Fazer uma viagem em família é uma ótima oportunidade para viver momentos incríveis ao lado de quem você ama.


No entanto, para que tudo ocorra bem, é de suma importância fazer um belo planejamento antes de cair na estrada ou de embarcar em um cruzeiro, ou avião.


Isso porque, uma viagem em família, principalmente com crianças, necessita de certos cuidados e atenção a alguns detalhes por parte dos pais/responsáveis.


Portanto, se você pretende fazer uma viagem em breve com seus filhos e seu cônjuge, não deixe de conferir as dicas que separamos neste artigo - com certeza elas te ajudarão a ter um passeio mais seguro, divertido e prazeroso! 


Vamos lá?



Dicas essenciais para planejar uma viagem em família

Orçamento


A primeira dica para a sua viagem em família refere-se ao orçamento, isso porque, você precisa se organizar financeiramente, de modo que tenha o dinheiro necessário para poder viajar.


Portanto, faça um ótimo planejamento financeiro em relação a sua viagem em família. 


Pesquise valores, monte uma planilha com todos os gastos e escolha um destino que caiba no seu bolso. 


Além disso, não deixe de separar uma quantia extra para imprevistos ou emergências, pois, como sabemos, elas podem acontecer.


E já que falamos sobre o destino, vamos para a próxima dica...

Destino


Vocês precisam entrar em consenso sobre onde querem ir à viagem em família. Por isso, juntos, avaliem as opções disponíveis e escolham aquela que possa agradar tanto as crianças/adolescentes quanto os adultos.


E para te ajudar, nós separamos a seguir alguns destinos que são bastante visitados por famílias todos os anos:


Caldas Novas, Beto Carrero, Foz do Iguaçu, Maragogi, Thermas dos Laranjais, Rio Quente, Búzios, Balneário Camboriú, Gramado, Campos do Jordão, Porto Seguro e claro, Orlando, nos Estados Unidos.


Portanto, avalie esses e outros destinos e escolha um que esteja de acordo com o que a família espera.


E caso vocês queiram ir para um lugar mais tranquilo, sem tanta “concorrência” de outros turistas e famílias, vale a pena considerar a baixa temporada. Todo destino tem algum momento do ano em que é mais tranquilo, menos procurado.

Documentação


Além da sua documentação, você precisa se atentar também aos documentos dos seus filhos.


E, caso vocês viajem para outro continente, é necessário que vocês tenham um passaporte válido e, dependendo do destino, um visto e um certificado de vacinação também.


Portanto, durante o planejamento, não deixe de verificar essa questão referente a documentação, tanto sua quanto da criançada.

Alimentação


“Mãe, tô com fome”, “pai, tô com sede”... provavelmente você já ouviu isso em alguma viagem que fez em família, certo?


Pois então, a alimentação é um ponto importantíssimo que você e seu cônjuge devem sempre se atentar.


A dica aqui é sempre ter algum lanchinho, snack ou fruta na mochila, além de uma garrafinha de água ou suco. Assim, quando as crianças falarem que estão com fome ou com sede, você não passará “apertos”.


Além disso, sempre ajude os pequenos na hora de escolher um prato, uma bebida ou sobremesa quando forem comer fora, em um restaurante, por exemplo.


Isso porque, dependendo do lugar, pode haver opções diferentes, que eles não conhecem ou não sabem os ingredientes.

Hospedagem


Por conta da comodidade, segurança e atrações como piscina, salão de jogos e parquinho, muitas famílias preferem ficar em hotéis ou resorts quando viajam.


Porém, isso não é uma regra. Às vezes, alugar uma casa ou um apartamento é mais “a cara” da sua família.


Por isso, em seu planejamento, veja as opções de hospedagem disponíveis e escolha aquela que esteja de acordo com o perfil da sua família.

Atrações e passeios


Uma viagem em família deve ser aproveitada por todos. Por isso, novamente juntos, elaborem um roteiro e escolham quais atrações querem conhecer e quais passeios desejam fazer.


Assim, vocês podem se organizar, comprar bilhetes ou ingressos necessários e claro, aproveitar ao máximo o destino.


Portanto, pesquisem bastante, vejam vídeos e informações na internet e escolham passeios e atrações que realmente valem a pena.

Bagagem


Dependendo da duração da viagem e também da idade dos seus filhos, você precisará ajudá-los com a bagagem.


Portanto, alguns dias antes de viajar, pesquise como estará o clima no destino e monte tanto a sua bagagem quanto a deles com base nisso.


Isso porque, dessa forma você conseguirá ser muito mais assertivo e objetivo na hora de escolher roupas, peças e acessórios.


Além disso, não deixe de colocar na bagagem um kit de primeiros socorros e alguns medicamentos para você e para as crianças/adolescentes, afinal, pode acontecer de você ou eles terem dor de barriga, dor de cabeça, enjoo, cair e ralar o joelho, etc.


Portanto, esteja preparado para qualquer eventualidade.

Estacionamento


Muitas famílias quando fazem uma viagem para o exterior, gostam de ir com o próprio veículo até o aeroporto, afinal, há mais comodidade, praticidade e não há dependência de terceiros, como taxistas ou Ubers.


Portanto, em seu planejamento, não esqueça de reservar uma vaga em um estacionamento, caso você e sua família forem com o carro até o aeroporto no dia da viagem.


E uma dica para este tópico é: escolha um estacionamento que fique próximo do aeroporto onde você irá embarcar. Dessa forma, você conseguirá economizar e claro, deixará o veículo em um local seguro.


Por exemplo, em São Paulo, o estacionamento interno do aeroporto tem uma diária bem “salgada” e caso você fique muitos dias fora do país, pode acabar pesando no seu bolso.


Portanto, procure por um estacionamento perto aeroporto Guarulhos e faça uma reserva para o seu carro. É bem provável que você consiga uma boa economia.

Flexibilidade e paciência


Por fim, mas não menos importante, tenha flexibilidade e paciência, tanto você quanto seu cônjuge.


Isso porque, em uma viagem em família, principalmente com crianças, pode haver imprevistos, cansaço, reclamações, vontades diferentes, entre outras situações que podem não ser lá tão agradáveis.


Porém, procurem manter a calma, conversem, não discutam e nem briguem. Caso contrário, a viagem pode “acabar” no momento em que esses problemas começarem.


Sendo assim, para evitar isso, dialoguem, busquem entender o lado do filho, da filha ou do cônjuge e encontrem uma solução que seja mais adequada para todos. Às vezes é preciso abrir mão de algumas coisas, faz parte.


E como dissemos no início do artigo, uma viagem em família é uma ótima oportunidade para viver momentos incríveis ao lado de quem você ama. 


Portanto, juntos, busquem isso, façam da viagem um momento prazeroso, divertido, relaxante e que ficará para sempre na memória de todos.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Shopee