Impacto da IA no Clima: Um Desafio Urgente para as Big Techs

Amigos do SHD: Seja Hoje Diferente, ao ler um artigo na internet, trago informações cruciais sobre o impacto ambiental da inteligência artificial (IA). Embora a IA esteja revolucionando a tecnologia, ela também pode prejudicar o clima, contribuindo significativamente para o aquecimento global.

Desde 2019, as emissões totais de gases de efeito estufa do Google aumentaram 48%, conforme o último relatório ambiental da empresa. Na Microsoft, essas emissões cresceram cerca de 30% no ano fiscal de 2023 em comparação com 2020, segundo o The Verge. Esses gases elevam a temperatura da atmosfera terrestre e dos oceanos, agravando o aquecimento global.

O principal culpado é o uso intensivo de energia pelos data centers e as emissões da cadeia de suprimentos. Os data centers, que treinam IA, consomem enormes quantidades de energia. No ano passado, os data centers foram a maior fonte de emissões adicionais do Google, com um aumento de 17% no consumo de eletricidade em 2023.

A IA é uma emissora significativa de carbono. Um estudo de 2020, publicado na Nature, revelou que a pegada de carbono do treinamento de um único modelo de linguagem é de cerca de 300 mil kg de emissões de CO2, equivalente a 125 viagens de avião de ida e volta entre Nova York e Pequim.

Apesar dos planos das big techs para proteger o meio ambiente, a tendência é de piora. Com a crescente integração da IA em produtos como ChatGPT e Apple Intelligence, as demandas de energia aumentam. O Google reconhece que, embora busque tornar seus modelos de IA, hardware e data centers mais eficientes, reduzir as emissões será desafiador.

A empresa pretende operar 100% com energia livre de poluição de carbono em todas as redes elétricas até 2030. Entretanto, segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), os data centers podem consumir 10 vezes mais eletricidade em 2026 do que em 2021.

Como reflexão, lembremos das palavras de Gênesis 2:15: "O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo." Este versículo nos chama à responsabilidade de cuidar do nosso planeta, promovendo o uso sustentável da tecnologia.

Indicação de Livro
Para aprofundar o entendimento sobre o impacto ambiental da tecnologia, recomendo o livro "Clima: Como Evitar um Desastre" de Bill Gates. Ele aborda soluções práticas e científicas para a crise climática.

Indicação de Filme
Assista ao documentário "The Social Dilemma". Embora focado no impacto das redes sociais, o filme também toca na responsabilidade das big techs em relação ao meio ambiente e à sociedade.

Um forte abraço,
CEO do SHD: Seja Hoje Diferente
Postagem Anterior Próxima Postagem
Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!


Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!

Compartilhe nas redes sociais: Apoie ou retribua.

Todos os nossos artigos são exclusivos. A reprodução total ou parcial é proibida.

Apoie ou retribua.