28.11.20

Quais as vantagens em ter investimentos diversificados?

Qualquer investidor iniciante precisa entender a importância de diversificar a carteira de investimentos. Essa é uma das principais recomendações de especialistas em economia. Diversificar os investimentos é fundamental para diminuir os riscos e potencializar a rentabilidade do seu patrimônio.

Aqui vamos mostrar quais são as principais vantagens de aplicar seu dinheiro em diferentes tipos de investimentos. Como diz aquele ditado popular “nunca coloque todos os ovos em uma única cesta”, já que se a cesta cair, todos os ovos quebram e você fica sem nada. 

A analogia serve também para investimentos, já que aplicar todo dinheiro em uma única aplicação aumenta os riscos de você perca todo o seu dinheiro de uma só vez. Se você “distribuir os ovos”, ou seja, dividir o seu capital em diversos tipos de investimentos, você correrá menos riscos.

Já que se perder dinheiro em um investimento, você terá boa parte do seu patrimônio intacto em outras aplicações.

Confira abaixo quais são as principais vantagens de diversificar os investimentos:

Reduzir os riscos

Como já falamos um pouco acima, diversificar investimentos é uma forma de reduzir os riscos. É importante frisar que todo investimento, mesmo os mais conservadores, possuem riscos, por isso é necessário encontrar maneiras de se preservar.

Num exemplo prático, digamos que você esteja juntando para a aposentadoria e tenha apostado nas vantagens do VGBL para a previdência privada, mas também tem alocado recursos para o mesmo objetivo em um título público, o Tesouro IPCA+.

Para variar ainda mais, você também aplicado recursos em ações de grandes empresas como o Carrefour, que está em evidência por conta do caso de racismo e assassinato em uma de suas unidades. Em meio a esse turbilhão de acontecimentos, as ações tendem a cair bastante.

Logo, se você tivesse concentrado seus recursos apenas nas ações do Carrefour, você terá tido um prejuízo acentuado. Agora, se você diversificou os investimentos para a sua aposentadoria como mostramos acima, você também sofreria com as perdas, mas elas seriam bem menores.

Equilíbrio dos investimentos

Por mais que todo investidor tenha seu perfil, é importante entender que a diversificação de carteira deve servir para manter o equilíbrio dos investimentos. Assim, é fundamental compor a carteira com ativos de renda fixa e de renda variável. Investidores conservadores devem ser expor ao risco, pelo menos um pouco.

E claro, se você é um investidor de perfil mais arrojado, você também precisa aplicar parte de seus fundos na renda fixa para reduzir os riscos. Esse equilíbrio faz parte de uma estratégia sólida para trabalhar com ativos financeiros, buscando sempre uma rentabilidade maior e diminuir os riscos.

Potencializar a rentabilidade dos investimentos

Diversificar os investimentos é uma boa estratégia tanto para reduzir riscos como para aumentar a rentabilidade dos seus investimentos. Com uma carteira equilibrada, um investidor consciente e ativo pode ficar de olho para aproveitar boas oportunidades sempre que possível e assim aumentar a rentabilidade, investindo em novos negócios.

Se um investidor aposta em apenas uma modalidade ou tipo de investimentos, como concentrar seus recursos na renda fixa, a carteira fica mais engessada e se perdem boas oportunidades para turbinar a rentabilidade e aumentar o capital.

Maior tranquilidade

Diminuir os riscos dos investimentos e equilibrar a carteira também traz outro grande benefício para investidores: ter mais tranquilidade para investir e para acompanhar os resultados. Já imaginou se todo o dia você tivesse que se preocupar com o rendimento de uma única empresa ou de um único título do Tesouro Direto ou CDB?

Isso não lhe traria tranquilidade, seja pelos riscos de perder dinheiro como pela baixa rentabilidade dos ativos. Assim, você pode se sentir bem mais seguro e tranquilo optando por uma carteira diversificada com ativos que sejam indicados para diferentes objetivos.

Conquistar diferentes objetivos

Objetivos de renda fixa e variável são focados em diferentes metas. É importante entender que um único investimento não serve para todos os fins. Um plano de previdência privada, por exemplo, nunca servirá para criar uma reserva de emergência. Por isso, é essencial que você entenda qual é o melhor tipo de investimento para cada objetivo.

Esse também é um fator que justifica a diversificação de investimentos. Um título do Tesouro Direto ou um CDB com liquidez diária são excelentes investimentos para reserva de emergência, já um plano de previdência privada é uma boa para a aposentadoria. Um Tesouro IPCA+ e um CDB de médio prazo são boas opções para comprar uma casa ou carro no futuro.

Estas são algumas das vantagens de diversificar os seus investimentos. Concentrar seus recursos em uma única aplicação restringe as suas possibilidades. Por isso, siga nosso conselho e busque diversificar suas aplicações, pensando nos seus objetivos.

Se preciso, busque a ajuda de um consultor financeiro para que ele mostrar boas oportunidades no mercado. Assim, você diminui os riscos, aumenta a sua rentabilidade e tem uma carteira equilibrada e que atende as suas necessidades de curto, médio e longo prazo.


GeraLinks - Agregador de links