Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Investir em organizadores, agrupar as roupas semelhantes, definir e manter o espaço de cada peça são algumas dicas importantes

Manter a casa organizada é um desafio, especialmente, quando o espaço é compartilhado por diferentes pessoas. Além das rotinas, cada uma delas pode ter diferentes prioridades sobre a manutenção da organização da residência, o que pode ser fonte de conflito entre os moradores.

Um dos móveis que mais armazenam bagunças, demandando mais tempo e disciplina para serem mantidos em ordem, são os guarda-roupas. Muitas vezes, você só se dá conta do caos em que se encontra o seu armário quando está atrasado para um compromisso e nem sequer consegue encontrar algumas peças dentro dele

Por isso, se você é daqueles que adiam a tarefa de organizar e guardar roupas, calçados e acessórios no armário até o limite máxima, confira algumas dicas para conseguir fazer isso sem tanto sofrimento.

Defina o espaço certo

Esta é a principal dificuldade para organizar as peças que ficam dentro do armário. Saiba quais são as roupas que podem ser colocadas em cabide e aquelas que devem permanecer dobradas dentro da gaveta.

Uma boa dica é adquirir cabides iguais, o que ajuda a encaixar as roupas e a manter um bom espaço entre elas. Além disso, agrupe peças semelhantes — calça com calça, camisa com camisa, etc.

Um bom critério para definir os espaços de cada peça é avaliar a frequência com que elas são usadas. É mais prático deixar aquelas usadas quase diariamente em locais mais acessíveis, as usadas eventualmente podem ser deixadas em locais não tão visíveis e as usadas raramente podem ser deixadas em espaços mais escondidos.

Uma vez escolhido os espaços para cada peça, mantenha-as ali. Ao longo do tempo, isso é importante para memorizar a localização de cada uma, o que facilita muito na hora de buscar alguma roupa no armário de forma rápida.

Doe o que não é usado

Regularmente, limpe o armário e verifique o que é, de fato, usado e o que está ali apenas ocupando espaço. Verifique as condições do que é inútil ou só sai do armário em ocasiões muito raras. Se estiver em bom estado, lave-a e doe para alguém ou uma organização.

Além de realizar uma boa ação, manter o hábito de fazer faxina com regularidade no armário ajuda a mantê-lo limpo e organizado, liberando espaço na hora em que você compra novos itens.

Invista em organizadores

Os organizadores são aqueles objetos que ajudam a separar diferentes peças no armário e facilitam o acesso a elas. Eles são especialmente valiosos para organizar meias, roupas íntimas e gravatas, que podem ficar empilhadas de forma totalmente desorganizada nas gavetas. Também vale pegar pequenos potes de vidro e transformá-los em organizadores.

Outra dica é usar caixas e cestos, especialmente, para guardar acessórios, como chapéus e bonés, além de calçados, e não apenas aqueles mais formais. As caixas também podem ser usadas em armários da cozinha ou aqueles usados para guardar roupas de cama. Em todos esses casos, prefira caixas transparentes, contendo pequenos orifícios que permitam a circulação de ar.

No caso de cintos, coloque-os pendurados em cabides ou ganchos. Além de economizar espaço no armário e não correr o risco de eles enroscarem em outras peças, isso é importante para conservá-los por mais tempo. Para peças mais pesadas, como casacos, vale deixá-las em cabideiros.

Deixe malas no alto

Malas e mochilas são objetos que ocupam um volume considerável, sobretudo, quando deixadas dentro de armários. Por isso, utilize a superfície do armário como local para deixar esses itens.

Uma dica é colocar as malas menores dentro das maiores, o que reduz ainda mais o espaço utilizado. Se houver algumas peças que você só usa mais em viagens, vale deixá-las armazenadas dentro das malas.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!