Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Mudanças na gestão do setor permitem um controle mais apropriado, seguro e ágil de suas finanças.

Uma boa gestão e controle do setor financeiro é um passo fundamental para o crescimento e a sobrevivência de qualquer negócio. O empresário sabe que negligenciar essa área pode comprometer a existência do seu empreendimento, o que exige muito cuidado da parte dele.

Em muitos casos, o setor encontra-se desorganizado, o que pode exigir a contratação de serviços de contabilidade para resolver o caso. Essa desorganização faz com que a empresa perca tempo, dinheiro e não maneje adequadamente os seus recursos.

O empreendedor interessado em tornar o seu setor financeiro mais eficiente pode adotar algumas medidas para flexibilizá-lo. Conheça algumas delas abaixo.

Contrate profissionais da área

Se você não tem muita experiência na área de finanças, o primeiro passo para reorganizar sua gestão financeira é consultar ou contratar especialistas no setor. O conhecimento que eles têm sobre contabilidade será um diferencial crucial para que essa mudança aconteça da melhor forma possível.

A opinião deles será importante para a tomada de algumas decisões, sobre o que investir, qual a melhor forma de gerir o seu capital e como uma economia pode ser feita. Se a questão for a contabilidade, o profissional também estará mais capacitado para auxiliá-lo na implementação do melhor e mais simples sistema tributário.

Separe as contas pessoais

Confundir as finanças pessoais com as do seu empreendimento é um erro que muitos pequenos negócios costumam cometer. É necessário que haja organização para que essas duas esferas não se cruzem e os recursos de cada uma delas se misturem.

A atenção também é necessária em negócios familiares, em que esse cruzamento pode ocorrer mais vezes. O ideal é que se determine os períodos e as condições em que serão permitidas as retiradas dos recursos, evitando, assim, que se transfira o capital da empresa para contas pessoais.

Implemente o ERP

Você sabe o que é ERP? Esta é a sigla para Enterprise Resource Planning, uma ferramenta auxiliadora da gestão empresarial, responsável por integrar todos os setores do negócio. Isso permite maior agilidade para o gerenciamento e a execução de processos internos, como controle de estoque, compras e pedidos.

Uma vez que o setor financeiro estiver integrado aos demais, todo o processo se tornará menos burocrático. Segura e sem comprometer as informações do seu negócio, a automatização do sistema faz com que se ganhe tempo na execução de tarefas rotineiras do dia a dia.

O compartilhamento de dados e informações entre os departamentos também facilita a comunicação entre eles. Os responsáveis por gerenciar o estoque da empresa, por exemplo, podem solicitar um pedido de compras ao financeiro de uma maneira mais rápida.

Defina um orçamento anual

Os investimentos são o caminho para fazer um negócio crescer. Contratar funcionários, comprar novas ferramentas e expandir um setor são algumas das possibilidades para conseguir isso. Contudo, é preciso controlar como isso será feito para não pôr em risco a saúde da empresa.

O ideal é que o seu setor financeiro determine um orçamento anual para as operações do seu empreendimento. Com o valor limite estabelecido, fica mais fácil decidir quais devem ser os próximos passos a serem tomados.

Aproveite o orçamento para reunir os demais sócios e gestores e discutir quais devem ser as metas e os focos de investimento. Lembre-se de debater, dentro deste orçamento, um montante separado para emergências, uma vez que nunca se sabe quando será necessário enfrentar imprevistos.

Opte por soluções tecnológicas

Além do ERP, procure implementar outras ferramentas tecnológicas que podem auxiliar a sua gestão financeira. O Google Drive, por exemplo, é uma opção para compartilhar e armazenar arquivos na nuvem, acessível para todos os colaboradores envolvidos.

Também existem softwares de gestão financeira que garantem segurança de dados sensíveis, deixam o fluxo de caixa organizado e mostram as finanças do seu negócio em tempo real. Assim, fica mais fácil avaliar como estão as despesas e as receitas do seu empreendimento e o que você pode fazer para gerenciá-lo melhor.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!