Óleo de cannabis

Produtos feitos a partir dos ativos tetrahidrocanabinol (THC) e canabidiol (CBD) agem diretamente no sistema endocanabinóide humano

A cannabis tem mais de 100 fitocanabinóides identificados pela ciência e, apesar de conter diversos componentes químicos, o tetrahidrocanabinol (THC) e o canabidiol (CBD) são os que possuem mais propriedades terapêuticas predominantes, além de serem os mais estudados e muito utilizados na produção de óleos medicinais. 

Com isso, a Remederi, farmacêutica brasileira, com o propósito de promover qualidade de vida por meio do acesso a produtos, serviços e educação sobre a cannabis medicinal, aponta as principais características terapêuticas do uso do óleo de cannabis no corpo, que age diretamente nos chamados receptores canabinóides (CB1 e CB2), presentes no sistema endocanabinóide - que regula uma série de processos fisiológicos no corpo humano

As propriedades terapêuticas resultam da interação dos ativos da planta com o Sistema Endocanabinóide. Por isso, os óleos de cannabis são responsáveis por diversos processos fisiológicos, principalmente a regulação do metabolismo. Assim, eles levam à interação com o metabolismo celular, por meio do próprio sistema endocanabinóide.

Hoje, os produtos são usados principalmente para tratar doenças psiquiátricas e neurológicas. Além disso, atuam na regulação e no equilíbrio de uma série de processos fisiológicos do nosso corpo.

Segundo Fabrízio Postiglione, CEO da Remederi, o preconceito em relação ao uso do THC ainda é muito presente. “O ativo foi visto por muito tempo como um vilão em virtude de sua propriedade psicoativa e da sua ligação com o uso recreativo, mas a comunidade científica vem quebrando esses paradigmas com pesquisas e informações de qualidade sobre o tema”, explica.

O executivo pontua ainda que este fitocanabinóide possui diversas propriedades terapêuticas e, quando utilizado nas dosagens corretas, separado ou com o canabidiol (CBD), pode ser muito útil para fins terapêuticos. “É fundamental que a classe médica esteja preparada para utilizar medicamentos que possam garantir qualidade de vida para pessoas com as mais variadas patologias, transmitindo segurança aos pacientes e familiares”, finaliza.

Postagem Anterior Próxima Postagem
Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!


Seja Parceiro Anuncie no Seja Hoje Diferente!

Compartilhe nas redes sociais: Apoie ou retribua.

Todos os nossos artigos são exclusivos. A reprodução total ou parcial é proibida.

Apoie ou retribua.