Blog Diferente Para Ser Diferente

Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

O acompanhamento médico é fundamental para quem pratica atividades físicas, afinal, exercitar-se é essencial para se ter uma melhor qualidade de vida. 

Além do mais, aliados à uma dieta balanceada, o resultado é um corpo saudável e mais resistente a doenças.

Não importa sua idade, criar uma rotina de exercícios pode ser fundamental para seu desenvolvimento. A lista de benefícios é enorme, dentre eles:

  • Fortalecimento do sistema imunológico;

  • Aumento da disposição;

  • Redução de estresse;

  • Melhorias na autoestima;

  • Entre muito.

Assim como limpeza de pele profunda com extração é essencial para manter a saúde da pele do rosto, as atividades físicas são fundamentais para a redução de risco de doenças cardíacas, respiratórias e muitas outras.

No entanto, muitas pessoas ainda têm travas com relação aos exercícios, aumentando o nível de sedentarismo no país e ampliando taxas de obesidade e outras doenças que podem afetar o organismo.

Há quem não inicie suas atividades por não conseguir bancar uma academia profissional mas, hoje em dia, é possível treinar dentro de sua própria casa.

O investimento acaba sendo muito mais vantajoso, porém, isso não descarta a necessidade de manter uma rotina de acompanhamento médico para certificar-se de que você está realizando suas atividades de forma correta.

A assistência médica na rotina de exercícios

Se você está acostumado a frequentar um médico apenas quando sente alguma alteração em seu corpo, ou para fazer um check up geral de vez em quando, é hora de mudar esse pensamento. 

Isso porque as atividades físicas precisam de avaliação e acompanhamento de especialistas, para que você se certifique de que está realizando de maneira saudável e segura.

O primeiro passo é procurar um médico para fazer uma pré-análise, que identificará se você possui alguma restrição para atividades físicas ou algum problema de saúde não-detectado, como diabetes ou problemas de pressão.

Esse contato inicial será fundamental para determinar a frequência e a intensidade dos exercícios que são mais indicados para você. Isso é muito importante para conseguir o melhor aproveitamento possível da atividade que optou por começar.

Uma dieta simples para emagrecer pode ser funcional, mas os exercícios podem ajudar muito, e por esse motivo é importante visitar seu médico para identificar se o seu organismo está em boa saúde.

Caso você sinta qualquer alteração em sua rotina, principalmente uma que o incomode, cesse imediatamente as atividades físicas que estiver fazendo e procure seu médico. Se ele já acompanhar sua evolução, saberá a melhor forma de lidar com este empecilho.

Em muitos casos, você pode até mesmo pedir um atendimento médico domiciliar para não precisar sair, e ainda assim realizar um check-up completo.

Dentre os exames mais importantes para serem realizados antes de iniciar uma rotina de atividades físicas, podemos citar:

Eletrocardiograma

O eletrocardiograma, conhecido popularmente como ECG, é um dos principais exames para identificar qualquer tipo de problema ou impedimento para a realização de atividades físicas. Trata-se de um exame de avaliação do ritmo cardíaco.

O teste é realizado ao colocar o paciente em uma maca, conectando eletrodos em seu tórax e tornozelo para medir a velocidade de seus batimentos cardíacos.

Existem diversas doenças que podem ser identificadas através desse exame, todas relacionadas ao coração, como por exemplo, sopro, inflamações nas paredes do coração, arritmia e até mesmo o risco de passar por um infarto.

Antes de iniciar um tratamento com enzimas para gordura localizada, por exemplo, é preciso garantir que a sua saúde esteja em ordem e habilitada para qualquer ação.

Por conta do alto impacto da prática de exercícios físicos, mesmo em casa, para acelerar os batimentos cardíacos, é preciso ter este exame sempre em dia para conseguir uma maior tranquilidade nas atividades escolhidas.

Teste de glicemia

A diabetes é uma doença que acomete milhares de brasileiros. A doença não impede você de realizar atividades físicas, pelo contrário; mas, ainda assim, é importante tomar alguns cuidados, como o monitoramento da glicemia durante todo o período do exercício.

Este é um exame simples, bastando realizar a retirada de sangue em jejum, que será avaliado por um laboratório para identificar a presença ou não de diabetes. Assim, você poderá se preparar para criar uma linha de exercícios adequada para a sua saúde.

Contar com o apoio de um nutricionista esportivo pode permitir que você adquira hábitos de alimentação saudáveis e pratique atividades físicas sem temer algum problema relacionado a diabetes.

Se forem tomadas todas as precauções, a atividade física pode até mesmo se tornar uma aliada do controle da diabetes.

Exame ergométrico

Este é um teste um pouco menos comum, mas muito funcional para quem deseja começar a fazer exercícios físicos.

Trata-se de um exame realizado em uma esteira, na qual eletrodos são conectados a um equipamento que identifica a reação de seu corpo ao esforço que está sendo feito.

Esse exame demonstra como está o condicionamento físico do paciente, sendo ideal antes de iniciar a prática de exercícios para criar uma rotina que não force demais o corpo e seja benéfica para o organismo.

Além disso, ele também é responsável pela avaliação do ritmo cardíaco e da pressão arterial, além de identificar algumas outras doenças silenciosas que podem apresentar riscos graves à sua saúde, no caso de exercícios sem um preparo anterior.

Como treinar em casa?

Muitas pessoas têm procurado alternativas à academias e outras formas públicas de exercícios. Existe uma série de exercícios funcionais que podem ser aplicados em casa, sem precisar gastar com recursos ou equipamentos.

Entretanto, mesmo nestes casos, o acompanhamento é de grande importância para garantir que você não fará um esforço maior do que o necessário, podendo resultar até mesmo em uma lesão.

Cuidados estéticos, como a harmonização facial em homens, podem ser muito bem direcionados quando há uma preocupação com a saúde, com a realização de exercícios regulares.

Para começar, separe um espaço de sua casa para as atividades. Isso é importante para estabelecer uma rotina, que será seguida com frequência e você seja capaz de acompanhar sua evolução.

Lembre-se sempre de fazer um aquecimento, antes e depois dos exercícios. Seu corpo precisa estar preparado para as atividades, e não deve correr riscos de cãibras e distensões por falta de alongamento e aquecimento.

Ademais, dentre os principais exercícios físicos para fazer em casa, podemos citar:

1 - Fazer polichinelos

O polichinelo é uma atividade de movimentos que visam melhorar a coordenação motora e a capacidade cardiorrespiratória de quem pratica.

Trata-se de uma ação tomada em pé, na qual você faz ao mesmo tempo o movimento de palma, com suas mãos sobre a cabeça, enquanto pula abrindo as pernas. Quando voltar com os braços para baixo, é feito outro pulo fechando as pernas novamente.

É importante realizar esses movimentos rapidamente e em ritmo. O objetivo é, de fato, acelerar o coração para ativar seu organismo. No entanto, tome cuidado ao realizar esse tipo de atividade descalço ou de meias.

Como é uma atividade que usa o corpo todo, as chances de quedas são grandes se seus pés não estiverem devidamente calçados.

2 - Flexão de braço

Outra atividade comum é a flexão de braço. Neste caso, o exercício busca trabalhar a região do peito, ombros e tríceps.

Para realizar o exercício, basta ficar na posição de prancha, apoiando o corpo nos braços esticados e na ponta dos pés. Então, você deve descer, usando apenas os braços, e subir novamente para concluir uma realização.

Esse tipo de exercício requer repetições longas e descansos curtos, para poder se obter um melhor aproveitamento da atividade. Trata-se de um movimento complicado, e muitas pessoas não conseguem realizá-lo corretamente.

Uma dica para iniciantes é utilizar o joelho como apoio enquanto sobe e desce. Apesar de diminuir a eficácia do treino, ainda é melhor do que correr o risco de se lesionar fazendo algum movimento errado.

3 - Fazer abdominais

O abdominal é um exercício clássico, que auxilia muito na definição dos músculos do abdômen. Para realizá-lo corretamente, basta deitar-se de barriga para cima com os pés no chão e os joelhos flexionados.

Então, você deve tentar erguer o tronco e a cabeça. É importante tomar cuidado para não entortar demais o pescoço e correr o risco de se machucar.

Suas mãos podem servir como suporte para a nuca ou esticadas para a frente, auxiliando no impulso para concluir o movimento.

Se você sentir que ainda está muito fácil fazer o exercício, pode pegar algo pesado e segurar acima da cabeça para aumentar o nível de desafio.

Considerações finais

A prática de exercícios físicos é fundamental, e mesmo que você não possa frequentar uma academia para isso, é possível fazer uma série de treinamentos em casa, sem nenhum custo e sem a necessidade de equipamentos especializados.

No entanto, independentemente de sua escolha, é fundamental realizar um acompanhamento com profissionais, para garantir sua segurança e o quanto você pode evoluir com suas atividades.

Mesmo em atividades de cunho estético, como a drenagem linfática no rosto podem se beneficiar do acompanhamento médico, por isso, não deixe de procurar um especialista.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Postagem Anterior Próxima Postagem


Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!