Parece improvável, mas a verdade é que existe uma data estimada para isso: 2050. 

O fim desta iguaria, consumida no mundo inteiro, está relativamente próximo, para nossa tristeza!

Aviso oficial

Foi a organização Oxfam Intermón que alertou o mundo da iminente possibilidade.


Antes disso

É claro que, antes de sua possível extinção, o cacau poderia tornar-se um alimento de luxo, tão exclusivo quanto o caviar. O fenômeno da subida de preço aconteceria por volta de 2030.

Produção prejudicada

Segundo o relatório da Oxfam Intermón, a mudança climática seria a principal causa do fim do chocolate.

Seca e aumento de temperatura

Os especialistas apontam o aquecimento global e a seca extrema como as principais causas que afetarão com as plantações de cacau, em todo o mundo.

Gana e Costa do Marfim

O Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) analisou, em um relatório, as plantações de Gana e da Costa do Marfim. Juntos, estes países são responsáveis por mais de 50% da produção mundial de cacau.

Calor

Segundo o CIAT, nestes dois países, as temperaturas vão aumentar cerca de 2ºC, até 2050, o que tornaria a colheita do fruto quase inviável. O cacau precisa de clima tropical e húmido, além de temperaturas em torno de 20ºC.

Cultivo em florestas tropicais

As sementes do cacaueiro, que crescem com chuvas abundantes ao longo do ano, seriam seriamente afetadas pela falta de chuva e pelo aumento da temperatura.

Processo de maturação do fruto

O cacaueiro precisa de cerca de cinco anos para que seu fruto atinja o ponto ideal de maturação. Por isso, a National Oceanic and Atmospheric Administration afirma que as mudanças climáticas não vão afetar a geração atual de cacaueiros, mas a próxima, sim.

Demanda crescente

Além disso, o longo ciclo de maturação do fruto não supre a alta demanda da sociedade atual.

Há alternativa?

Por enquanto, a Mars, uma das principais fabricantes de chocolate do mundo, fez uma parceria com a Universidade da Califórnia, em Berkeley, para tentar desenvolver um novo método de produção.

Modificação de DNA

O plano é usar o CRISPR, uma tecnologia que permite que o DNA e o genoma das plantas de cacau sejam modificados, para poder sobreviver em ambientes mais secos e quentes.

Recomendações

A National Oceanic and Atmospheric Administration recomenda que os agricultores cultivem plantas de cacau específicas. Sobretudo, que sejam mais resistentes à seca.

Uma medida tradicional e eficaz

Outra alternativa é implementar o método tradicional sustentável, feito no Brasil, conhecido como 'Cabruca'. Neste processo, diferentes tipos de árvores são plantados na selva, para fornecer mais sombra para as plantas de cacau.

Incremento de preço

Certamente, as medidas para ajudar na produção do cacau são válidas, mas está claro que, no futuro, ele será um item muito mais caro do que é hoje.

Chocolate branco?

Por isso, muitas marcas começaram substituir o cacau, diminuindo sua pureza, para tornar o chocolate mais acessível ao público em geral. Basta olhar para as prateleiras dos supermercados. Quem nunca experimentou um chocolate branco?

Informações MSN

Quem gosta comenta!

O você achou desta publicação? Qual sua opinião a respeito?
Gostaria de acrescentar algo? Use o campo abaixo e registre sua participação nesta publicação.
Sugerimos Usar a Opção Nome + URL = Escreva seu nome e no campo url coloque o link de seu blog, site, rede social ou deixe em branco.
Estamos aguardo sua participação.

Postagem Anterior Próxima Postagem
GeraLinks - Agregador de links


 *Todos os textos do Seja Hoje Diferente é uma produção independente e todo conteúdo produzido é de total responsabilidade de seus idealizadores e editores, apresentados em "Informações" e ou Links de origem.

*O artigo acima não reflete, necessariamente, a opinião do Seja Hoje Diferente publicado em carater divulgativo. 

Artigos Recentes do Blog
Clique para artigos recentes