Blog Diferente Para Ser Diferente

Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Criar um projeto de casa sustentável pode ser uma excelente alternativa para quem pensa no futuro, sendo mais responsável com o mundo à nossa volta.

Com a quantidade enorme de problemas que acontecem no meio ambiente, como crises energéticas, desgastes naturais e o aquecimento global, muitas pessoas decidiram tomar para si a responsabilidade de iniciar um novo meio de vida.

Há algum tempo, pesquisadores estudam formas de tornar nosso dia a dia mais sustentável, para diminuir danos à natureza e auxiliar na proteção de nosso ecossistema.

Isso varia em intensidade e capacidade. A sustentabilidade em um imóvel pode vir desde um paisagismo jardim pequeno até tecnologias que diminuam o impacto ambiental causado por aquele espaço.

Entretanto, apenas recentemente esses recursos se popularizaram, tornando-se mais atrativos financeiramente e permitindo que as pessoas possam tomar consciência por elas próprias.

Essas mudanças, inclusive, foram responsáveis pela criação de órgãos regulamentadores governamentais, que criaram formas de avaliação de sustentabilidade e apresentação de melhorias que construções podem fazer para se adequarem a esse modelo mais saudável.

Hoje em dia, cada vez mais profissionais da construção já tem o pensamento de criar algo que proteja o meio ambiente, ao mesmo tempo que mantém toda a sofisticação e modernidade que os recursos atuais permitem para a construção civil.

Mesmo a compra de calha para telhado deve ser feita com responsabilidade, procurando identificar elementos que a tornem sustentável para sua casa.

Construindo de forma sustentável

A construção civil é uma das áreas que mais apresenta impactos negativos no meio ambiente. O setor consome grandes quantidades de água e recursos naturais, além de gerar toneladas de resíduos todos os anos.

A degradação da natureza não é algo atual. Desde a Primeira Revolução Industrial os impactos já eram grandes, e seguem piorando cada dia mais com problemas como o consumo exagerado e o aumento populacional.

Esse tipo de ação não é só danoso ao ambiente. Os impactos econômicos, sociais e culturais acabam agravando ainda mais o caso e forçando cada pessoa a pensar em soluções para conseguir diminuir o prejuízo causado.

Com esse novo modo de pensar, a maioria das pessoas tem tomado diversas atitudes para começar a viver de forma mais sustentável. Um dos principais elementos dessas mudanças é a construção sustentável.

Um projeto elétrico completo pautado na sustentabilidade já é um excelente passo para impedir o desgaste que técnicas mais agressivas podem não identificar.

Embora ainda seja uma área nova no mercado, diversos engenheiros e arquitetos, cientes da necessidade urgente de se pensar em alternativas que protejam o ecossistema, começaram a se especializar nesse formato de negócio.

A ideia da construção sustentável é aproveitar os recursos que podem ser renovados, além de economizar água e luz na obra para reduzir os custos e os impactos ambientais.

Transformando sua casa em um ambiente sustentável

Muitas pessoas têm a mesma preocupação com o meio ambiente, mas já moram em uma casa estruturada e não tem condições de criar um projeto novo do zero. Entretanto, a sustentabilidade não é uma exclusividade de novas construções.

Um projeto de pintura externa já pode ser uma atitude sustentável se você escolher a tinta adequada para a reforma.

É possível transformar um ambiente através de diversos elementos, desde reformas e trocas de equipamento, entre diversas outras atitudes que não tem custo mas fazem a diferença.

Uma casa sustentável possui uma responsabilidade social acordada entre os moradores, que inclui rotinas como:

  • Reaproveitamento de materiais recicláveis;

  • Práticas de conceitos sustentáveis;

  • Cuidado com o meio ambiente;

  • Soluções alternativas para problemas comuns.

Além disso, se sua casa possui uma rede própria de gás, realizar a manutenção gas residencial com frequência é ideal para evitar vazamentos e prejuízo à camada de ozônio.

Algumas práticas são essenciais na hora de tornar sua casa um ambiente mais sustentável, conforme abordaremos a seguir.

1 - Cuidados no uso da água

A água é um elemento fundamental para a vida humana, mas é um recurso que cada vez mais sofre com a escassez. Esse tipo de problema acaba tendo um forte impacto em todas as pessoas, com restrições e cortes de serviços pela falta de água.

Por isso, é importante usá-la com consciência, além de aproveitar elementos naturais que podem ser de grande ajuda. Um dos exemplos mais comuns quando falamos de economia de água é o conceito de reutilização de água de chuva.

Esta água, que pode ser recolhida em baldes ou equipamentos próprios de captação quando há uma chuva forte na região, pode ser utilizada para uma série de usos comuns do dia a dia, como em vasos sanitários e máquinas de lavar.

Outra boa opção nestes casos é a utilização de temporizadores em torneiras e chuveiros, evitando o desperdício e controlando melhor o uso da água e de energia elétrica.

Dessa forma, você evita o desperdício e ainda economiza na conta, deixando a água nova apenas para usos essenciais.

2 - Opte pela luz natural

Aproveite o máximo que puder da luz solar em seu imóvel. Além de trazer um ar mais vivo e de renovação para o ambiente, é uma estratégia sustentável, uma vez que diminui os gastos de energia elétrica.

Além disso, a luz natural é um elemento de saúde, afinal, reduz a pressão arterial e aumenta a produção de vitamina D. Um ambiente com pouca ou nenhuma iluminação natural pode afetar seriamente a saúde dos moradores da casa.

Esses efeitos variam desde estresse até casos mais graves como crises de ansiedade e depressão. Problemas de vista também são comuns, principalmente se os moradores passarem muito tempo sob a luz artificial, com elementos como TVs e computadores.

3 - Sistemas de ventilação sustentáveis

As mudanças climáticas podem ser bastante pesadas, atrapalhando nosso dia a dia e tornando fundamental o uso de controladores de clima.

Entretanto, é importante ter em mente que tanto ar-condicionados como aquecedores produzem elementos danosos para o ambiente. 

Nestes casos, o ideal é pensar em alternativas que permitam uma melhor utilização das ferramentas sustentáveis para o seu cotidiano.

Uma empresa de reciclagem de placas eletronicas, por exemplo, pode ter uma excelente área aberta para descanso de seus funcionários.

Uma excelente forma de refrescar o ambiente de forma natural e não invasiva é com a utilização de plantas. Além de ser terapêutico, o cuidado com jardins pode criar ambientes com muito mais frescor e que sejam agradáveis.

Além de auxiliarem na refrigeração do ambiente, as plantas ainda são excelentes para decoração, criando ambientes bonitos e aconchegantes mesmo em temperaturas mais altas.

Para apartamentos pequenos, uma boa opção são os jardins verticais. Esse tipo de estrutura é de fácil organização e permite uma série de possibilidades para deixar o ambiente atraente e com um aspecto mais natural.

Por que apostar em uma casa sustentável?

A qualidade de vida dos moradores de uma casa sustentável é certamente um dos principais pontos para ter em mente quando pensamos nos motivos que levam alguém a fazer essas mudanças de comportamento e estrutura.

Isso porque o local em si se torna mais saudável, garantindo uma melhoria na rotina dentro de casa. Quanto mais o ambiente a sua volta for agradável, mais você procurará criar hábitos e rotinas que reforcem esse tipo de sensação.

Por isso, muitas vezes uma casa sustentável acaba trazendo mais conforto e tranquilidade do que se imagina, afinal, uma sala planejada pode ser pensada em detalhes para se adequar aos conceitos sustentáveis.

Além disso, você desperdiça muito menos em questões de produtos e materiais. Ao apostar em itens recicláveis ou de fontes renováveis, você acaba apoiando o meio ambiente e utilizando materiais que podem ter um excelente impacto no futuro.

Ademais, itens de sustentabilidade para casas costumam ter uma boa durabilidade, então mesmo que sejam um pouco acima dos produtos comuns em questão de preço, a longo prazo, a qualidade fica mais visível.

Inclusive, o retorno financeiro é algo que deve ser levado em conta quando pensamos em sustentabilidade. O investimento feito pode não ser inicialmente mais em conta, mas toda a estrutura de uma casa sustentável é pensada para a economia.

Pode ser interessante contratar uma empresa de transporte de resíduos para recolher o material descartado quando você estiver adaptando seu lar para ser mais sustentável.

Por isso, tanto nos materiais como em elementos estruturais de uma casa, como água e luz, a ideia de um ambiente sustentável acaba sendo fundamental para ter um imóvel econômico e que ajude o meio ambiente.

Considerações finais

Não pensar em sustentabilidade hoje é ignorar uma série de alertas importantes sobre os riscos que nosso mundo está passando diariamente.

Certamente, exigir de autoridades públicas e grandes empresas a sustentabilidade é fundamental para conquistar um ambiente melhor, mas devemos começar a mudança dentro de nosso lar.

Por isso, estude e identifique os momentos propícios para realizar mudanças em seu formato de vida e em elementos do seu dia a dia que podem ajudar o meio ambiente como um todo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem


Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!