Blog Diferente Para Ser Diferente

Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Se você tem um dinheiro sobrando e quer procurar uma forma de aplicá-lo, investir em imóveis pode ser a solução correta. Até porque um imóvel com quarto de casal planejado pode ser uma excelente moradia, mas também uma fonte de renda.

É difícil dizer sempre qual a melhor forma de investir. Esse tipo de resposta depende de uma série de fatores como mercado, taxas bancárias e muitas vezes a imprevisibilidade do investimento, podendo não só não render, como em alguns casos causar prejuízo.

Entretanto, uma das formas mais estáveis de investir seu dinheiro é no mercado imobiliário. Sejam empreendimentos comerciais, residenciais, terrenos ou lotes, o investimento imobiliário passa muito mais segurança e retorno garantido para o seu investidor.

Se você possui uma sala de reunião escritório para alugar, pode ganhar muito dinheiro com a quantidade de startups que usam esse recurso apenas para encontrar potenciais clientes, não necessitando de um espaço tão grande.

Compreender os motivos que transformam o mercado imobiliário numa excelente opção de investimento é fundamental, uma vez que os valores costumam ser altos e todo o planejamento deve ser realizado com muito cuidado.

A seguir, listamos as 8 principais vantagens deste tipo de investimento. Confira:

  1. Segurança

Os imóveis estão presentes em todos os momentos de nossa vida. Seja um lugar para morar, um local de trabalho, lojas ou locais de atividades de lazer, tudo depende de estruturas físicas para funcionar.

Por isso, mesmo em tempos de crise, a demanda por imóveis sempre permanece, gerando uma segurança maior com relação ao seu investimento. Além disso, bens imóveis não podem ser congelados pelo governo como poupanças e outros tipos de investimento.

Manter seu imóvel sempre em ordem é primordial para garantir a segurança e estabilidade de seu investimento. Alguns reparos podem ser simples e baratos, como tinta para sala para renovar o ambiente.

Por serem imunes a problemas financeiros de bancos, isso torna o mercado imobiliário um investimento extremamente sólido e estável, principalmente em países que sofreram com eras de instabilidade como o Brasil.

Pensando nisso, procure sempre uma incorporadora de renome para ter a garantia de que o empreendimento será finalizado, garantindo a você ainda mais segurança.

  1. Valorização

O aumento constante na necessidade de imóveis, principalmente, por conta do crescimento populacional, acaba gerando uma procura muito maior por apartamentos e casas.

Essa procura por si só acaba valorizando os empreendimentos existentes, principalmente porque as empresas do setor imobiliário não conseguem atender toda a demanda exigida.

Neste ponto, é possível ainda encontrar outros efeitos da valorização como o espaço do imóvel e o valor arquitetônico dele.

Imóveis maiores podem ser muito procurados por famílias ou repúblicas estudantis, enquanto outros recebem uma valorização maior por conta de sua arquitetura e dos benefícios que incluem o imóvel, como:

  • Piscina;

  • Salão de jogos;

  • Quadras poliesportivas;

  • Salões de festas.

Quando escolher um imóvel para investir, faça uma vistoria pela região onde o imóvel está localizado. Existem alguns bairros que possuem um excelente potencial de valorização, o que impacta diretamente o valor da propriedade.

Alguns itens de luxo podem fazer seu imóvel se valorizar muito, como é o caso de lustre para apartamento e móveis planejados, entre outros elementos.

Verificar alguns dos benefícios da região pode ser um excelente início para decidir seu investimento. A facilidade de transporte na região, hospitais e escolas, além de outros benefícios públicos é um excelente meio de valorizar seu imóvel.

Dentro da iniciativa privada, Shopping Centers, imóveis de luxo e escolas de alto nível também podem acabar aumentando o valor de seu investimento, sendo um excelente local para conseguir aplicar o dinheiro.

  1. Proteção da inflação

Todas as transações incluídas no mercado imobiliário, como aluguéis, parcelas e outros pagamentos são sempre atualizados pelo Índice Nacional da Construção Civil (INCC), que protege os preços do mercado como um todo.

Por isso, seu dinheiro fica protegido de forma direta, caso você decida investir na incorporação de imóveis ou no aluguel de algum local que seja seu.

  1. Renda

Muitas pessoas não têm as condições financeiras necessárias para comprar um imóvel, ou mesmo não se sentem em necessidade, seja por conta de constantes viagens de trabalho ou por decidir esperar um momento mais propício.

Por isso, o mercado de aluguel é um dos que mais cresce a cada ano no país. Se você possui um imóvel como investimento, colocá-lo para alugar pode ser uma excelente forma de gerar mais renda de forma passiva.

Por exemplo, uma cobertura de vidro pode ser bem luxuosa, garantindo um bom valor de aluguel que ofereça um excelente rendimento para você.

Isso pode ser feito tanto como um complemento de sua renda, ou dependendo da quantidade de imóveis que você possui disponíveis para o aluguel, até mesmo ser sua fonte principal. Entretanto, é preciso ficar atento a alguns detalhes.

O imóvel que você possui continua sendo sua responsabilidade, então reparos e ajustes que precisem ser realizados devem ser resolvidos da forma mais completa e rápida possível.

Por isso, caso seja necessária uma reforma de varandas, você deve ter o valor em mãos para realizar o mais rápido possível e não ter problemas.

Além disso, é preciso ter confiança em seus inquilinos, uma vez que eles precisam manter o aluguel em dia para você conseguir se manter financeiramente.

Ainda assim, a procura por imóveis para aluguel é constante, e dificilmente diminui, mesmo diante de uma crise financeira no país.

  1. Diversificação de investimentos

O investimento imobiliário é muito usado por pessoas que querem uma diversidade maior em seus investimentos. Isso porque, por sua solidez, é um mercado ideal para reduzir os riscos de perda.

Até mesmo investidores com altos valores na bolsa decidem aplicar em imóveis, muitas vezes usando os fundos imobiliários, ao invés do investimento direto.

Mesmo quando a economia de um país está em baixa, o mercado imobiliário tende a se manter estável, não sofrendo os efeitos da mudança. Essa resiliência é um dos principais motivos para muitas pessoas investirem.

  1. Benefícios fiscais

Existe uma série de benefícios que podem ser adquiridos com o comércio de imóveis. Todas as taxas de imposto de renda, por exemplo, são isentas se você usar todo o valor da venda de um imóvel para a compra de outro em um prazo de 180 dias.

Além disso, há isenção do imposto de renda se a venda tiver um valor de até R$440 mil, mesmo que não seja feita uma nova compra.

Estes benefícios permitem que você se planeje para estruturar melhorias em seu imóvel, como a contratação de paisagismo para quintal com piscina, valorizando-o ainda mais.

É importante frisar que esta isenção é válida apenas para imóveis residenciais, e caso o proprietário não tenha vendido nenhum outro imóvel nos últimos cinco anos.

  1. Patrimônio

Comprar um imóvel é o primeiro passo para a formação de um patrimônio. Muitas vezes nos falta disciplina para investir em uma aplicação financeira, e acabamos deixando-a de lado após alguns meses.

Entretanto, a compra de um imóvel financiado se torna uma responsabilidade, com efeitos muito sérios caso haja inadimplência. Isso gera uma disciplina muito maior para o controle financeiro.

Além disso, o imóvel é um bem sólido, e não há a possibilidade de resgate do valor investido, como em outras aplicações financeiras. Assim, você não corre o risco de, na primeira necessidade, retirar o valor investido e perder o rendimento da aplicação.

Depois, você poderá manter o imóvel em condições novas, principalmente, se tomar cuidado com algumas coisas, realizando manutenções constantes como pintura de residência e análise elétrica e hidráulica.

O investimento em imóveis acaba se tornando uma escola de como investir, ensinando a necessidade de ter um valor reservado todos os meses para criar e ampliar seu patrimônio.

Depois da quitação do imóvel, você já estará acostumado a viver sem aquele dinheiro, e pode começar a aplicá-lo em outras fontes de rendimento.

  1. Proteção familiar

O imóvel próprio é uma segurança para toda sua família. Se você é a fonte principal de renda da casa, e algo acontece com você, ter um imóvel próprio garante mais tranquilidade para buscar reverter a situação.

Se você possuir mais de um imóvel, os rendimentos provenientes de aluguéis podem, inclusive, servir como renda pelo período que você não estiver conseguindo trabalho, dando uma tranquilidade muito maior.

Os imóveis também, provavelmente, passarão de você, tornando-se uma excelente herança para seus descendentes. Eles poderão ter estabilidade e segurança quando o perderem, e já estarão com passos à frente na caminhada para a independência financeira.

Por todos esses motivos, investir em imóveis é sem dúvida uma das melhores formas de aplicar seu dinheiro, gerando resultados extremamente positivos e inteligentes para sua saúde financeira.

No futuro, a tendência é que a procura por imóveis aumente ainda mais, tornando este um momento ideal para aplicar seu dinheiro e conseguir resultados produtivos no futuro.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!