Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Estudos apontam que as crianças formam a sua personalidade e constroem seus hábitos até os quatro anos de idade. Com isso, é de extrema importância fazer com que a criança tenha o máximo de experiências positivas possíveis neste período.

Como, por exemplo, oferecer alimentos saudáveis, estabelecer uma rotina de sono e também, ensinar a como ter uma boa higienização bucal. Neste artigo, você irá aprender sobre a importância de ensinar sobre os cuidados bucais dentro das escolas. Confira!

Assim como o banho, a escovação precisa ser reforçada pelos pais e responsáveis para que a criança crie o hábito de fazer regularmente.

Sabemos que, nesta idade, há uma forte tendência ao consumo de doces e guloseimas além do indicado. Por isso, o Ministério da Saúde criou em 2008 o Programa Mais Saúde.

Esta iniciativa tem como objetivo incentivar e conscientizar as crianças sobre a importância da saúde bucal e também, ensina as boas práticas para o momento da higienização. 

Qual a importância de falar sobre saúde bucal nas escolas?

Os responsáveis são geralmente as primeiras pessoas que ensinam as crianças como escovar os dentes e também, como utilizar o fio dental. Algumas famílias possuem plano dental empresarial oferecido, geralmente, pelo trabalho dos pais, e com isso, as crianças desde cedo já criam a rotina de irem ao dentista.

Mas e quando as crianças estão longe de casa, como por exemplo nas escolas?

Este é um dos espaços que os pequenos passam a maior parte do dia - se não, o principal. É ali que são alfabetizadas, se alimentam e se socializam.

Por ficarem muitas horas, é essencial que os colégios possuam uma preocupação com a saúde bucal dos alunos. Afinal, sabemos que as crianças podem se esquecer de escovar os dentes ou então, fazer de maneira apressada para ter mais tempo de brincar, não é mesmo?

Descubra se existe um programa educativo

Como dissemos anteriormente, existe um programa criado pelo governo a fim de prevenir doenças bucais na infância. Mas infelizmente, não são todos os colégios que praticam estes bons costumes. Procure saber se na escola do seu filho existem essas iniciativas.

Converse com a direção ou coordenação da escola e esclareça suas dúvidas. Pergunte se existe um momento de escovação após as refeições e se são fornecidas escovas individuais ou se é preciso levar algum item de casa.

O que deve conter no kit de higiene bucal?

Caso a instituição não forneça itens para que os alunos escovem os dentes após as refeições, é muito importante que você monte um kit para a criança. Os principais itens são:

     Pasta dental;

     Escova de dentes

     Capa protetora para as cerdas da escova;

     Fio dental;

     Toalhinha de rosto.

Pronto, assim o seu pequeno conseguirá ter uma escovação de qualidade! Isso evita futuras doenças bucais, como por exemplo, a tão temida cárie, responsável por prejudicar a estética dos dentes de leite e também, gerar complicações nos dentes permanentes.

Alguns recursos que a escola pode oferecer

Sabemos que a escola é o principal espaço de aprendizagem. Todos os dias, as crianças chegam com mil e uma novidades do que aprenderam na escola. Seja o nome de uma cor, a descoberta de um animal ou até mesmo, começam a contar em voz alta até determinado numeral.

Então, porque não aproveitar essa oportunidade e ensinar também, a como cuidar bem dos dentinhos

Atualmente, existem diversos recursos interativos que podem auxiliar no momento da aula, como por exemplo, filmes, jogos, livros e até mesmo, brinquedos que ilustram o momento da higienização.

Para as crianças, quanto mais lúdico, melhor. Por isso, é recomendado usar todos estes recursos para que elas se sintam motivadas a colocar em prática junto com os seus colegas de classe.

Não deixe de frequentar ao dentista

Visitar o consultório odontológico desde muito cedo é essencial. Além de conseguir avaliar e prevenir complicações futuras, é muito importante criar uma boa relação com este profissional.

Dessa forma, sempre que for necessário realizar algum procedimento, a criança não terá uma má lembrança com a clínica.

Vale lembrar que o dentista é altamente apto a dar recomendações de qual o tamanho de escova correto, a quantidade de creme dental e como utilizar o fio dental de forma simples e eficiente para as crianças.

Logo no início, falamos sobre o convênio odontológico empresarial. Sabemos que nem toda corporação oferece este benefício e às vezes, as unidades disponíveis são distantes.

Contudo, ter um plano odontológico é uma maneira econômica de estar com as idas ao dentistas sempre em dia. Caso sua empresa não ofereça, não se preocupe, também é possível ter convênio dental para o seu pequeno de forma autônoma. Basta fazer uma pesquisa e ver qual a melhor opção para você e o seu orçamento.

Considerações Finais

Agora que você descobriu a importância da saúde bucal nas escolas, esteja sempre em alerta em relação a este assunto. Sempre que houver oportunidade, converse com os professores e coordenadores para se certificar que estão cuidando da saúde bucal do seu filho e também, das outras crianças.

Contudo, devemos ressaltar que sempre, a maior referência é a de dentro de casa: as crianças imitam o que os seus responsáveis fazem. Portanto, dê o bom exemplo e procure agendar consultas periódicas ao dentistas, o importante é cuidar da saúde bucal dos pequenos.

Este conteúdo foi produzido por Mayara Santos, redatora da empresa Ideal Odonto

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!