua qualidade de vida e a de todas as pessoas economicamente impactadas por você, através de planejamento e análises de investimentos e gastos.

Uma pessoa que consegue controlar seu dinheiro tem muito mais consciência de como e quando gastar. Isso não tira a importância da economia e de cortar gastos desnecessários, mas também envolve elementos emocionais.

O dono de um pequeno negócio de placas informativas personalizadas deve ter um controle financeiro muito maior, uma vez que o trabalho autônomo exige uma série de conhecimentos específicos para ser valorizado.

Algumas questões devem permear seus sentimentos com relação ao dinheiro. O primeiro questionamento deve ser a respeito da necessidade de comprar um determinado produto.

Muitas vezes, nós consumimos algo mais pelo sentimento de consumo do que pela necessidade. 

Parte do trabalho de educação financeira é identificar esses momentos, questionando-se se a necessidade de possuir um determinado produto é realmente necessária.

Além disso, é importante para o conceito da saúde financeira identificar que você controla o dinheiro, e não o contrário. Esse passo é fundamental para conseguir resultados melhores de desempenho financeiro, principalmente em casos de organização de contas.

Isso porque muitas pessoas que estão buscando uma educação financeira melhor, ainda estão em uma situação remetente ao padrão nacional, com níveis de endividamento e pouco conhecimento sobre investir.

Algumas pessoas frequentam cursos, ou assistem a aulas online, outras até mesmo estudam verificando um banner informativo de finanças. As formas de compreender a educação financeira são muitas.

A independência financeira é o sonho de muitas pessoas, uma vez que com ela é possível fazer planos, investimentos e até mesmo realizar sonhos. Para isso, a educação é o primeiro passo do sucesso.

Quanto mais você compreender o mundo das finanças, mais apto estará para conseguir trabalhar seus investimentos. Isso permite uma rotina de enriquecimento que permitirá o alcance de seus objetivos, como a aquisição de um imóvel.

Apesar de muitas pessoas acreditarem erroneamente que o enriquecimento está ligado à sorte, um bom planejamento, aliado à educação financeira, podem ser catalisadores do acúmulo de riquezas.

Portanto, um dos pontos mais importantes da saúde financeira é o pensamento no futuro. Isso porque muitas vezes temos uma visão imediatista sobre o dinheiro, mas é essencial pensar em conceitos mais duradouros com relação a seu dinheiro.

Organizar sua documentação referente a gastos que você possui em uma pasta personalizada com orelha pode ser interessante caso você necessite verificar suas despesas posteriormente.

Aliás, um dos principais métodos de investimento a longo prazo, criando um benefício que pode até mesmo ultrapassar você e se tornar vital para seus descendentes é a compra de um imóvel.

A educação financeira para a compra de um imóvel

O planejamento da compra de um imóvel é algo que precisa de uma estrutura séria. É essencial buscar uma melhor educação financeira para lidar com todas as alterações que o mercado imobiliário sofre ao longo do tempo.

Ao realizar cursos e treinamentos específicos de educação financeira, você estará mais preparado para se colocar dentro do mercado, além de compreender seu orçamento para conseguir o imóvel mais adequado.

Embora muitos itens de luxo podem nos despertar algum desejo compulsivo, é necessário ter consciência e certeza do que está fazendo.

É importante compreender todos os problemas relacionados a sua vida financeira, principalmente antes de começar a arcar com uma despesa grande como o financiamento de um imóvel.

Isso porque dívidas e empréstimos podem limitar seu poder de compra, impedindo-o até mesmo de iniciar o processo. 

Por isso, a educação financeira deve ser um dos primeiros passos em sua trajetória, buscando resultados adequados para estabilizar sua vida financeira. 

Além disso, aproveite para estudar o mercado imobiliário, anotando e guardando as informações em um envelope personalizado a4 e compreenda quais são os motivos que levam um banco a aprovar um financiamento, buscando esse tipo de resultado em sua vida.

Como o planejamento financeiro te ajuda a ter um imóvel?

Os dois principais elementos que você deve levar em conta na hora de comprar um imóvel é a quantidade de dinheiro que você possui para uma boa entrada e o quanto você pode dispender de seu dinheiro mensal para as parcelas.

Entretanto, é preciso ter planejamento para não ficar com problemas em casos de imprevistos ou mudanças na sua vida, então, é importante priorizar os gastos para conseguir alcançar sua meta com mais facilidade.

Por isso, separe um talão de orçamento personalizado para colocar todas as opções necessárias na ponta do lápis.

Conquistar sua casa própria demanda uma série de planejamentos fundamentais, dos quais falaremos a seguir.

1. Controle sua renda

A educação financeira ensina um melhor cuidado com sua renda, permitindo que você consiga se planejar de forma muito mais eficaz. Isso significa que você conseguirá identificar os gastos padrões que você tem com muito mais facilidade.

Assim, ao planejar-se para assumir uma parcela mais alta, você conseguirá extrair o melhor do processo. Os valores gastos com pagamentos de impostos, contas mensais e separar um dinheiro para poupar entrarão na sua conta, causando um resultado muito mais positivo.

Assim, quando houver qualquer tipo de dúvida com relação ao pagamento, estipular uma base a partir da renda principal da casa acaba trazendo muito mais tranquilidade.

 

2. Pense no futuro

Por ser uma conta de valor muito elevada, é preciso pensar na segurança de toda sua família antes de assinar um contrato de financiamento. 

A educação financeira não só é um importante aprendizado no processo de sua vida, mas também é um conhecimento que pode ser repassado.

Assim, você poderá ensinar toda sua família os conceitos que aprender para manter um ritmo crescente de saúde financeira, garantindo que seus familiares estarão protegidos caso algum imprevisto aconteça com você.

Uma empresa de impressão digital a3 poderia fazer a diferença no orçamento de sua família. Esse tipo de ação garante não só a segurança de sua família, mas o próprio futuro deles.

3. Corte gastos desnecessários

Um bom estudo sobre a educação financeira permite que você compreenda como e onde está gastando seu dinheiro, conseguindo identificar elementos que são necessários e o que pode ser supérfluo.

Esse tipo de conta permite um entendimento maior acerca do que deve ou não ser cortado para gerar um valor maior da renda, permitindo, assim, a aquisição de bens e investimentos de longo prazo.

Entre os cortes em gastos desnecessários, é preciso pensar em:

  • Pedidos de comida por delivery;

  • Gastos com vestuário;

  • Assinaturas de serviços;

  • Compra de produtos sem necessidade.

Talvez não seja a hora de comprar um notebook novo, por exemplo, sendo o ideal fazer um melhor planejamento para quando for necessário adquirir um.

Esse tipo de gasto, embora satisfatório, pode muitas vezes atrapalhar todo o planejamento de seu orçamento, causando muito mais problemas do que a satisfação momentânea que esses itens trazem.

4. Economize!

Um dos pilares da educação financeira, é preciso manter algum dinheiro mensalmente guardado, mesmo com uma despesa alta, como a compra de um imóvel. Isso porque nunca sabemos o que pode acontecer no futuro.

A criação de uma poupança paralelamente a outros investimentos, dá ao investidor a tranquilidade de que, caso ele seja demitido, por exemplo, terá uma reserva financeira que permitirá que ele se estabeleça até conseguir se recuperar financeiramente.

Esse tipo de entendimento é fundamental para manter você sempre preparado para qualquer problema que possa surgir.

Embora seja mais difícil guardar valores altos por conta do investimento no imóvel, a constância de valores, ainda que pequenos, pode armazenar um valor adequado para te ajudar em tempos difíceis.

Bem como até mesmo amortizar o valor do imóvel caso esteja próximo de sua quitação.

5. Invista no entendimento financeiro

Embora não pareça, a economia familiar funciona de forma muito similar a de uma empresa. Por isso, é necessário compreender as necessidades de cada pessoa e estipular metas para conseguir alcançar bons resultados em sua vida pessoal.

O seu orçamento deve ser a base de operações, na qual você pode optar por criar uma série de objetivos para conseguir financeiramente se adaptar às suas necessidades.

Compreender como utilizar as finanças da melhor forma possível é algo que surgiu do mundo empresarial, mas hoje em dia faz parte da vida de muitas famílias.

Um imóvel é a maior compra que muitas pessoas farão na vida. Um momento tão importante como esse deve ser feito com muito cuidado e evitando qualquer problema no futuro.

Por isso, antes de começar a procurar por casas ou apartamentos, é necessário compreender a importância de saber como lidar com seu dinheiro e quais caminhos você deve seguir para uma vida financeira mais confortável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem


Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!