Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

As características do empreendedor e seus desafios

O que você precisa para ser um empreendedor? Decisão, coragem, boas ideias, foco e disciplina, estão entre as características que fazem parte desse profissional. Empreender nos dias de hoje é algo para se ousar. Como consta no dicionário: decidir, realizar, tentar, colocar em execução.

Bom, se parece uma tarefa fácil aos olhos externos, não é para quem está no meio interno. Mas, acima de tudo empreender é fazer algo com dedicação, assim como em qualquer trabalho. É fazer escolhas para si. Saber que, ao optar por um ou outro caminho, será em prol do seu próprio negócio, do seu sucesso, do seu crescimento profissional.

O ato de empreender é uma atividade de interesse social e, traz desenvolvimento econômico, inovação e criação, em todos os sentidos, bem como renovação de novos mercados e de novos profissionais. É realmente buscar um lugar no mercado de trabalho.

E, claro não se pode esquecer que também faz parte do empreendedorismo o objetivo de que, criando seu próprio negócio, as chances de se ganhar mais dinheiro, ou melhor, de ter lucro aumentam! Ainda mais em uma economia como a nossa, na qual nossas responsabilidades financeiras, para ter uma vida estável e tranquila batem à nossa porta a todo o instante. Além do que, ter sua própria empresa confere uma flexibilidade maior de seus horários, certa qualidade de vida. Porém, sabemos que tudo tem um preço, um esforço e um investimento, tanto pessoal, quanto profissional.

Desafios do dia a dia e a tomada de decisões do empreendedor

Mas, como em um casamento, empreender não é sempre um mar de rosas, como diz a linguagem popular. Ter uma empresa é viver de desafios. E, não são poucos e nem tão fáceis, mas passíveis de serem driblados.

Seja uma empresa com alguns ou muitos funcionários, seja microempresa ou ainda um microempreendedor individual. O fato de ser dono de seu próprio nariz traz consigo regalias e responsabilidades.

Das regalias, parcialmente já tivemos ideia. As responsabilidades são um caso à parte. Mas, não fique assustado não. Elas estão aí para serem cumpridas, trazendo segurança e estabilidade para toda e qualquer empresa.

As responsabilidades burocráticas e fiscais que fazem parte da vida de empreendedor

São várias as responsabilidades de um empreendedor junto à sua empresa para fazê-la funcionar. Primeiramente, existem as obrigações não burocráticas. Como, por exemplo, ter um bom planejamento para as ações que decidir implementar. Seja na parte operacional, administrativa, de vendas, marketing, estabelecendo assim, o que realmente é importante para fluir seu negócio, obtendo resultados.

Isso não significa que para tudo você deve ter conhecimento. Longe disso. Um bom empreendedor deve saber a hora certa de ter ao seu lado, pessoas que agregam ao seu objetivo. Profissionais que podem auxiliar quando necessário. E, é aí que a questão de tomar as decisões assertivas entra em ação. A escolha de parceiros, para desempenhar funções, dentro do seu planejamento, faz parte das características imprescindíveis a serem exploradas pelo empreendedorismo e, conferem um investimento em prol de seu sucesso. 

As responsabilidades burocráticas para ser um empreendedor seguro

As obrigações legais que fazem parte de uma empresa (seja qual for seu enquadramento) nunca podem ser deixadas de lado. É muito importante que sejam consideradas para nunca ter problemas com fiscalização.

Desde o momento da abertura, permanência de funcionamento até o fechamento de uma empresa – seja Microempreendedor Individual (MEI), Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP) - existem regras e critérios a serem seguidos, exigidos por órgãos públicos. E, o não cumprimento disso tudo, pode gerar multas.

E, para fazer uma lista expressa de algumas dessas exigências, colocaremos aqui os documentos que fazem parte da parte burocrática e fiscal de uma empresa.

Documentação regular é sinônimo de empresa em dia com as contas

GPS

Guia da Previdência Social. Trata-se de um formulário para recolhimento das contribuições previdenciárias (INSS) retidas e/ou devidas por todos empregadores. Essa guia pode ser gerada pela Internet, sem ser presencial.

IRPJ

Imposto de Renda Pessoa Jurídica. Cada empresa deve apresentar a declaração anual e, essa obrigação fiscal aplica-se a todas as firmas e sociedades, registradas ou não. Documento importante para apresentar em Bancos.

DARF

Documento de Arrecadação de Receitas Federais. Trata-se também de uma guia utilizada pelo Ministério da Fazenda e pela Receita Federal para cobrar os tributos embutidos em operações financeiras. Assim como o GPS, o DARF pode ser emitido e pago de forma on line.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!