Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Entenda como funciona o RDB no Nubank, quais são as vantagens dessa aplicação para outras oferecidas pelo próprio banco e saiba se vale a pena aplicar nela!

Desde 2013 a startup brasileira Nubank vem crescendo e ganhando mais território, clientes e credibilidade aqui no Brasil. Com uma operação tão ou mais atraente que os grandes bancos tradicionais, o Nubank vem agregando clientes e adeptos dessa nova modalidade mais ágil, fácil e prática de tratar de finanças, as chamadas fintechs.

Apesar de apresentar um atendimento ao cliente excelente, aliada à praticidade de realizar pagamentos e transferências na palma da mão, muita gente ainda pergunta se deixar dinheiro no Nubank vale a pena? 

Tanta inovação e investimento em experiência do cliente acaba por “cegar” algumas pessoas do que realmente importa: quanto o seu dinheiro vai render no Nubank? E depois de fazer os cálculos, definir se essa aplicação realmente é boa.

Para sanar essa dúvida de uma vez por todas é necessário compreender quais tipos de aplicação o banco digital queridinho dos brasileiros oferece aos seus clientes. Além da Nuconta, o Nubank também dá a opção de aplicação em RDB, que promete rendimento acima da poupança. Entenda mais sobre ela agora!


Nuconta

O Nubank oferece aos seus clientes uma conta simplificada, sem muita complicação, burocracia e isento de taxas e tarifas de manutenção. Assim, qualquer pessoa pode realizar transferências sem custo algum para outra conta de qualquer instituição financeira. E o melhor: tudo controlado através do seu celular. 

Além disso, o banco digital também disponibiliza aos seus clientes rendimento de 100% do CDI, ou seja, o dinheiro que teoricamente estaria parado na Nuconta acaba rendendo a uma taxa maior que a poupança. 

Logo no início de sua operação, o Nubank apresentava aos seus clientes apenas uma única forma de rendimento através de títulos do governo. De maneira automática, todo o dinheiro que era depositado na Nuconta era aplicado pelo próprio banco nesses títulos.
 
Aplicação em RDB: o que é?

Com o intuito de diversificar a carteira dos clientes, o Nubank também passou a disponibilizar a alternativa de aplicação em RDB (Recibos de De Depósito Bancário). 

De maneira geral, esse novo tipo de aplicação oferecida pelo banco apresenta o mesmo nível de rendimento que a Nuconta, sendo o único diferencial o seguinte aspecto: quando o dinheiro é colocado em RDB o mesmo recebe a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) de 0 até R$ 250 mil para os clientes.

O RDB é um tipo de investimento em renda fixa que apresenta baixo risco. Da mesma forma que outros tipos de aplicação de renda fixa, esse rendimento também está ligado ao CDI, significando que o seu rendimento corresponde a uma porcentagem do CDI.

O que efetivamente muda para o Nubank é: com a oferta de aplicação em RDB, o banco pode oferecer empréstimos, justamente por ser uma aplicação misturada ao patrimônio do mesmo - ainda oferecendo a proteção do FGC. 

Como funciona o FGC?

O Fundo Garantidor de Créditos é uma instituição que age em benefício dos clientes caso algum problema, como falência, venha a ocorrer com o banco ou a instituição financeira no qual o dinheiro foi aplicado. 

Isso significa que, em caso de falência do Nubank - ou de qualquer outro banco - cada cliente recupera todo o valor investido em RDB até R$ 250 mil. 

Assim, para o cliente, o único aspecto que muda, efetivamente, com a nova aplicação em RDB oferecida pela Nubank é justamente a proteção do FGC. 

Para algumas pessoas pode parecer besteira ou algo de pouca importância, mas para outros funciona como uma garantia de que o dinheiro está em segurança no banco digital. 

Apesar desse ponto positivo, é preciso lembrar que antes de tudo o investimento em RDB é uma aplicação e não um seguro. Dessa forma, o Nubank oferecer apenas a proteção do FGC não faz com que esse investimento seja rentável. 

Hoje em dia, é possível encontrar no mercado outros investimentos de renda fixa que oferecem melhores condições de investimento e rentabilidade. 

Um bom exemplo seria o CDB pós fixado que, apesar de não apresentar liquidez diária, compensa na isenção do Imposto de Renda e funciona como uma ótima alternativa de investimento rentável. 
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!