20.9.22

10 benefícios do consumo de arroz integral na sua dieta

Já é um fato conhecido pela maioria da população que o arroz integral é melhor que o arroz branco, de forma que seu consumo está associado a uma alimentação saudável.

O principal motivo para isso é a qualidade e quantidade de nutrientes que este grão oferece, pois o processo de moagem que converte o arroz integral em arroz branco retira a maior parte de seu valor nutricional.

Existe uma grande variedade de tipos de arroz no mercado, cada um com seu sabor único, componentes aromáticos e concentração variada de ácidos graxos.

O fato é que nosso corpo não precisa só de calorias, o que é obtido quando você consome arroz branco, ele precisa de nutrientes, e você consegue muitos deles fazendo essa troca no dia a dia.

Neste artigo falaremos de 10 benefícios do consumo de arroz integral na sua dieta do dia a dia.

Fatores nutricionais

Esse é um alimento rico em minerais essenciais como manganês, zinco, ferro, fósforo, cálcio, selênio, magnésio e potássio.

Em relação às vitaminas, inclui vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (niacina), vitamina B6, folato, vitamina E (alfa-tocoferol) e vitamina K.

Não é somente uma fonte de carboidrato, sendo também fonte de proteína, adicionando uma boa quantidade de fibras à dieta.

Ele também possui uma série de ácidos graxos vitais que são benéficos para a saúde, assim como você pode pesquisar por pão de forma integral preço.

Listamos abaixo os 10 benefícios de consumir o arroz integral em sua dieta, em sua valorização em relação ao arroz branco:

  • Ajuda a controlar a diabetes;

  • Possui atividade antioxidante;

  • Previne a obesidade;

  • Previne o Alzheimer;

  • Reduz o estresse em mulheres que amamentam;

  • Melhora a saúde digestiva;

  • Fortalece o coração;

  • Ajuda a controlar níveis de colesterol;

  • Previne o câncer;

  • Melhora o funcionamento do sistema nervoso.

Conforme um estudo publicado pelo Archives of Internal Medicine, escolher o arroz integral está associado a um risco significativamente menor de desenvolver diabetes, nosso primeiro item da lista.

Comparando os dois tipos de arroz, encontrou-se uma associação inversa entre o consumo de grãos integrais e o risco da doença. Um grande negócio, como uma fonte de alimentação industrial, deve estar atento aos tipos de alimento que distribui.

Curiosidade: conheça os diferentes tipos de arroz

O arroz está na mesa de todos os brasileiros, mas na hora da compra surge aquela dúvida, uma vez que existem muitas opções.

O arroz refinado ou brando passa por processos industriais que removem o farelo e gérmen do grão, que são as camadas mais nutritivas. Dessa forma, ele é muito rico em carboidratos e pobre em nutrientes.

O arroz integral longo é o grão inteiro, na sua forma mais nutritiva, contendo fibras, proteínas, vitaminas, minerais e antioxidantes.

O arroz cateto integral, assim como o integral longo, também preserva todas as partes nutritivas do grão. Ele é ideal para risotos, pois é menor e tem uma textura mais firme.

O arroz cateto vermelho integral, além de nutritivo como o integral longo, ainda dá um toque de charme ao seu prato, deixando-o mais atraente.

Em sua análise de produtos alimentícios, inclua alimentos integrais no seu dia a dia. Existem opções de pães e torradas feitas de arroz e outros cereais, como a cevada e a quinoa.

Embora falando nisso somente agora, é algo muito importante: hidrate-se. A maior parte dos benefícios dos grãos integrais dependem de uma boa hidratação.

Rico em nutrientes

Ainda que o arroz integral seja um alimento simples, seu perfil nutricional é muito rico. Se comparado com o arroz branco, ele tem muito mais a oferecer em termos de nutrientes.

Mesmo sendo semelhante nas calorias e no conteúdo de carboidratos, o arroz integral supera o arroz brando em todas as outras categorias. Uma xícara de arroz integral contém:

  • Calorias: 216;

  • Carboidratos: 44 gramas;

  • Fibra: 3,5 gramas;

  • Gordura: 1,8 gramas;

  • Proteína: 5 gramas;

  • Tiamina (B1): 12% da IDR (Ingestão Diária Recomendada);

  • Niacina (B3): 15% da IDR;

  • Piridoxina (B6): 14% da IDR;

  • Ácido pantotênico (B5) : 6% da IDR;

  • Ferro: 5% do IDR;

  • Magnésio: 21% da IDR;

  • Fósforo: 16% do IDR;

  • Zinco: 8% do IDR;

  • Cobre: 10% do IDR;

  • Manganês: 88% da IDR;

  • Selênio: 27% do IDR.

Como pontuamos, o arroz integral é uma boa fonte de folato, riboflavina (B2), potássio e cálcio.

Fora isso, ele é excepcionalmente rico em manganês, um mineral pouco conhecido, mas vital para os processos do corpo, como desenvolvimento ósseo, cicatrização de feridas, contração muscular, função nervosa e regulação do açúcar no sangue.

A falta de manganês tem sido associada a um maior risco de desenvolver síndrome metabólica, desmineralização óssea, crescimento prejudicado e baixa fertilidade.

Apenas com uma xícara diária de arroz integral são atendidas quase todas as necessidades de manganês.

Além disso, o arroz integral fornece poderosos compostos vegetais, como flavonoides e fenóis, antioxidantes que ajudam a proteger o corpo do estresse oxidativo, um fenômeno associado ao desenvolvimento de doenças cardíacas, câncer e envelhecimento precoce.

Os antioxidantes encontrados no arroz integral ajudam a prevenir lesões celulares causadas por moléculas instáveis, os radicais livres, reduzindo a inflamação no corpo.

É um alimento consumido frequentemente em uma empresa de consultoria ambiental, estudos sugerem que os antioxidantes presentes no arroz podem ser os responsáveis pela baixa prevalência de doenças crônicas.

Alguns dos benefícios do arroz integral

Vamos pontuar a seguir alguns dos principais benefícios do consumo de arroz integral, ressaltando o que já viemos falando ao longo do artigo.

Auxilia no processo digestório

Como os grãos integrais possuem uma quantidade muito maior de fibras em relação ao arroz branco, essa característica colabora para o funcionamento do intestino, interferindo diretamente na função metabólica do organismo e na perda de peso.

Nesse contexto, as fibras insolúveis apresentam ainda mais benefícios no arroz integral, a parte do grão com maior quantidade de nutrientes é preservada.

Isso faz com que o sistema gastrointestinal seja estimulado, aumentando o período de saciedade e facilitando o processo digestório.

Você pode prepará-lo utilizando um pouco de óleo, assim como algumas máquinas industriais precisam de óleo lubrificante para indústria alimentícia para um melhor funcionamento, mas é sempre bom economizar nas gorduras utilizadas.

Combate o colesterol

Outra grande vantagem é a presença de magnésio e de ômega 3, que se trata de outro ponto positivo do arroz integral.

São óleos saudáveis ao coração que ajudam a reduzir o índice de colesterol. O magnésio auxilia no combate ao colesterol ruim, promovendo benefícios na formação dos ossos, evitando problemas como a osteoporose.

Assim como você deve se preocupar com seu medidor de vazão de água, deve estar atento ao que consome em seus alimentos.

Previne doenças

O arroz integral é rico em vitaminas, como já salientamos, principalmente as do tipo B, que impulsionam o sistema imunológico do corpo.

Também estão presentes vitaminas do tipo E, que são importantes por atuarem como antioxidantes e prevenir doenças como o Alzheimer e o Parkinson.

É antioxidante

A alta composição de selênio nos grãos de arroz integral é outro grande benefício desse alimento.

Trata-se de um mineral importante que atua como antioxidante e anticoagulante, uma vez que o selênio está relacionado a apoptose, a morte programada das células, completando seu ciclo.

Com certeza você vai encontrar o melhor arroz integral para consumo em uma empresa de alimentos saudáveis.

Arroz integral é bom para perda de peso?

A notícia aqui é boa e substituir grãos refinados por arroz integral pode ajudar na perda de peso. Isso ocorre pois os alimentos refinados, como o arroz branco, macarrão branco e pão branco, não possuem as fibras e nutrientes que os grãos integrais contém.

De uma xícara de 158 gramas de arroz integral, obtém-se 3,5 gramas de fibra, enquanto a mesma quantidade de arroz branco fornece menos de 1 grama.

Como mencionamos, a fibra proporciona saciedade por mais tempo, por isso optar por consumir alimentos ricos em fibra pode ajudar a diminuir a ingestão de calorias no geral.

Um estudo realizado com mais de 74 mil mulheres constatou que aquelas que comeram mais grãos integrais pesavam consideravelmente menos do que aquelas que não consumiram.

E fique sabendo que substituir o arroz branco por arroz integral pode ajudar a reduzir a gordura da barriga.

Um estudo feito com 40 mulheres com excesso de peso que ingeriram ⅔ de xícara de arroz integral por seis dias na semana tiveram reduções significativas no peso corporal e na circunferência da cintura em comparação com as mulheres que ingeriram arroz branco.

Outro dado importante para sua empresa de eliminador de gotas demister considerar é que mulheres que ingeriram arroz integral sofreram uma diminuição significativa da pressão arterial e da inflamação no corpo.

Neste artigo você conferiu os 10 benefícios do consumo de arroz integral e viu como esse alimento é rico em nutrientes e vitaminas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

GeraLinks - Agregador de links