Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

A hérnia inguinal é caracterizada por um abaulamento — ou seja, por um “caroço” — na região da virilha. A condição é mais comum em homens, porém, as mulheres também podem ter esse tipo de hérnia. Além disso, a hérnia na virilha pode surgir em pacientes de diversas idades, desde crianças até idosos.

Segundo estimativas, mais de 20 milhões de cirurgias corretivas são realizadas anualmente para tratar a hérnia inguinal. Para evitar esse procedimento, é importante que o paciente saiba como prevenir e identificar a condição. Por esse motivo, listamos as causas da hérnia na virilha e quando é indicado buscar uma orientação médica.

Divulgação Reprodução

O que causa a hérnia inguinal?

Basicamente, a hérnia inguinal acontece devido a uma fraqueza muscular na região inferior do abdômen, acometendo especificamente a parte entre a perna e a barriga. Por conta desse enfraquecimento, a gordura, intestinos ou órgãos abdominais atravessam a região muscular, criando o nódulo na área inguinal.

O enfraquecimento muscular na região do abdômen pode ocorrer por vários motivos. Os principais fatores que podem causar a hérnia na virilha são:

 

        Obesidade;

        Herança genética;

        Pacientes que removeram a próstata;

        Histórico de hérnia na região abdominal;

        Histórico de cirurgias na região da virilha;

        Envelhecimento, sendo comum em pessoas idosas;

        Realização de atividades que demanda grande força da região abdominal;

        Presença de fraqueza muscular desde o nascimento, sendo a principal causa de hérnia inguinal em crianças;

        Deficiência do colágeno I e II, uma vez que o colágeno é uma das proteínas que compõem os músculos do corpo;

        Pacientes com magreza extrema, uma vez que essa condição diminui o índice de massa corpórea e pode levar ao enfraquecimento muscular no abdômen.


Quando buscar acompanhamento médico?

Algumas pessoas acreditam que o médico só deve ser procurado quando a hérnia inguinal está avermelhada e dolorida. No entanto, quando isso acontece significa que a condição está em um estágio avançando, demandando uma intervenção cirúrgica de urgência.

Para que as chances de sucesso sejam maiores é fundamental buscar o auxílio médico antes de a lesão apresentar os aspectos citados acima, que caracterizam a hérnia estrangulada — forma mais agressiva da condição. Portanto, é recomendado que o paciente procure um médico especialista em hérnia assim que perceber o nódulo na região inguinal.

Também é importante buscar um especialista quando houver um desconforto ao ficar muito tempo sentado ou em pé, dor na região abdominal ou na virilha, incômodo ao levantar objetos pesados e sensação de peso na região inguinal. A hérnia na virilha pode ser diagnosticada com um exame clínico, entretanto, dependendo do caso o médico pode solicitar análises laboratoriais como a ultrassonografia e a tomografia computadorizada, por exemplo.

A hérnia inguinal só pode ser tratada por via cirúrgica, pois essa é a maneira mais efetiva de reforçar a musculatura abdominal e interromper o extravasamento dos órgãos. Por esse motivo, o paciente deve procurar um cirurgião capacitado e especializado no tratamento de hérnia na virilha para obter o melhor atendimento possível e reduzir ao máximo as chances de recidiva.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!