Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

O que é netiqueta e por que ela é fundamental para a construção de uma internet mais saudável?

Com a internet, temos liberdade para pesquisar informações e resolver uma série de problemas do nosso dia a dia, desde que isso não prejudique os demais usuários

Para o bom convívio social, desde crianças, aprendemos a nos comportar em diferentes contextos sociais. Respeitar o outro é fundamental, seja durante uma brincadeira, no trabalho, na escola, em casa, no trânsito e por aí vai...

Na internet não é diferente. Não é só porque estamos separados por uma tela ou não temos contato físico com quem está do outro lado que podemos falar, escrever ou compartilhar o que quisermos.

Diante da necessidade de construir um ambiente digital mais harmônico e democrático, um novo termo foi adicionado ao nosso dia a dia: netiqueta. Você sabe o que ele significa e como funciona na prática? Leia as informações a seguir e descubra.

O que é netiqueta?

A cultura digital trouxe uma série de benefícios para a sociedade. Para aproveitá-la da melhor forma possível, precisamos nos responsabilizar pelo que compartilhamos, garantir a boa comunicação e promover uma vivência virtual harmônica.

A netiqueta, termo que nasceu da junção das palavras net + etiqueta, foi criada para intermediar as interações na internet.  Ela diz respeito a uma série de regras e comportamentos necessários para o bom convívio nas redes.

Eles servem para todas as situações, sejam formais ou informais. Portanto, sua aplicabilidade vai além dos contextos corporativos. Afinal, postura, tom de voz e uso de termos adequados são fundamentais, até em uma conversa informal entre amigos.

Como compreender o que é netiqueta na prática?

De acordo com uma pesquisa realizada pela Norton Cyber Security, o Brasil é um dos países que mais contabilizam crimes cibernéticos. Estima-se mais de 60 milhões de ocorrências de golpes, assédio, vazamento de informações, racismo, entre outras.

No contexto corporativo, é cada vez mais comum nos depararmos com casos de pessoas que foram advertidas, demitidas ou processadas por conta de comentários, postagens e compartilhamentos de conteúdos que vão contra à cultura da empresa.

Independente da situação, seja para construir uma imagem pessoal ou profissional positiva, é fundamental que você se atente para os seguintes elementos:

Conhecer as regras dos sites: Um dos princípios da netiqueta é reconhecer que os sites possuem regras que devem ser respeitadas. Se você tem o hábito de aceitar os termos sem ler, é bom desconstruir essa ideia.

Respeitar as regras: Apenas ter conhecimento das regras dos sites não é o bastante. É preciso respeitá-las e denunciar caso se depare com usuários que estão violando os termos.

Não driblar os navegadores: Quem acredita que pode fazer o que quiser só porque está navegando em modo anônimo está enganado. Ainda assim é possível rastrear tudo o que é feito nesse ambiente. Portanto, evite o famoso jeitinho brasileiro.

Trocar valores, não farpas: A internet não deve ser encarada como um campo de guerra. Sua principal função é facilitar nossa rotina com a troca de informações relevantes. Respeite os outros usuários e tenha empatia, mesmo que você não os conheça.

Evitar escrever com letras maiúsculas: A internet tem limitações, sobretudo ao traduzir o que estamos sentindo.  As letras maiúsculas denotam agressividade, como se estivéssemos gritando.  Evite escrever palavras ou frases inteiras em caixa alta.

Compartilhar informações relevantes: Procure escrever textos e compartilhar imagens que apresentam forma e conteúdo objetivos, isso evita que haja problemas de interpretação. 

Usar fontes com moderação: Abusar de negrito, itálico e sublinhado deixa o texto mais pesado e cansativo. Use esses recursos em pontos específicos que realmente merecem atenção do leitor.  Isso também vale para fontes coloridas e de difícil leitura.

Evitar o excesso de imagens: Amontoar uma conversa com gifs animados, imagens e figurinhas não é uma boa escolha. Isso pode atrapalhar o timing de uma comunicação e desviar a atenção do interlocutor. Portanto, não exagere.

Escrever no idioma apropriado: A não ser que seja solicitado, evite mesclar idiomas em uma frase. Nem todo mundo compreende aqueles termos em inglês que as pessoas insistem em usar, principalmente em agências de marketing e publicidade.

Dividir o texto em blocos: Frases muito longas e sem pontuação atrapalham a leitura. Na hora de escrever, divida o texto em blocos e siga uma ordem lógica para facilitar o entendimento de quem vai ler.

Enviar e-mails em cópia oculta: Caso seja necessário enviar a mesma mensagem para mais de uma pessoa, opte por mandar em cópia oculta. Isso evita spams e compartilhamento de mensagens indesejadas.

Respeitar as regras de grupos: Ao entrar em um grupo, atente-se para as regras estabelecidas pelos administradores. Não compartilhe mensagens que não tenham consonância com o objetivo dos grupos para evitar ser removido.

Procurar antes de perguntar: Caso esteja participando de um debate ou fórum e deseja obter informações a respeito de um assunto, pesquise se ele já foi debatido e faça sua pergunta ali.  Só abra um novo tópico se o assunto não foi discutido.

Não repetir mensagens: Enviar a mesma mensagem várias vezes como estratégia de obtenção de resposta rápida torna o ato comunicativo desagradável. Estar online não significa estar disponível.

Ter educação: Independente do canal de comunicação, seja educado e respeitoso.  Evite fazer comentários acalorados e entrar em discussões que ultrapassam os limites do bom senso.

Respeitar direitos civis:  A internet é construída por pessoas, não por máquinas.  Respeite os direitos civis e a das pessoas. Não poste ou compartilhe fotos, prints e outros conteúdos sem autorização.  Trate os outros como você gosta de ser tratado.

Agora você já sabe o que é netiqueta e quais são os seus pilares. Além de aplicá-la no âmbito digital, sabemos que criar um espaço compartilhado de forma colaborativa, saudável e participativa é tudo o que a gente precisa nesse novo normal.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!