O PIX Automático

PIX Automático: Uma Revolução Financeira Brasileira

O Banco Central do Brasil anunciou recentemente uma emocionante atualização que promete simplificar ainda mais a vida dos brasileiros: o PIX automático. Este recurso, discutido durante uma reunião do Fórum PIX, estava inicialmente programado para ser lançado em abril, mas sua data de lançamento foi adiada para outubro de 2024.

Como Funcionará o PIX Automático?

De acordo com o cronograma do Banco Central, o regulamento do PIX automático será publicado em dezembro deste ano. A partir de janeiro até agosto do ano seguinte, o sistema será desenvolvido e passará por testes que durarão dois meses. Finalmente, a nova ferramenta estará disponível para os brasileiros a partir de outubro.

O PIX automático promete simplificar várias áreas de nossas vidas financeiras. Ele permitirá pagamentos recorrentes de despesas fixas, como contas de luz, telefone, água, assinaturas de serviços de internet, streaming e até mesmo portais de notícias. Além disso, será possível usá-lo para pagar mensalidades escolares, academias, condomínios, bem como parcelamentos de seguros e consórcios, entre outras aplicações.

Segurança Reforçada no Sistema

Durante o recente Fórum PIX, o Banco Central e as instituições financeiras participantes também discutiram medidas de segurança. Uma das ideias discutidas foi a implementação de um canal de denúncias nos aplicativos das instituições financeiras, no caso de fraudes relacionadas ao PIX.

De acordo com a Agência Brasil, o Banco Central está atualmente trabalhando na criação de orientações para a experiência dos usuários no canal de denúncias. Essa proposta será submetida à consulta dos demais membros do Fórum ainda este ano.

A Popularidade Crescente do PIX

Desde seu lançamento em 2020, o PIX tem sido um verdadeiro sucesso entre os brasileiros, e sua tecnologia já serve de inspiração para outros países. Em 2022, foram registradas quase 3 bilhões de transações PIX, totalizando mais de R$ 1 trilhão em valores movimentados.

De acordo com dados do Banco Central, que analisam o uso do PIX entre 2020 e 2022, a maior transação realizada via PIX foi de R$ 1,2 bilhão em dezembro do ano passado. No entanto, a grande maioria das transações, cerca de 93%, envolvem valores de até R$ 200.

Atualmente, mais de 133 milhões de pessoas e quase 12 milhões de empresas já utilizam o PIX, transformando radicalmente a forma como os brasileiros realizam seus pagamentos. Esta tecnologia continua a crescer e a simplificar o cenário financeiro do Brasil.

Nota Final: Este artigo é uma reedição exclusiva para o News SHD: Seja Hoje Diferente. Se você desejar reproduzi-lo em seu blog, é necessário incluir o News SHD como fonte e fornecer um link para este artigo.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Shopee