Brasil ocupa 2º lugar no ranking de maturidade em governo digital

Quando falamos em questões burocráticas que envolvem o Governo, logo assimilamos o processo a papéis, muitos papéis. Porém, atualmente, mesmo estando longe do ideal, o acesso aos dados de forma digital já é uma realidade cada vez mais frequente na administração pública brasileira. Em resposta à crescente demanda dos cidadãos por serviços digitais, além de pressões regulatórias e orçamentárias, as agências governamentais estão procurando maneiras de aproveitar as tecnologias para atender o público com mais eficiência.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Gestão e Inovação, o governo federal já digitalizou 89% de seus serviços, o que representa mais de 4.150 serviços digitalizados e uma economia anual de cerca de R$ 4,5 bilhões. O número de adeptos ao gov.br saltou de cerca de 140 milhões de usuários no fim de 2022 para 144 milhões em março deste ano, deixando o Brasil em 2º lugar no ranking do Banco Mundial que avalia a maturidade em governo digital de 198 países, estando atrás somente da Coreia do Sul.

Graças à digitalização de documentos na administração pública, os tempos de tramitação são reduzidos, resultando em maior satisfação por parte do cidadão. Além de otimizar processos, eles se tornam muito mais transparentes.

Para facilitar e agilizar os processos de digitalização de empresas e órgãos governamentais, a Kodak Alaris atua na constante busca por inovação na ciência da imagem, reduzindo possíveis lacunas nos processos e aumentando a segurança e qualidade dos documentos digitais. Afinal, a transformação digital proporciona ganhos em eficiência, já que elimina algumas etapas manuais. É o que foi percebido pelo Ministério da Economia Brasileiro, no caso das emissões do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia: a emissão demandava o trabalho de mais de 900 funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Com digitalização, esse número foi reduzido para pouco mais de 250 e os servidores puderam ser remanejados para áreas com maior demanda e complexidade nas tarefas.

Com os scanners de documentos, como é o caso da linha S3000 da Kodak Alaris, e softwares, como Info InputInfuse e Capture Pro, é possível automatizar processos, reduzir custos e garantir mais segurança dos dados dos cidadãos. Já aos usuários, as inovações na tecnologia de dados significam que os colaboradores não precisam ser especialistas em digitalização para utilizar os equipamentos, o que facilita ainda mais o processo de transformação digital.

Como reconhecimento de seus produtos de alta qualidade tecnológica e segurança nos dados, a Kodak Alaris tem apoiado agências governamentais e tem relações com algumas das maiores, incluindo a Agência Antidrogas dos EUA (DEA).

Sobre a divisão Alaris da Kodak Alaris

A Kodak Alaris é uma provedora líder do setor de soluções de captura de informações que simplificam os processos de negócios. A empresa trabalha para ajudar o mundo a entender as informações com soluções conectadas e inteligentes, habilitadas por décadas de inovação na ciência da imagem. As premiadas linhas de scanners, software e serviços estão disponíveis em todo o mundo e através de uma rede de parceiros de canal. Para obter mais informações, acesse www.alarisworld.com/pt-br e siga @AlarisLATAM

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com