Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Iniciativa do Ministério do Turismo visa orientar a reabertura gradual do setor

O cenário global deste ano tem afetado todo o mundo de uma maneira incalculável. No Brasil, desde meados de março, foram adotadas medidas de prevenção, como uso obrigatório de máscaras faciais, fechamento de estabelecimentos e até fronteiras.

No entanto, pouco a pouco, as restrições impostas vêm sendo reduzidas. Agora, hotéis, pousadas e resorts, antes fechados, começam a abrir as portas de novo. Para orientar esse processo, o Ministério do Turismo estabeleceu o selo Turismo Responsável — Limpo e Seguro.

Tanto os estabelecimentos, quanto os turistas saem ganhando com esse recurso, porque ambos vão ter a segurança de que os protocolos de prevenção estão sendo cumpridos. Contudo, como descobrir se o hotel onde você pretende se hospedar tem o selo Turismo Responsável?

Turismo Responsável

Sem sombra de dúvidas, o setor do turismo está entre os mais atingidos, exatamente porque precisa da movimentação de pessoas para diferentes lugares para se manter, algo que ainda precisa ser evitado. Com a redução do número de casos, o Brasil vem passando, enfim, pelo processo de reabertura gradual.

Entretanto, como a situação ainda não está completamente normalizada, seria preciso uma regulamentação adequada para que estabelecimentos desse tipo fossem reabertos da forma mais segura possível, tanto para os turistas, quanto para os funcionários.

Pensando nisso, no dia 4 de junho, o Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável — Limpo e Seguro. Seu objetivo é orientar os estabelecimentos turísticos sobre como reabrir de maneira segura e adequada ao cenário atual.

“As pessoas e as empresas que estão no Cadastur terão acesso ao site e receberão as orientações voltadas para o segmento em que atuam, seguindo, assim, todos os protocolos de higiene e segurança”, explicou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Como saber se um estabelecimento tem o selo?

Uma das facilidades implementadas pelo Ministério diz respeito a essa dúvida. No site oficial, é possível ver quem já aderiu ao selo a partir de informações básicas, como estado, município, tipo de atividade e nome do estabelecimento. Por meio do QR Code disponível no selo do próprio estabelecimento, também é possível confirmar e ter acesso a esse dado.

“O próprio turista vai fiscalizar as ações que estão sendo implementadas ou não por cada estabelecimento. Este selo é o ponto de partida para que possamos fazer com que o Brasil esteja um passo à frente no ponto de vista da confiança e da segurança no turismo”, disse Marcelo Álvaro.

Até o momento, 22.584 selos foram emitidos em todo o país, sendo a maioria ligado às atividades como agência de turismo, meio de hospedagem, guia de turismo e transportadoras turísticas. Entre os estados com maior quantidade de estabelecimentos adeptos desse recurso estão: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia.

Quais são os protocolos a serem seguidos?

De acordo com o Ministério do Turismo, para conseguir o selo Turismo Responsável, é preciso seguir alguns protocolos de segurança. Eles são divididos em cinco categorias: básico, específicos, essenciais e transversais, específico no caso de confirmação da doença, e meios de hospedagem por setores.

Entre outras determinações, o protocolo básico, por exemplo, exige que os estabelecimentos assegurem a lavagem e a desinfecção de superfícies, assim como a medição de temperatura de todos os frequentadores na entrada e a disponibilização de álcool 70º em locais estratégicos.

Assegurar todos esses cuidados é uma forma de fazer com que o turismo volte a se movimentar de um jeito diferente e mais seguro, enquanto a batalha contra os desafios sanitários ainda não chega ao fim.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!