Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Montar o quarto de um bebê não é uma tarefa tão simples quanto parece. É necessário considerar uma série de aspectos, incluindo as necessidades da criança e dos pais. Afinal de contas, será o local dedicado aos cuidados e ao descanso dos pequenos.


Ao mesmo tempo, o excesso de móveis pode atrapalhar a movimentação dentro do quarto do bebê e, desse modo, prejudicar a funcionalidade do espaço.


Todos esses detalhes devem ser pensados na hora de planejar o cômodo. Mas principalmente para os “pais de primeira viagem”, é difícil ter uma noção exata de quais móveis escolher e como fazer uma disposição adequada.


Por isso, o artigo de hoje pretende ajudar os pais e/ou responsáveis a planejar os detalhes do cômodo. Então, continue a leitura e veja o que não pode faltar no quarto de um bebê.



1 - Berço

Logo que se começa a fazer um enxoval de bebê completo, a primeira coisa que nos vem à cabeça é o berço. Afinal de contas, esse é o móvel responsável pelo descanso da criança nos primeiros anos de vida.


Atualmente, existem modelos de berços que são facilmente desmontados e transformados em mini camas. Dessa forma, a vida útil do móvel é maior e a criança tem a oportunidade de usar o utensílio por mais tempo.


De acordo com uma pesquisa realizada pela Sleep Medicine, é recomendável manter a criança no berço até os 3 anos de idade, para manter um padrão de sono mais saudável.


Fora que os pais também têm uma noite de sono muito mais agradável, já que a criança torna-se muito mais independente na hora de dormir.

2 - Trocador

Depois do berço, outro móvel indispensável para o quarto de um bebê é o trocador.


Ele pode ser colocado dentro do guarda-roupas, o que é muito viável para cômodos não muito espaçosos, ou em cima de uma cômoda antiga estilizada. 


Para ambientes maiores, existem trocadores completos, que possuem gavetas para guardar itens da criança, como uma escova de cabelo bebê, roupinhas, fraldas, etc.


É importante manter o trocador organizado, pois a bagunça pode prejudicar o dia a dia dos pais, causando muita confusão e dificuldade para gerenciar as atividades com a criança.

3 - Poltrona de amamentação

Caso o quarto do bebê ainda tenha espaço suficiente, recomenda-se ter uma poltrona de amamentação para o melhor conforto da mãe.


Procure um modelo que tenha espaço para o apoio dos braços e da cabeça, promovendo conforto tanto para a mãe, quanto para a criança. Afinal de contas, a amamentação é um dos momentos mais especiais e importantes para o desenvolvimento do bebê.


Uma dica é escolher uma poltrona que, posteriormente, possa ser adaptada para outros ambientes da casa, como a sala.

4 - Guarda-roupas

O guarda-roupas é um móvel essencial para todos os quartos. No caso dos bebês, além de armazenar as roupinhas e calçados da criança, a estrutura também pode ser usada para guardar outros itens, como:


Brinquedos;
Produtos de higienização;
Acessórios (sapatos, tiaras, laços, etc);
Fraldas;
Entre outros.

Até mesmo os materiais que a criança irá levar para a creche berçário podem ser colocados no guarda-roupas.


O ideal é ter um móvel com um tamanho suficiente para abrigar os artigos sem amontoa-los. Além disso, a criança irá o guarda-roupas mesmo depois que crescer. Portanto, vale a pena escolher um artigo de qualidade e com boa durabilidade.

5 - Enfeites

O quarto do bebê também precisa de enfeites. Aliás, essa é a melhor parte do planejamento, pois os pais podem escolher a cor do quarto, o papel de parede, entre outros artigos de decoração para promover um espaço personalizado.


Hoje em dia, é possível encontrar itens de decoração que ajudam no desenvolvimento da criança. É o caso, por exemplo, do tapete atividade infantil, que promove o aprendizado lúdico dos pequenos.


Outra dica é optar por um quarto temático. Dessa forma, é possível escolher desenhos, ilustrações e outros artigos que dialoguem entre si, tornando o quarto do bebê um local muito agradável.

Conclusão

Quem está à espera de um(a) filho(a) sabe o quanto é fundamental planejar todo o quarto para recepcionar a criança. Afinal, ali será o lugar de acolhimento do bebê, onde ele passará grande parte da vida, além de ser um espaço também para os pais.


Por isso, todo detalhe importa. Desde a escolha dos móveis até os artigos de decoração.


O texto de hoje buscou trazer dicas de móveis que são indispensáveis para o quarto de bebê. Mas vale a pena avaliar as necessidades da sua família para fazer a escolha certa e ter um ambiente personalizado.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!