Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Hambúrguer gourmet ou caseiro? Veja receitas ideais para diferentes ocasiões

Espessura, maciez e umidade são as características que definem um bom hambúrguer. Confira algumas dicas para preparar bem essa receita

O Brasil é um dos países que mais consomem hambúrguer no mundo. Segundo dados do Instituto Gastronomia, o consumo cresceu 575% entre 1994 e 2004, tornando-o um dos alimentos mais populares nos pratos brasileiros hoje. Um dos fatores que evidenciam isso é a vertiginosa abertura de novas hamburguerias em diferentes regiões do país nos últimos anos.

Essa iguaria culinária originou-se nos Estados Unidos em meados do século XIX, especialmente em Nova Iorque, onde era denominado “bife à moda de Hamburgo”, em referência à receita alemã, feita de bolo de carne cozido, servido com pequenos pedaços de pão e cebola. Foi a partir da ideia de colocar esse bife entre duas fatias de pão que surgiu o sanduíche.

O hambúrguer ficou conhecido, especialmente, após a Primeira Guerra Mundial. Em 1940, surgiu o McDonalds, uma das empresas que mais popularizou a montagem do lanche no planeta. Na década seguinte, essa rede expandiu-se por todos os EUA, avançando por outros países e chegando ao Brasil nos anos 50.

Se, no início, o hambúrguer popularizou-se, pois era um prato de rápida preparação, nos últimos anos, vêm surgindo iniciativas que buscam produzir hambúrgueres artesanalmente, incluindo opções vegetarianas, o que exige mais tempo. Confira algumas dicas para preparar o melhor hambúrguer para cada ocasião.

Quantidade de gordura

A quantidade de gordura adequada do hambúrguer está diretamente relacionada ao local onde ele será preparado. Se você usar frigideiras ou chapas, recomenda-se escolher um hambúrguer que tenha entre 20% e 23% de gordura. Se a ferramenta utilizada for a grelha, o ideal é um valor de gordura acima de 25% do peso do hambúrguer.

Na hora de escolher o tipo da carne, o importante é selecionar aquelas com baixa concentração de membranas, o que facilita na hora de moer e evita a presença de nódulos de gordura no hambúrguer. Além da carne, é fundamental selecionar outros ingredientes de qualidade, como pães, queijo e temperos utilizados, por exemplo, cebola, mostarda e pimenta.

Tipos de hambúrguer

Os hambúrgueres mais tradicionais são feitos em chapas ou churrasqueiras, com carnes mais espessas, o que os deixam com alturas mais “altas”, com gramatura entre 160 e 180 gramas. Esse tipo de hambúrguer é mais recomendado para ocasiões com um número considerável de pessoas, como almoços de família ou aniversários.

Já o sanduíche Juicy Lucy é composto por dois discos de carne, com peso médio de 90 gramas, e queijo colocado entre eles. Na receita inglesa tradicional, o queijo usado é o cheddar, que derrete no contato com a chapa ou a churrasqueira.

Já o hambúrguer Smash usa até 3 bolinhas de carne amassadas, com peso entre 40 e 60 gramas. Por serem pequenas, elas costumam ficar mais crocantes. Por fim, também existe o tipo Ultra mash, com bolinhas de carne entre 100 e 120 gramas, que devem ser amassadas na chapa com uma espátula, por conter maiores porções de carne.

Para quem realmente aprecia a arte do sanduíche, ainda existem os hambúrgueres artesanais, preparados com carne moída de primeira ou mais nobres, como o acém, a fraldinha e a costela — recomendadas por suas baixas quantidades de fibras e gorduras. Após cozinhar a carne que será usada para a produção do hambúrguer, é importante não apertá-la demais, para não endurecê-la.

Hambúrguer vegetal

Os hambúrgueres vegetarianos e veganos vêm ganhando popularidade nos últimos anos. Ao substituírem a carne bovina, essas receitas incorporam uma diversidade de outros ingredientes, como grão-de-bico, jaca, feijão preto, cenoura, pinhão, palmito, castanhas e cogumelos.

Além disso, esses hambúrgueres costumam inovar nos temperos utilizados, tais como, pasta de alho-poró, quinoa, curry verde, hortelã, tomate seco, orégano e salsinha.

Para os hambúrgueres feitos de castanha e leguminosas, como lentilha, feijões e grão-de-bico, é recomendável amassá-los com algum tipo de farinha, que confere uma textura mais compacta. Como demandam mais tempo para serem preparados, os vegetarianos e os veganos são mais apropriados para um grupo mais seleto de pessoas.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!