Blog Diferente Para Ser Diferente

Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Gastar menos e manter a qualidade da faxina pode ser mais fácil do que você imagina.

Em busca de economia na hora de realizarmos as compras para o nosso lar, procuramos sempre por produtos baratos para limpeza. Essenciais para proporcionar saúde e bem-estar à nossa família, de uso diário, esses são itens que demandam boa parte de nosso orçamento das compras do mês.

A verdade é que há muitas formas de economizar no mercado além da busca por produtos com o menor preço. O ideal é que se considere outros fatores para que a sua economia, além disso, também te proporcione qualidade. Separamos algumas dicas para te ajudar nessa missão, confira.

Faça uma lista de compras

Essa dica, na verdade, vale para qualquer produto. Ir ao mercado sabendo exatamente o que precisa vai te fazer poupar tanto tempo quanto dinheiro. Isso porque, sem planejamento, as chances de comprarmos coisas que não precisamos — e esquecer aquelas que de fato temos necessidade — são grandes.

O primeiro passo é entender quais são as demandas do seu lar. Se sua casa tem chão de madeira, por exemplo, você vai precisar de produtos destinados para esse material. Em alguns casos específicos dá até para encontrar aqueles próprios da categoria de madeira da sua casa.

O mesmo deve ser considerado com vidros, azulejos e metais. Tenha em mente o que você geralmente usa para limpar a casa e inicie a sua lista a partir disso. Decidir o que vai levar durante as compras não te ajudará tanto e você pode até gastar mais do que o necessário.

Pesquise

Um erro comum que cometemos, muitas vezes por praticidade, é comprar todos os produtos num mesmo lugar, o que pode comprometer o valor da compra com os preços desse único estabelecimento. O melhor a se fazer, na verdade, é pesquisar.

Com a sua lista pronta, procure onde cada um dos itens é mais barato. Vale dizer que, dificilmente, eles estarão todos no mesmo lugar.

Para facilitar essa tarefa, use a internet a seu favor. Muitos estabelecimentos oferecem os preços em seus sites e parte deles até possibilita a compra on-line com ótimos prazos de entrega.

Invista nos concentrados

Diversos produtos de limpeza são vendidos na forma diluída. Ou seja, eles têm uma proporção maior de água em relação aos agentes dessas substâncias. Saiba que esse é, também, um custo que pode ser reduzido através da escolha de produtos concentrados.

As vantagens, na verdade, são muitas. O preço dos concentrados é menor porque sua produção, distribuição e transporte também tem valor reduzido. Como as embalagens são menores, de toda a cadeia de produção é demandado menos custos e tempo. Essa redução é repassada para o consumidor que, então, enxuga seus gastos.

Busque opções com refil

Parte dos custos de um produto, como sabemos, são destinados a cobrir a produção da embalagem. Geralmente elaborada de material rígido, o custo da embalagem para produtos de limpeza pode corresponder em até 45% do valor total pago. Uma maneira muito prática de reduzir isso é investindo em opções que tenham refil.

Os refis, é claro, também são embalagens, mas geralmente, elas são mais finas, mais baratas e, em muitos casos, feitas de produtos orgânicos como o papel e o papelão. Já a embalagem rígida a ser utilizada, é feita de plástico. Ou seja, além de economizar, você ainda ajuda o meio ambiente.

Procure produtos biodegradáveis e menos agressivos

É bastante comum que, ao escolher produtos de limpeza, procuramos aqueles mais fortes por considerá-los mais eficientes. A verdade, contudo, é que nem sempre eles são uma opção econômica.

Componentes químicos vão, a longo ou curto prazo, desgastar as superfícies em que ele agir, desde roupas até azulejos. Dessa maneira, mesmo que você acredite que está gastando menos por escolher um produto mais forte, acaba gastando mais na manutenção e troca dos objetos sendo limpos com esses produtos.

A dica, nesse caso, é procurar por aqueles menos agressivos e, se possível, até biodegradáveis. Além de, é claro, serem menos nocivos para o meio ambiente — o que ser considerado sempre — eles também não aceleraram o processo natural de desgaste de muitos itens da sua casa, que vão desde eletrodomésticos até os pisos.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!

Seja um Amigo Colaborador Mensal via Pix: Nos Ajude a Ajudar a Quem Precisa. Colabore com qualquer valor! Pix: Celular 5511983637919 Veja: Fazer o Bem Faz Bem

GeraLinks - Agregador de links