Ativos digitais devem conquistar cada vez mais espaço na preferência dos brasileiros.

A poucos dias do Natal, celebrado em 25 de dezembro, a busca por presentes tende a movimentar a economia nacional. Este ano, mais da metade dos brasileiros pretende presentear pessoas queridas na data, um total de 51%, segundo levantamento feito pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP). 

Além dos artigos mais tradicionais, como roupas, sapatos e brinquedos, os ativos digitais também passaram a integrar a lista de opções de presentes. Criptomoedas, NFTs e acessórios para personagens de jogos são alternativas criativas de demonstrar afeto.

Pesquisa realizada pelo Grupo Consumoteca revelou que 70% dos brasileiros veem a tecnologia como um recurso capaz de aproximar as pessoas. Para 47% dos entrevistados, as interações no universo digital possibilitam a criação de conexões profundas e autênticas. Já 46% afirmaram que mantêm mais relacionamentos on-line do que off-line.

Dessa forma, presentear com ativos digitais deve se tornar cada vez mais comum nos próximos anos. Outro estudo feito pelo Grupo Consumoteca apontou essa tendência entre os brasileiros. Na visão de 39% das pessoas ouvidas pela pesquisa, os ativos digitais devem ganhar maior relevância com o passar do tempo. A popularidade dos gift cards também deve aumentar futuramente, segundo 51% dos entrevistados.

Incentivo ao investimento

Além de criativo, presentear com criptomoedas pode ser um incentivo para os investidores. A Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) explica que investir é o caminho para aumentar o patrimônio financeiro e realizar sonhos materiais.

investimento em criptoativos é uma forma de quem já investe diversificar a carteira com um produto que tem maior potencial de retorno financeiro. Para os iniciantes, pode ser a porta de entrada para o universo dos ativos digitais. Nesse caso, a orientação do mercado financeiro é optar por moedas mais consolidadas, como Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH).

As criptomoedas têm a alta volatilidade como uma de suas principais características. Isso significa que há maior variação no comportamento do ativo, o que por um lado pode render supervalorização, mas por outro também confere mais riscos de perda financeira.

Por isso, a orientação do mercado financeiro é criar uma estratégia para investir que permita diluir os riscos e promover maior equilíbrio na carteira de investimentos. Diversificar as aplicações financeiras é uma das possibilidades do investidor.

Como presentear

Para presentear com criptomoedas basta realizar uma transferência para a carteira digital de quem será presenteado. Para isso, é necessário o endereço do destinatário, que é uma sequência de caracteres. O processo é feito on-line e podem ser cobradas taxas pela movimentação.

”Como o processo pode não ser tão intuitivo para o investidor que está começando, é interessante contar com o auxílio de profissionais especializados no tema para evitar qualquer erro”, sugere o analista de criptoativos do Hub do Investidor, Caio Goetze.

Já os NFTs – símbolos virtuais que representam um bem exclusivo, do inglês non-fungible tokens – podem ser encontrados no mercado com preços variados. É possível adquirir um NFT de US$ 10, assim como, de US$ 1 milhão. O processo para presentear também é simples, já que, no momento da compra, há a função “presentear” para que o ativo seja enviado para outra pessoa.

Já os acessórios virtuais para personagens de jogos variam de acordo com o game. Em geral, a compra pode ser feita por meio do cartão de crédito. Também já há jogos que disponibilizam a opção “enviar um presente”.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com