Blog Diferente Para Ser Diferente
Blog Diferente Para Ser Diferente, Vem Com a Gente!

Imagem Divulgação Reprodução

Os tipos de comida e bebida podem variar bastante se você souber relacionar o menu à natureza da ocasião.

Além de todos os recursos relacionados à infraestrutura e tecnologia que devem ser levados em consideração nos processos de planejamento e realização de eventos corporativos, o cardápio é um item que merece igual atenção.

No entanto, muitas dúvidas surgem em relação ao que preparar, como servir e que alimentos devem ou não entrar no menu. Se você está planejando um evento  e não sabe que comidinhas servir, preparamos algumas dicas que vão te ajudar bastante.

Por onde começar?
Tomar as decisões certas na hora de planejar e executar reuniões, lançamentos de novos produtos, apresentação de colaboradores, celebração de datas importantes ou alcance de metas é fundamental para que a empresa mantenha sua imagem positiva.

Para alcançar seus objetivos, todos os elementos do evento devem estar em consonância. Por isso, é preciso garantir que cada etapa seja confortável para todos os envolvidos e isso inclui momentos deliciosos com as refeições ideais.

Dessa forma, é preciso que você se atente aos seguintes elementos:
Objetivos - Como você já sabe, são inúmeras as possibilidades que levam à decisão de realizar um evento. Quando você define o propósito, será mais tranquilo providenciar o tipo de buffet ideal para a ocasião. 

Menu na medida certa - O tom de formalidade ou informalidade da ocasião irá determinar qual é o cardápio mais adequado. Além disso, você deve levar em consideração a quantidade de pessoas e o tempo reservado às refeições.

Serviço de buffet especializado - Eventos corporativos possuem uma dinâmica própria. Nesse contexto, todos os profissionais, como cozinheiros, garçons, bartenders entre outros devem prestar serviços de acordo com a identidade da ocasião. 

Afinal, o que servir?
Depois que você traçou o tipo de evento, definiu o espaço em que ele será realizado, a quantidade de convidados e o tempo destinado às refeições, é hora de criar estratégias que objetivam deixar os convidados impactados positivamente. 

O cardápio deve levar em conta a versatilidade e a praticidade de cada ocasião. Outro ponto fundamental é incluir no menu opções veganas e vegetarianas, além de produtos para intolerantes a glúten e lactose.

Um cardápio para cada ocasião
Considere sempre a simplicidade e a naturalidade na hora de apresentar os pratos. Isso agrada a todos os participantes e faz com que eles se sintam à vontade para degustar o que desejam sem maiores constrangimentos.

Se os convidados não têm acesso a opções de pratos mais elaboradas, oferecer iguarias e alimentos muito diferentes pode causar algum tipo de desconforto. Lembre-se que a hora da refeição é um momento descontraído. Dito isso, vamos às dicas:

Ocasiões informais - Confraternizações de fim de ano ou eventos que não objetivam abordar assuntos sérios relacionados à rotina formal de trabalho pedem um menu mais amplo.

Como se trata de momentos descontraídos, a criatividade pode ser explorada em grande escala. Basta conhecer a identidade das pessoas envolvidas e produzir um cardápio que deixe todo mundo confortável.

Se sua empresa tiver um conceito mais jovial, vale a pena investir em estações de sanduíches, chips, doces entre outros. O conceito de um churrasco também é uma boa pedida para grupos que apreciam uma boa dose de diversão.

Workshops ou palestras - Geralmente, as pausas para refeições nessas ocasiões são mais rápidas. Dessa forma, o cardápio deve contemplar a praticidade. Petiscos, finger food e canapés são itens que podem ser servidos de forma versátil.

Assim, as pessoas comem em poucos minutos e retornam às atividades. As bebidas devem manter o mesmo conceito. O ideal é servir café, chá, sucos, água e refrigerantes. 

Treinamentos, congressos e planejamentos periódicos - A tendência é que esses eventos sejam mais longos. Os participantes, provavelmente, passarão horas sentados ou realizando uma pauta extensa de atividades.

Para essas ocasiões, o ideal é contar com coffee break, almoço e jantar. O cardápio da abertura do evento pode ser composto de um coquetel mais refinado. Para o encerramento, bebidas alcoólicas mais leves, como espumantes, comunicam um ar mais intimista. 

Harmonize o cardápio e acerte nas combinações

Finger food
Muito em alta nos eventos corporativos, o conceito de finger food pode ser simples, descontraído e sofisticado ao mesmo tempo. Sim, isso é possível! Ele é válido para eventos que contemplam um grande número de participantes.

Como as pessoas estarão em constante circulação para ampliar sua rede de contatos e comentar sobre a natureza do evento, é preciso que as experiências de degustação sejam mais fáceis e dinâmicas, mas sem deixar de lado o requinte que a ocasião pede.

Você pode apostar em canapés básicos, cumbuquinhas com massas e mini espetos de lagosta, por exemplo. Se a bebida alcoólica estiver de acordo com a ocasião, a harmonização ideal com esse tipo de comida é vinho branco ou espumante.

Brunch
Essa proposta de refeição combina perfeitamente com eventos que ocorrem no fim da manhã ou início da tarde. Como se trata de um cardápio que une elementos do café da manhã com o almoço, a quantidade de alimentos e há grande probabilidade de agradar a todos os convidados. 

Aposte em um buffet que contemple variedade de pães, bolos, panquecas, sucos, chás, canapés, tapiocas, omeletes, saladas,massas e outros pratos que estejam de acordo com a natureza do seu evento. 

Coffee break
A famosa pausa rápida no meio de uma reunião não precisa contar apenas com o bom e velho café e biscoitinhos amanteigados. Você pode incrementar com canapés, quiches, frutas e bolos e sanduíches naturais, por exemplo. 

Buffet americano
Esse tipo de refeição pede maior autonomia e proatividade dos convidados. Os pratos são organizados de forma que cada participante se sirva de acordo com suas preferências. 

Para evitar filas, tumultos ou outros problemas relacionados ao fluxo, é ideal inserir estações de saladas, massas, carnes e sobremesas, por exemplos, em pontos específicos. Assim, ninguém precisará ficar esperando a desobstrução do acesso aos pratos.

Considere implementar mais de uma estação do mesmo grupo de alimentos se o número de convidados for muito grande.  Isso garante mais conforto e otimização do tempo. 

Faça do seu evento um momento singular de sucesso 
Desde o surgimento da humanidade, a alimentação possui uma simbologia muito forte porque é uma atividade que, na maioria das vezes, é feita de forma coletiva. 

Nós comemos para suprir nossas necessidades nutricionais e também para celebrar e compartilhar energias, momentos únicos e celebrar todas as formas de manifestação da vida.

Comer é sinônimo de alegria e vitalidade e é essa atmosfera que você deve proporcionar aos seus convidados na hora de lhes apresentar o cardápio. Se isso estiver associado a um espaço confortável e aconchegante, a satisfação será garantida.

Os eventos corporativos não precisam gerar nas pessoas a falsa ideia de reuniões cansativas, desgaste físico e mental ou outros pontos negativos. É possível tratar de assuntos simples ou complexos de forma tranquila se você souber criar uma atmosfera leve e agradável.
Postagem Anterior Próxima Postagem
Lembre-se todas palavras ou frases na cor laranja são links especiais relacionados ao assunto do artigo ou da palavra, não deixe de clicar neles.

GeraLinks - Agregador de links | Agregador de conteúdo TrendsTops

Não esqueça: Você pode ser diferente e nos ajudar? Clique aqui